Mestrado negócios nos países muçulmanos

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos

O Mestrado Profissional Fazendo Negócios nos Países Muçulmanos (educação à distância EaD) está desenhado para oferecer uma visão global e prática sobre os mercados muçulmanos da Ásia, África, Oriente Médio e Europa (1,57 biliões de pessoas, 23 % da população mundial): como fazer negócios (Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, Paquistão, Irão, Nigéria, Sudão, Egito, Omã, Eurasia Central, Bangladesh...), exportações e importações, investimento estrangeiro direto (IED), organizações islâmicas (Banco Islâmico de Desenvolvimento, Liga dos Estados Árabes...), os acordos e os tratados de livre comércio (TLC) na região... além de conhecer os fundamentos do Islão e a sua relação na forma de fazer negócios nos países muçulmanos.

Estrutura do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos:

Mestrado em negócios nos países muçulmanos:

O mestrado compõe-se de doze módulos:

  1. Islão: ética e negócios (5 ECTS)
  2. Organizações económicas e de integração islâmicas (7 ECTS)
  3. Espaços económicos islâmicos (9 ECTS)
  4. Negócios no Médio Oriente (15 ECTS)
  5. Instituições económicas e de integração asiáticas relacionadas com os países islâmicos asiáticos, Bangladesh e as Maldivas (5 ECTS)
  6. Negócios na Eurasia Central (14 ECTS)
  7. Negócios nos países muçulmanos da ASEAN (10 ECTS)
  8. Instituições económicas e de integração africanas relacionadas com os países islâmicos africanos (4 ECTS)
  9. Negócios no Magrebe (8 ECTS)
  10. Negócios nos países muçulmanos da África Oriental (20 ECTS)
  11. Negócios nos países muçulmanos da África Ocidental e Central (20 ECTS)
  12. Tese (TCC) do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos (9 - 19 ECTS)

Faça o download do conteúdo programático Mestrado em Negócios nos Países Muçulmanos (PDF)

Observação: embora na Índia vivem 172 milhões de muçulmanos (o terceiro país do mundo por número de muçulmanos) não se incluiu neste mestrado já que se estuda em outros mestrados:

  1. Mestrado em Negócios na Ásia
  2. Mestrado nos Países BRICS

Itinerários do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos

O Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos permite ao aluno(a) selecionar 3 percursos formativos de diferente duração, conteúdos, preço e titulação emitida com o fim de adaptar o Mestrado às necessidades profissionais do aluno e de forma que lhe permita validar melhor o seu título conforme a legislação vigente no seu país.

Mestrado 1. O aluno seleciona os módulos (*), somando 60 Créditos ECTS, que melhor se adaptem às suas necessidades:

  1. 60 ECTS (1 ano de duração).
  2. Preço: 2.358 euros.
  3. Tese do Mestrado: 9 ECTS
  4. Título próprio: “Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos” emitido pela EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais)
  5. Se no futuro o aluno deseja seguir com o Mestrado 2, todas as unidades superadas do Mestrado 1 serão validadas.

Mestrado 2. O aluno seleciona os módulos (*) que mais lhe interessem somando no mínimo 101 ECTS.

  1. 120 ECTS (2 anos)
  2. Preço: 3.547 Euros.
  3. Tese do Mestrado: 19 ECTS
  4. Título próprio “Mestrado Profissional Executivo em Economia, Negócios e Integração nos Países Muçulmanos” emitido pela EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais)

Mestrado pessoalizado. O aluno configura (*) o seu próprio Mestrado Profissional (duração e conteúdos).

  1. Mínimo: 60 ECTS, Máximo: 120 ECTS.
  2. Necessária superintendência e aprovação do conteúdo por parte da EENI
  3. Preço e título: em função dos créditos selecionados.

(*) A seleção dos módulos realiza-se uma vez formalizada a matrícula

Bolsas de estudo EENI: até um 40% de desconto para alunos(as) brasileiros e africanos.

  1. Preço do Mestrado 1 com bolsa: 1.415 Euros
  2. Preço do Mestrado 2 com bolsa: 2.128 Euros
  3. Consultar bolsa de estudo para outros países (Portugal, Macau...)

5% desconto por pagamento ao contado.

Diretor do Mestrado

Najib Yahya Abdulalem Najib Yahya Abdulalem Hassan (Malásia, Yemen)

A Escola Superior de Negócios Internacionais EENI outorga Mestrado Honoris Causa ao Príncipe Alwaleed Bin Talal
Príncipe Alwaleed Bin Talal EENI

Os mercados analisados no Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos

Comércio Países muçulmanos

Solicitar informação do Mestrado Países Muçulmanos

Materiais de estudo do Mestrado bilíngue em Pt e En Mestrado Muslims countries ou Es Mestrado Musulmanes Fr Master Musulmans. O aluno tem livre aceso aos materiais nestes idiomas.

  1. Dedicação média 12 horas / semana.
  2. É possível reduzir o tempo dedicando mais horas semanais

Público-alvo: o Mestrado em negócios nos países muçulmanos destina-se a todas aquelas pessoas que desejem se especializarem e/ou reciclar-se em todas as feições relacionadas com o comércio exterior e os negócios nos mercados islâmicos.

Os estudantes graduados neste Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos da EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais), poderão aceder ao Doutoramento em Negócios Internacionais especialização Países Muçulmanos sendo validadas as unidades curriculares que já se tenham superado no Mestrado.

 O mestrado se apresenta em formato de educação à distância (EaD).

Professores EENI
Professores EENI

Alunos EENI na África
Alunos EENI África

Alunos EENI no Médio Oriente
Alunos EENI Médio Oriente

Os mercados muçulmanos:

  1. A população muçulmana: 1,6 biliões de pessoas (23 % da população mundial)
  2. Só o 15 % dos muçulmanos são árabes (Médio Oriente)
  3. O 62 % da população muçulmana do mundo vive na Ásia e o 20 % na região MENA (Médio Oriente e Norte da África)
  4. Na Índia vivem cerca de 172 milhões muçulmanos
  5. O 40 % da população africana é muçulmana
  6. 300 milhões de muçulmanos vivem nos países onde o Islão não é a religião majoritária.
  7. 44 milhões de muçulmanos vivem na Europa
Cinco pilares Islão

Conteúdo do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos.

Nota: entre parêntese indica-se o número de créditos ECTS

Módulo - Islão: ética e negócios (5 ECTS)

Islam Negócios

  1. Introdução ao Islão. O Profeta Maomé
  2. Os cinco pilares do Islão
  3. Sunitas e Xiitas
  4. A Charia
  5. Fiqh (Jurisprudência islâmica)
  6. Direitos Humanos no Islão
  7. Fundamentos de economia islâmica. Impacto económico do Zakat
  8. A banca islâmica
  9. Os países muçulmanos
  10. Os empresários muçulmanos
  11. A Ummah na Ásia, na África e na Europa
  12. Introdução ao árabe

Módulo- Organizações económicas e de integração islâmicas (7 ECTS)

Economia islâmica

  1. Banco Islâmico de Desenvolvimento [1]
  2. Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) [2]. Instituições filiadas (Câmara de Comércio Islâmica...). O Sistema de Comércio Preferencial  (TPS-OCI).
  3. Comissão Económica e Social para a Ásia Ocidental (CESAP) [1]
  4. Liga dos Estados Árabes [1]
  5. Cooperação África-Países Árabes [0,5]
  6. Tratados de livre comércio (TLC) dos países muçulmanos.
  7. Tratado de livre comércio do Mediterrâneo Árabe (Acordo de Agadir)

As relações internacionais dos países muçulmanos:

  1. Diálogo Ásia-Médio Oriente (AMED) [0,1]
  2. Parceria Estratégica África-Ásia [0,2]
  3. Cúpula América do Sul-Países Árabes (ASPA) [0,5]
  4. Associação da Bacia do Oceano Índico (IORA) [0,5]
  5. União Europeia: Sistema de preferências generalizadas, Associação Euromediterránea
  6. Cooperação África-Índia [0,5]
  7. Cooperação África-Países BRICS [0,3]
  8. ...

Módulo - Espaços económicos islâmicos (9 ECTS)

  1. O Islão como fator unificador da Umma (civilização islâmica)
  2. Os seis espaços económicos da civilização islâmica
    1. O espaço económico árabe [1]
    2. O espaço económico magrebino [1]
    3. O espaço económico da África Oriental [2]
    4. O espaço económico da África Ocidental [2]
    5. O espaço económico da Eurásia Central [2]
    6. O espaço económico malaio (ASEAN)
  3. Os processos de integração económica entre os países da civilização islâmica
  4. As interações da civilização islâmica com outras civilizações (cristã, hindu, budista, africana)

Mapa civilizações e integração

Módulo- Negócios no Médio Oriente (15 ECTS)

Negócios no Médio Oriente

1- O Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) [1,2]

2- Os países membros do CCG:

  1. Arábia Saudita [3]
  2. Emirados Árabes Unidos [2]
  3. Barém [2]
  4. Omã [1]
  5. Catar [1]
  6. Kuwait [1]

3- Outros países da região não membros do Conselho de Cooperação do Golfo

  1. Iémen [1]
  2. Jordânia [1]
  3. Síria [0,5]
  4. Líbano [2]

4- A mulher árabe

5- Fundos Árabes para o Desenvolvimento [1]

  1. Introdução à Ajuda Oficial ao Desenvolvimento Árabe
  2. Os principais fundos de desenvolvimento árabes: Fundo Monetário Árabe, Fundo Saudita, Fundo Árabe para o Desenvolvimento Económico, Financiamento do Comércio Árabe, Fundo de Abu Dabi, Programa Árabe do Golfo, Fundo Kuwaiti...
  3. O Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico da África (BADEA)

6- As Igrejas Orientais Católicas

Faça o download do conteúdo programático do Modulo Negócios no Médio Oriente (PDF).

Módulo - Instituições económicas e de integração asiáticas relacionadas com os países islâmicos asiáticos, Bangladesh e as Maldiva (5 ECTS)

  1. Bangladeche [2]
  2. As Maldivas [0,5]
  3. O Banco Asiático de Desenvolvimento [1]
  4. A Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (CESPAP) [1]
  5. A Associação para a Cooperação Regional do Sul da Ásia (SAARC) [0,1]
  6. A Cooperação Económica Subregional da Ásia do Sul (SASEC) [0,1]
  7. A União Asiática de Compensação (ACU) [0,1]
  8. A Iniciativa da Baía de Bengala (BIMSTEC) [0,1]
  9. O Foro BOAO para a Ásia [0,1]
  10. O Diálogo de Cooperação da Ásia
  11. O Foro de Cooperação América Latina-Ásia (FEALAC) (0,1 ECTS)
  12. ...

Módulo - Negócios na Eurasia Central (14 ECTS)

Negócios na Eurásia Central

1- As duas grandes economias centro-asiáticas:

  1. Paquistão [2]
  2. Irão [2]

2- Os países centro-asiáticos

  1. Azerbaijão [1]
  2. Uzbequistão [1]
  3. Quirguistão [1]
  4. Cazaquistão [1]
  5. Turquemenistão [1]
  6. Tajiquistão [1]

3- O caso da Turquia [3]

4- Organizações económicas euro centro-asiáticas

  1. Comunidade dos Estados Independentes (CEI) [0,4]
  2. Organização para a Cooperação de Xangai (SCO) [0,1]
  3. Organização para a Cooperação Económica (OCE) [0,1]
  4. Comunidade Económica Euro-Asiática (EurAsEC) [0,5]
  5. União Económica Euroasiática [0,2]
  6. Conselho de Cooperação dos Estados de Língua Túrquica [0,1]
  7. Programa de cooperação económica Regional da Ásia Central

Módulo - Negócios nos países muçulmanos da ASEAN (10 ECTS).

Países muçulmanos da ASEAN

1- Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) [3]

  1. Comunidade económica da ASEAN
  2. Área de livre comércio da ASEAN
  3. ...

2- Os três países muçulmanos da ASEAN (representam o 42 % do total da população da ASEAN)

  1. Indonésia [3]
  2. Brunei Darussalã [1]
  3. Malásia [2]

3- A Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC) [2] e os países muçulmanos da ASEAN. O Acordo Estratégico Transpacífico

Módulo - Instituições económicas e de integração africanas relacionadas com os países islâmicos africanos (4 ECTS)

África transformação Instituições

Na África, existem quatro instituições finques relacionadas com os negócios nos países com maiorias muçulmanas da África:

  1. União Africana (UA) [1]
  2. Nova Aliança para o Desenvolvimento da África (NEPAD) [0,7]
  3. Banco Africano de Desenvolvimento [1,3]
  4. Comissão económica para a África (ECA) [1]

Faça o download do programa do módulo "Instituições africanas" (PDF)

Módulo - Negócios no Magrebe (8 ECTS)

Magrebe Negócios

1- O Magrebe

2- A União do Magrebe Árabe (UMA) [0,7]

3- Os cinco países magrebinos:

  1. Argélia [1]
  2. Líbia [0,5]
  3. Marrocos [2]
  4. Mauritânia [0,5]
  5. Tunísia [2]
  6. Empresários magrebinos

4- Logística no Magrebe [1,1]

Faça o download do programa do modulo: "Magrebe" (PDF)

Módulo - Negócios nos países muçulmanos da África Oriental (20 ECTS)

África Oriental Negócios

1- Países da África Oriental com maiorias muçulmanas

  1. Egito [3]
  2. Sudão [3]
  3. Quénia [3]
  4. Tanzânia [2]
  5. Moçambique [2]
  6. Jibuti [2]
  7. As Comores [0,5]
  8. Eritréia [0,5]
  9. Somália [0,5]

2- Organizações relacionadas com os países com maiorias islâmicas da África Oriental

  1. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA) [2]
  2. O Acordo Tripartido COMESA-SADC-EAC
  3. Autoridade Intergovernamental para o desenvolvimento [0,1]
  4. Iniciativa da Bacia do Nilo

 3- Logística na África do Leste [2]

Faça o download do módulo "África Oriental" (PDF)

Módulo - Negócios nos países muçulmanos da África Ocidental e Central (20 ECTS).

O 50 % da população da África Ocidental é muçulmana.

África Ocidental Negócios

1- Países da África Ocidental e Central com maiorias muçulmanas

  1. Nigéria [3] (o 50 % da população nigeriana, 85 milhões de nigerianos, é muçulmana)
  2. Burquina Faso [1]
  3. Chade [1]
  4. Gâmbia [1]
  5. Guiné-Bissau [0,5]
  6. Guiné [1]
  7. Mali [1]
  8. Níger [1]
  9. Senegal [2]
  10. Serra Leoa [1]

2- Organizações relacionadas com os países com maiorias islâmicas da África Ocidental e Central

  1. União Económica e Monetária da África do Oeste (UEMOA) [2]
  2. Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) [2]
  3. Área Monetária da África do Oeste (ZMAO)
  4. Autoridade da Bacia do Níger [0,1]
  5. Organização para o Desenvolvimento do Rio Senegal [0,2]
  6. União do Rio Mano
  7. Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) [0,5]
  8. Comunidade dos Estados Sahelo-Saarianos (CEN-SAD) [0,1]
  9. Organização para a Harmonização em África do Direito dos Negócios (OHADA) [1]
  10. (0,1 ECTS) (CEN-SAD) (0,1 ECTS) (1 ECTS) (0,2 ECTS)

4- Logística na África Ocidental [1,5]

Faça o download do programa do módulo "África Ocidental" (PDF)

Tese (TCC) do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos (9 - 19 ECTS)

A tese está concebida como um exame que põe a prova a capacidade de síntese do aluno(a) para desenvolver uma temática determinada (entre 30 a 50 páginas).

A tese do mestrado tem como objetivo que o aluno(a) demonstre os seus conhecimentos teórico-práticos sobre os negócios nos Países Muçulmanos... O tema da tese é eleito pelo estudante com a ajuda do seu professor. Se o estudante trabalha, pode desenvolver o seu tese relacionada com a sua atividade laboral.

Alguns exemplos de teses do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Muçulmanos:

  1. Plano de marketing internacional para o Médio Oriente, os mercados islâmicos do norte da África, a Eurasia Central...
  2. Projeto de investimento na Nigéria, Indonésia, Sudão, Arábia Saudita...
  3. Análise SWOT da empresa X nos mercados islâmicos
  4. Criação de redes de distribuição internacionais nos mercados do Magrebe.
  5. Estratégias de promoção internacional para os países do Golfo
  6. Abertura de uma filial em... (Jacarta, Teerã, Lagos, O Cairo, Amã...)

Para alunos /as que estejam a trabalhar em uma empresa exportadora, recomendamos basear a tese na elaboração de um plano de marketing internacional para um determinado mercado islâmico.


O aluno(a) dispõe além de cursos de Introdução ao árabe, inglês, francês, indonésio...

E a ferramenta de acesso a mercados:
Acesso a Mercado

Exemplos do Mestrado em Negócios nos Países Muçulmanos

Alhaji Dangote

Charia Islão

Banco Árabe África (BADEA)

Fiqh (Jurisprudência islâmica)

Banca islâmica Zakat

América do Sul-Países Árabes

União do Magrebe Árabe

Ásia-Médio Oriente AMED

Economia islâmica Zakat

Estados árabes

Sulaiman Al-Rajhi


EENI Escola de Negócios