Escola Negócios EENI Business School
Negócios nas Maldivas, Malé



Conteúdo programático da unidade curricular: Comércio exterior e negócios nas Maldivas. Malé.

  1. Introdução à República das Maldivas (Ásia)
  2. A economia das Maldivas
  3. O comércio exterior (exportações, importações) maldivo
    1. Corredor de Crescimento Ásia-África
  4. O investimento estrangeiro direto (IED) nas Maldivas
  5. As oportunidades de negócios nas Maldivas
    1. O setor do turismo
    2. O setor da pesca
  6. Caso de estudo: Villa Empresa de transporte e de comércio. O empresário Qasim Ibrahim
  7. Acesso ao mercado maldivo
  8. Plano de negócios para as Maldivas

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios nas Maldivas» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior (exportações, importações, investimentos IED) maldivo
  2. Avaliar as oportunidades de negócio nas Maldivas
  3. Analisar as relações comerciais das Maldivas com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio das Maldivas
  5. Analisar o perfil de empresas maldivas
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado maldivo
A unidade curricular «Negócios nas Maldivas» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Ásia, Países Muçulmanos
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Islâmicos, Negócios Asiáticos, Comércio Mundial

Línguas de estudo Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Maldives + Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Maldivas Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Maldives.

Estudante Mestrado em comércio exterior online

Créditos «Comércio exterior e negócios nas Maldivas»: 0,5 ECTS

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e negócios nas Maldivas:

Curso Mestrado: Comércio exterior e negócios nas Maldivas





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular (Fazendo negócios nas Maldivas).

O setor do turismo e da pesca: 40% do PIB maldivo.

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio das Maldivas

  1. As Maldivas e o Espaço Económico da Eurásia Central
  2. Acordo de Livre-Comércio (ALC) com a Índia
  3. Associação para a Cooperação Regional da Ásia do Sul (SAARC)
  4. União de Compensação Asiática (ACU)
  5. Cooperação Económica Sub-regional da Ásia do Sul (SASEC)
  6. Sistema de preferências generalizadas (SPG) da União Europeia
  7. Sistema de Comércio Preferencial (TPS-OCI)

Facilitação do comércio exterior

  1. Organização Mundial do Comércio (OMC)
    1. Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (AGCS)
    2. Acordo de Facilitação do Comércio (AFC)
    3. Acordo de Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF)
    4. Acordo de Inspeção Pré-embarque
    5. Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC)
    6. Acordo de Salvaguardas (SG)
  2. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
    1. Convenção de Quioto Revisada
  3. Organização Marítima Internacional (IMO)
    1. Convenção Internacional relativa à Seguridade dos contentores
    2. Convenção relativa à Admissão Temporária (Convenção de Istambul) - Não membro

Corredor de Crescimento Ásia-África, Espaço económico afro-indo-asiático: Bangladeche, Índia, Irão, Japão...

Organizações islâmicas

  1. Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
    1. Centro de Investigação Económica - Social e de Ensino para os Países Islâmicos
    2. Centro Islâmico para o Desenvolvimento do Comércio Exterior
    3. Câmara de Comércio e Indústria Islâmica
    4. Comité para a Cooperação Económica e Comercial da OCI
  2. Banco Islâmico de Desenvolvimento (BIsD)
  3. Fundos Árabes para o Desenvolvimento
  4. Diálogo Ásia-Médio Oriente (AMED)

Organizações económicas e comerciais asiáticas

  1. Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD)
  2. Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP)
  3. Diálogo de Cooperação da Ásia (ACD)
  4. Reunião Económica Ásia-Europa (ASEM)
  5. Plano Colombo
  6. Fórum BOAO para a Ásia
  7. Nova Parceria Estratégica África-Ásia (NAASP)

Organizações económicas globais

  1. Nações Unidas (NU)
  2. Banco Mundial (BM)
  3. Organização Mundial do Comércio (OMC)
  4. Fundo Monetário Internacional (FMI)

A República das Maldivas.

  1. A população maldiva: 350.000
  2. 79% com menos de trinta e cinco anos de idade
  3. A taxa de alfabetização: 98%
  4. A capital das Maldivas: Malé
  5. A língua oficial maldiva: dhivehi (escrita Thaana), a maioria dos maldivanos falam o inglês
  6. Mais de 1.190 Ilhas
  7. Clima tropical
  8. A independência das Maldivas: 1968 (Reino Unido)
  9. Os países vizinhos das Maldivas (por mar): Índia, Sri Lanka, Indonésia, Seicheles

O Islão sunita é a religião oficial

As Maldivas pertencem ao Espaço Económico da Eurásia Central da Civilização Islâmica.

Maldivas Qasim Ibrahim (Empresário)

A economia maldívia.

  1. Crescimento do PIB maldivo: 7% nos últimos vinte anos
  2. Os principais setores económicos maldivos: o turismo e a pesca (40% do PIB)
  3. Total importações das Maldivas: 60% do PIB
  4. Petróleo: 31% do total das importações das Maldivas
  5. A moeda das Maldivas: Rufiyaa
  6. Zonas económicas especiais
  7. Investimentos mais recentes (IED): Hilton, Four Seasons, Club Med, KPMG, Price Waterhouse
  8. Principal porto maldivo: Malé. Porto em desenvolvimento: porto de Thilafushi
  9. As Maldivas não têm recursos minerais
  10. Risco de desastres naturais
  11. Efeitos do tsunami da Ásia (2004): 62% do PIB maldivo

Mestrado: Associação para a Cooperação Regional da Ásia do Sul (SAARC)

O comércio exterior das Maldivas.

  1. Exportações de mercadorias (% do PIB) das Maldivas: 23%
  2. As importações de mercadorias (% do PIB) das Maldivas: 23,6%
  3. As exportações de serviços (% do PIB): 4,4%
  4. As importações de serviços (% do PIB): 1,4%
  5. Entradas de IDE (% do PIB): 1,3%
  6. Os principais mercados de exportação maldivos: a China, a Rússia, o Cazaquistão, a Turquia e o Bangladeche
  7. Os principais fornecedores das importações das Maldivas: a China, a Rússia, a Coreia do Sul, o Cazaquistão, a Alemanha e a Turquia
Sistema de preferências generalizadas (SPG, União Europeia) Disposição Tudo menos armas (EBA)

Cooperação económica Sub-regional da Ásia do Sul SASEC (Bangladeche, Butão, Índia, Maldivas, Nepal, Sri Lanka)



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2021)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página