Escola Negócios EENI Business School Universidade
Corredor Económico China-Paquistão

Conteúdo programático da unidade curricular: Corredor Económico China-Paquistão. Curso de Transporte

  1. Introdução ao Corredor Económico China-Paquistão
  2. As principais características do Corredor Económico China (região Autónoma Uigur de Xinjiang)-Paquistão
  3. O plano a longo prazo para o corredor económico China-Paquistão (2017-2030)
  4. O Corredor Económico China-Paquistão: um projeto essencial da Nova Rota da Seda
  5. O Acordo de Livre-Comércio China-Paquistão
  6. O Corredor Internacional de Transporte do Acordo de Asgabate
  7. Países da área de influência do corredor: Afeganistão, Cazaquistão, Tajiquistão...
  8. Impacto do Corredor Económico China-Paquistão na Índia, no Irão e nos países do Conselho de Cooperação do Golfo

Cursos Mestrados Doutoramentos Escola Negócios EENI

A unidade curricular «O Corredor Económico China-Paquistão» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Cursos de Transporte: Rodovia, ferroviário, aéreo, multimodal
  2. Cursos: Negócios na Eurásia Central, China
  3. Curso Superior: Transporte Internacional
  4. Mestrados: Transporte Internacional, Negócios na Ásia, Países Muçulmanos, Negócios Internacionais, Relações Económicas Internacionais
  5. Doutoramentos (Doutorados): Logística Global, Negócios Asiáticos, Comércio Mundial

Estudante Mestrado e Doutoramento Online em negócios internacionais

Idiomas da unidade curricular: Mestrados e Doutoramentos Negócios em Inglés China-Pakistan Economic Corridor. Resumo em Cursos e Mestrados à distância em Portugués Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Corredor Económico China-Pakistán Mestrado Comércio Exterior em Francés Corridor Chine-Pakistan.

Exemplo da unidade curricular: o Corredor Económico China-Paquistão
Corredor Económico China-Paquistão Curso





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular - O Corredor Económico China-Paquistão.

O Corredor Económico China (região Autónoma Uigur de Xinjiang)- Paquistão engloba a cooperação em energia, infraestrutura de transporte (Rodovias, Caminhos de Ferro, aeroportos) assim como projetos de portos e parques industriais como por exemplo em Gwadar. Este corredor está integrado na visão da Nova Rota da Seda.

Rota da Seda China-Europa rodovia (Curso, Mestrado)

A longo prazo, também incluiu: agricultura, industrias, turismo, recursos humanos e cooperação financeira

A estratégia do Corredor Económico China-Paquistão baseia-se no conceito de "um cinto, três eixos e várias seções".

  1. O cinto do Corredor Económico China-Paquistão inclui a área composta pela zona central do corredor, que inclui Kashgar, a cidade de Tumshuq, e a cidade de Atushi e o condado de Akto na prefeitura Autónoma de Kizilsu Kirghiz de Xinjiang, China, assim como Islamabade, partes de Panjabe, Sindh, Khyber-Pakhtunkhwa, Baluchistán, AJK e GilgitBaltistan.
  2. "Três eixos" refere-se a os três eixos terrestres horizontais que conectam Lahore e Peshawar, Sukkur e Quetta, e Karachi e Gwadar.
  3. "Várias seções" refere-se a vários Caminhos de Ferro e linhas truncais de rodovias desde Islamabade a Karachi e Gwadar.

As principais cidades por as que passa o Corredor Económico China-Paquistão são: Kashgar, Atushi, Tumshuq, Shule, Shufu, Akto, Tashkurgan Tajik, Gilgit, Peshawar, Dera Ismail Khan, Islamabade, Lahore, Multan, Quetta, Sukkur, Hyderabad, Karachi e Gwadar.

Corredor ferroviário-rodoviário Islamabade-Teerão-Istambul

Principais Rodovias

  1. Rodovia KKH Fase II (Thakot - seção de Havelian, Khyber Pakhtunkhwa) 118 km
  2. rodovia Peshawar-Karachi (seção Multan-Sukkur, províncias de Panjabe e Sindh) 392 Km
  3. Rodovia Khuzdar-Basima N-30 110 km
  4. Melhoria da Rodovia D.I.Khan (Yarik) - Zhob, N-50 Fase-I. 210 km
  5. Rodovia KKH Thakot-Raikot N35, 136 Km)

Corredor de Transporte Quirguistão-Tajiquistão-Afeganistão-Irão

Projetos ferroviários

  1. Expansão e reconstrução da linha existente ML-1 (1.830 km)
  2. Porto seco de Havelian (450 M. unidades equivalentes a vinte pies)

Caminho de ferro Transiberiano (Rússia, Mongólia, China, Coreia do Norte) Curso

Países da área de influência do Corredor Económico China-Paquistão:

O Corredor Económico China-Paquistão não só beneficiará à China e ao Paquistão, mas terá um impacto positivo em

  1. Afeganistão
  2. Tajiquistão
  3. Quirguistão
    1. Outros países da Ásia Central: Cazaquistão, Turquemenistão e Uzbequistão
  4. Irão
  5. Índia

O Corredor Económico China-Paquistão vai melhorar significativamente a capacidade da China para expandir as suas relações económicas e estratégicas com os países de Médio Oriente, sobre tudo com os países membros do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG): Emirados Árabes Unidos, Barém, Arábia Saudita, Omã, Catar e Kuwait

Corredores relacionados com a Rota da Seda

  1. Corredor Económico Bangladeche-China-Índia-Mianmar
  2. Corredor de Crescimento Ásia-África
  3. Corredor Económico China-Ásia Central-Ásia Ocidental
  4. Corredor Económico Almaty-Bisqueque
  5. Corredor Económico China-Mongólia-Rússia
  6. Corredor de Transporte Quirguistão-Tajiquistão-Afeganistão-Irão (KTAI -ECO)
  7. Corredor Internacional de Transporte Norte-Sul (Índia-Rússia)
  8. Corredor de Transporte Afeganistão-Turquemenistão-Azerbaijão-Geórgia-Turquia (Lápis-lazúli)
  9. Corredor Índia-Chabahar (Irão)-Afeganistão
  10. Caminho de ferro Transiberiano (Rússia, Mongólia, China, Coreia do Norte)
  11. Corredor ferroviário-rodoviário Islamabade-Teerão-Istambul (ITI-ECO)
  12. Corredor de Transporte Trans-Caspiano (Corredor Central)
  13. Corredor Económico China-Ásia Central-Ásia Ocidental
  14. Corredor Económico Nanning-Singapura
    1. Zona Económica do Pan-Golfo de Beibu

Rede Principal de Corredores de Transporte Europeus

  1. Corredor de Transporte Atlântico
  2. Corredor de Transporte Báltico-Adriático
  3. Corredor de Transporte Mar do Norte-Báltico
  4. Corredor de Transporte Mar do Norte-Mediterrâneo
  5. Corredor Pan-europeu II
  6. Corredor Pan-europeu IX

Comunidades económicas regionais asiáticas relacionadas ao Corredor Económico China-Paquistão

Países de influência do Corredor: China, Paquistão, Afeganistão, Tajiquistão, Quirguistão, Cazaquistão, Turquemenistão, Uzbequistão, Irão, Índia

  1. União Asiática de Compensação (ACU): Bangladeche, Butão, Índia, Irão, Mianmar, Maldivas, Nepal, Paquistão e Sri Lanka
  2. Programa de Cooperação Económica Regional da Ásia Central (CAREC): Afeganistão, Azerbaijão, China, Cazaquistão, Quirguistão, Mongólia, Paquistão, Tajiquistão, Turquemenistão e o Uzbequistão
  3. China é membro de:
    1. Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC)
    2. Sub-região do Grande Mekong
  4. Organização para a Cooperação de Xangai (SCO): Cazaquistão, China, Quirguistão, Rússia, Tajiquistão e o Uzbequistão
  5. Comunidade Económica Eurasiática (EurAsEC): Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão, Rússia, Tajiquistão e o Uzbequistão
  6. União Económica Eurasiática (EEU): Arménia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão e a Rússia
  7. Organização para a Cooperação Económica (OCE): Afeganistão, Azerbaijão, Irão, Cazaquistão, Quirguistão, Paquistão, Tajiquistão, Turquia, Turquemenistão e o Uzbequistão.
  8. Comunidade dos Estados Independentes (CEI): Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão, Moldávia, Rússia, Ucrânia, Tajiquistão, Turquemenistão e o Uzbequistão.
  9. Conselho de Cooperação dos Estados de Língua Túrquica: Azerbaijão, Cazaquistão, Quirguistão e a Turquia
  10. Organização para Cooperação entre Ferrovias (OSJD): Azerbaijão, Albânia, Afeganistão, Bielorrússia, Bulgária, Hungria, Vietname, Geórgia, Irão, Cazaquistão, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Cuba, Quirguistão, Letónia, Lituânia Moldávia, Mongólia, Polónia, Rússia, Roménia, Eslováquia, Tajiquistão, Turquemenistão, Uzbequistão, Ucrânia, República Checa e a Estónia.

Acordos de Livre-Comércio relacionados com os países do corredor

  1. Paquistão
    1. Zona preferencial de comércio com Mauricio
    2. Acordos de Livre-Comércio com Sri Lanka, Índia, ASEAN, China, Bangladeche e o MERCOSUR
    3. Acordo de comércio preferencial Irão-Paquistão
  2. China
    1. Acordos de Livre-Comércio com Chile, Peru, Costa Rica, Comunidade Andina, União Europeia...
  3. Cazaquistão
    1. União Aduaneira com Rússia e Bielorrússia
    2. Acordos de Livre-Comércio com Arménia, Ucrânia e Geórgia
    3. Acordo de colaboração e cooperação com a União Europeia
  4. Quirguistão
    1. Acordo de cooperação económica e comercial com Paquistão
    2. Acordos de Livre-Comércio com Arménia, Moldávia, Ucrânia e o Uzbequistão
  5. Tajiquistão
    1. Acordos de Livre-Comércio com a Arménia, Ucrânia e com a União Económica Eurasiática
  6. Turquemenistão
    1. Acordos de Livre-Comércio com a Arménia, Geórgia e com a União Económica Eurasiática
  7. Uzbequistão
    1. Acordos de Livre-Comércio com Quirguistão, Ucrânia, Geórgia e com a União Económica Eurasiática
  8. Acordo Comercial Ásia-Pacífico (APTA): Bangladeche, China, Índia, Mongólia e Sri Lanka
  9. Sistema de Comércio Preferencial Islâmico (OCI-TPS)

Acordo de Asgabate (Corredor Transporte, Índia, Irão)

Principais instituições asiáticas relacionadas ao corredor

  1. Foro para a Ásia
  2. Diálogo de Cooperação da Ásia
  3. Comissão Económica e Social para a Ásia e o Pacífico (ESCAP)
  4. Banco Asiático de Desenvolvimento
  5. Plano Colombo

Principais instituições islâmicas relacionadas ao corredor

  1. Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
  2. Banco Islâmico de Desenvolvimento

As principais religiões da região do Corredor Económico China-Paquistão são:

  1. Islão
  2. Confucionismo
  3. Taoísmo
  4. Budismo

O Corredor Económico China-Paquistão pertence ao:

  1. Espaço económico da Eurásia Central
  2. Espaço económico sínico


(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Ensino superior para todos a preços acessíveis
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página