Negócios no Catar

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular. Comércio exterior e negócios no Catar. Doha

  1. Introdução ao Estado do Catar (Médio Oriente)
  2. Fazendo negócios em Doha
  3. A economia do Catar
  4. O comércio exterior catarei
  5. As oportunidades de negócios no Catar:
    1. Petróleo
    2. Construção de grandes projetos
    3. Compras governamentais...
  6. O investimento direto estrangeiro (IDE) no Catar
  7. Caso de estudo:
    1. Hanan Al Kuwari
    2. Al Jazeera
  8. Introdução ao árabe
  9. O acesso ao mercado catarei
  10. Plano de negócios para o Catar

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Estado do Catar» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior catarei
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Catar
  3. Analisar as relações comerciais do Catar com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de comércio livre do Catar
  5. Analisar o perfil das empresas e das personalidades catareis
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado catarei
A unidade curricular «Fazendo negócios no Catar» estuda-se:
  1. Mestrados profissionais à distância: Negócios Internacionais, Países Muçulmanos
  2. Doutoramento em Negócios nos Mercados Muçulmanos (EaD)
  3. Curso Médio Oriente

Língua de estudo: Português + Espanhol Qatar Inglês Qatar Francês Qatar.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Catar»: 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

ماجستير في التجارة الخارجية و التسويق الدولي.

Doutora Hanan Al Kuwari Catar

Descrição da unidade curricular - Comércio exterior e negócios no Catar.

O Estado do Catar.

O Catar é o primeiro país do mundo pelo PIB (PPC) per capita.

  1. A população do Catar é de 1.409.423, dos quais 83% vive em Doha (capital do estado) e nos seus subúrbios (Al-Rayyan)
  2. Quase todos os catareis são muçulmanos (sunitas 98%)
  3. O Catar tem fronteira com a Arábia Saudita
  4. O árabe é a língua oficial catarei
  5. A abolição da escravatura no Catar: 1952
  6. A independência do Reino Unido: 1971

A religião do Catar: o Islão.

  1. A Escola Fiqh (Jurisprudência islâmica): Hanbali

O Catar pertence ao Espaço Económico árabe da civilização islâmica.

A economia do Catar.

  1. O petróleo, o gás natural e as indústrias relacionadas constituem o grosso da atividade económica do Catar
  2. O Estado do Catar produz menos de 1% da produção mundial de petróleo
  3. O petróleo e o gás natural representam 80% das exportações
  4. O Catar é o centro financeiro do Golfo
  5. O Catar é uma economia bastante aberta
  6. A Autoridade de Obras Públicas do Catar, tem a missão de levar à apresentação das propostas de projetos de obras no âmbito do Ministério de Assuntos Municipais e de Agricultura
  7. A Fundação Catar foi fundada em 1995 pelo xeque Hamad Bin Khalifa Al Thani, Emir do Catar, como um veículo para converter «as riquezas minerais em capital humano sustentável».
  8. O Departamento de Promoção do Investimento do Catar é um órgão oficial para a promoção dos investimentos estrangeiros
  9. O Catar Ciência & Tecnologia Park é uma zona franca, que oferece incentivos para a instalação de vários tipos de empresas de tecnologia
  10. Em 2001, aconteceu a reunião de Doha a nível ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC)
  11. Al Jazeera, o canal de noticias da atualidade, têm a sua sede em Doha, capital do Catar. A organização é o primeiro canal de noticias globais em inglês no Médio Oriente.

O comércio exterior catarei.

  1. Total de comércio exterior catarei em relação ao seu PIB: 95%.
  2. O Catar mantém um regime de comércio muito liberal com taxas reduzidas
  3. Principais países fornecedores: a União Europeia (UE), o Japão, os Estados Unidos, a Arábia Saudita e a Coreia do Sul
  4. Exportações catareis: o Japão, a Coreia do Sul, Singapura e a União Europeia (UE)
  5. Principais produtos de exportação do Catar: os hidrocarbonetos (p petróleo e o gás), os fertilizantes e produtos químicos, os produtos siderúrgicos
  6. Principais importações do Catar: as máquinas e peças, os metais, os veículos e outros meios de transporte, os alimentos, os produtos químicos e os materiais de construção

O fluxo do investimento direto estrangeiro (IDE) no Catar foi de 6.700 milhões de dólares. A principal operação do investimento estrangeiro tem sido feita pela multinacional japonesa Marubeni com a Companhia de Petróleo do Catar para a implementação de diversos projetos de energia no emirado.

Os acordos comerciais do Catar.

O Catar é membro do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), juntamente com a Arábia Saudita, o Kuwait, os Emirados Árabes Unidos, o Omã e o Barém. A meta do Conselho de Cooperação do Golfo é promover a integração económica e a cooperação política dos países-membros. O Conselho de Cooperação do Golfo tem um acordo de cooperação com a União Europeia (UE).

Entre os países-membros do Conselho de Cooperação do Golfo, o Catar ocupa o primeiro lugar em termos do PIB per capita.

O Catar e Singapura têm um acordo de comércio livre.

O Catar está a negociar acordos de comércio livre com os Estados Unidos, o Japão e Austrália. Ele também assinou acordos económicos com a França, a Alemanha, a Roménia, a China, o Senegal, a Coreia do Sul, a Índia, Cuba, a Suíça, a Finlândia e a Turquia.

  1. O Conselho de Cooperação do Golfo (CCG)
  2. O Acordo de Comércio Livre com o MERCOSUL
  3. A União Europeia-Conselho de Cooperação do Golfo (Catar)
  4. A Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
  5. O Sistema de Comércio Preferencial (TPS-OCI)
  6. O Índia-Conselho de Cooperação do Golfo (CCG)
  7. O Catar-Associação Europeia de Livre Comércio (AELC)

O Catar é membro:

  1. A Liga dos Estados árabes
  2. O Banco Islâmico de Desenvolvimento
  3. Os Fundos Árabes para o Desenvolvimento
  4. A Comissão Económica e Social para a Ásia Ocidental (ESCWA)
  5. A Cooperação África-Catar-Países árabes
  6. As Nações Unidas (NU)
  7. O Fundo Monetário Internacional (FMI)
  8. A Organização Mundial do Comércio (OMC)
  9. O Grupo do Banco Mundial (BM)
  10. A Grande Área de livre comércio árabe...
  11. ...

Exemplos negócios no Catar

Grande Área de livre comércio árabe (GAFTA)

Cooperação Afro-Árabe

Fazendo negócios no Catar

Conselho de Cooperação do Golfo (CCG)

Shaikha Al Bahar membro da junta diretiva do Banco Internacional do Catar:
Shaikha Al Bahar Empresária Kuwait



Universidade U-EENIPaz, Não Terrorismo