Doutoramento em Negócios na América

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Doutoramento (Doutorado) profissional em Negócios Internacionais (DIB) especialização na América (educação à distância EaD)

Os objetivos do Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios Internacionais (DIB) especialização América (3 anos, 180 ECTS, à distância) são formar ao doutorando para que seja capaz de pesquisar sobre temas relacionados com os negócios na América, o comércio intra-americano, a economia latino-americana, os processos de integração regional na América, o transporte e a logística, as características dos países americanos, as interligações entre os mercados americanos, os problemas reais existentes na economia do continente americano... De forma que lhe permita aplicar soluções criativas e tomar decisões relacionadas com os negócios nos mercados americanos.

O Doutoramento em Negócios na América faz parte da categoria de Doutoramentos Profissionais em Negócios, os quais têm o dobro objetivo de fazer uma contribuição tanto ao conhecimento como à prática.

Estrutura do Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios Internacionais (DIB) especialização América

O programa do Doutoramento profissional negócios na América estrutura-se em três partes:

Estrutura Doutoramentos Negócios

1- Estudo das unidades curriculares (atividade formativa) do Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios na América: mínimo 20 ECTS, máximo 60 ECTS

O doutorando deve realizar uma atividade formativa (complemento formativo), composta por uma série de unidades curriculares definidas segundo os seus estudos precedentes e a linha de investigação eleita. A Direção do Doutoramento determina os complementos de formação que precisa em função da linha de investigação, podendo o doutorando eleger as unidades curriculares entre as ofertadas pela EENI para a linha de investigação eleita com um mínimo de 20 créditos ECTS (10 créditos AC) e um máximo de 60 ECTS.

Os candidatos graduados no Mestrado profissional em Negócios na América da EENI estarão isentos de realizar complemento de formação algum, passando diretamente à fase de investigação do Doutoramento profissional em Negócios na América.

As unidades curriculares oferecidas pela EENI

A EENI oferece ao doutorando uma série de unidades curriculares relacionadas com América. O doutorando pode selecionar as unidades curriculares mais adequadas em função da tese a realizar. O doutorando seleciona as unidades curriculares uma vez formalizado a inscrição.

Para facilitar a seleção das unidades curriculares que deve estudar o doutorando, se estruturam em vários blocos:

Doutoramento em Negócios na América

  1. Introdução ao espaço económico americano da civilização cristã ocidental. A influência do cristianismo.
  2. Cristianismo e negócios na América.
  3. Instituições económicas
  4. Economia e integração da América Latina
  5. Negócios na América Latina
  6. Estados Unidos e Canadá
  7. México
  8. América Central
  9. Países andinos
  10. América do Sul
  11. Brasil
  12. As Caraíbas
  13. Logística e transporte
  14. Relaciones internacionais dos países americanos
  15. Luta contra a corrupção nos negócios na América

Mais abaixo pode encontrar mais informação detalhada sobre as unidades curriculares disponíveis.

2- Trabalhos de investigação e plano de tese do Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios na América (40 ECTS).

Com o apoio do Diretor de tese, o doutorando deve realizar as investigações adequadas que lhe conduzam à realização do seu plano de tese. O doutorando tem de elaborar e apresentar um plano de tese, que no mínimo, tem de incluir o título provisório da tese, os objetivos que pretende alcançar, a metodologia que empregará e os meios e o planejamento temporário.

O doutorando deve estudar o módulo “Metodologia da investigação” que apresenta o método de preparação de uma tese.

Exemplos de temas de investigação sobre a América:

EENI valorizará muito positivamente que os resultados da tese possam beneficiar ao desenvolvimento do continente americano.

3- Tese e defesa de tese do Doutoramento profissional (Doutorado) profissional em Negócios na América (120 ECTS).

Baixo a supervisão do Diretor de tese, o doutorando desenvolve a investigação e propõe os resultados obtidos. O doutorando poderá selecionar a temática que deseje dentro dos parâmetros das linhas de investigação propostas pela EENI, criando uma tese que deve ser completamente original e própria, a qual será publicada na plataforma da EENI criada a tal efeito.

A Direção do Doutoramento pode autorizar o depósito de tese como compêndio de publicações sempre que se reúnam os requisitos estabelecidos pela Direção da EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais).

A defesa da tese realiza-se por videoconferência.

Diretor do Doutorado (Doutoramento) profissional em Negócios Internacionais especialização América: Dr. Henry Acuña Barrantes (Colômbia)

Professor Colômbia

  1. Economista. Especialista em Alta Gestão da Universidade Militar Nova Granada (Colômbia), Profissional Especializado da Faedis da UMNG, e membro do grupo de Liderança.
  2. Mestrado em Negócios Internacionais (Comércio Exterior, Global Marketing e Internacionalização) da EENI
  3. Doutoramento em Negócios Internacionais (DIB) da EENI
  4. Professor da EENI

No processo de admissão, a Direção do Doutoramento profissional em Negócios na América atribuirá ao estudante um tutor, o qual é o responsável por coordenar a atividade do estudante no programa de doutorado.

Além disso, é atribuído um Diretor de tese, que deve guiar ao estudante no planejamento da mesma e é o máximo responsável pela coerência e novidade da tese. O Diretor de tese poderá ser eleito pelo estudante entre o quadro próprio de doutores da EENI ou livremente sempre que seja doutor. O tutor e o Diretor podem coincidir. Admite-se assim mesmo a codireção de tese.

Diretora dos Doutoramentos em Negócios Internacionais (DIB) da EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais): Dra. Margarita Carrillo López

Dra Marga Carrillo

Solicitar informação do Doutoramento profissional em Negócios Internacionais especialização América

Idiomas do Doutorado (Doutoramento) profissional em Negócios na América. Todas as unidades curriculares ofertadas do Doutoramento estão em inglês e espanhol. Aproximadamente o 40% do resto das matérias está em português Pt (e em francês). Assim, dependendo das unidades curriculares selecionadas, o doutorando pode realizar este Doutoramento integralmente em português (ou em inglês, francês ou espanhol); os estudantes deve ter um nível suficiente para poder estudar as unidades curriculares nestes idiomas.

En DIB America Es DIB América En DIB Amerique.

Duração: máximo de três anos naturais a contar desde a inscrição da matrícula no programa até o depósito da tese. Se decorrido o prazo de três anos naturais não se depositou a tese, a Direção do Doutoramento do programa pode autorizar uma prorrogação de até dois anos.

  1. Preço do Doutoramento Negócios na América: 5.220 Euros (tudo incluído)
  2. Bolsas de estudo. Desconto de 40% para alunos (as) dá Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e da diáspora africana. Preço do Doutoramento para estes alunos: 3.123 Euros (1.044 Euros / ano)
  3. Consultar bolsas para outros alunos de Portugal, Ásia, América, Médio Oriente...
  4. Faça o download do programa do "Doutoramento Negócios na América" (PDF)

Educação para todos

Requisitos. Para ser admitido no Doutoramento profissional em Negócios Internacionais especialização América os estudantes deve ter obtido um título de Mestrado ou ter um mínimo de três anos de experiência laboral em postos de relevância no âmbito dos negócios internacionais.

Os estudantes graduados no Mestrado em Negócios na América da EENI poderão aceder ao Doutoramento profissional em Negócios Internacionais especialização América convalidando todas as matérias do Doutoramento já estudadas no mestrado.

Diploma do Doutoramento profissional em Negócios na América
O diploma de Doutoramento concede-se após avaliar:

  1. O grau de participação do doutorando nas unidades curriculares do Doutorado.
  2. A investigação realizada
  3. A defesa de tese.

Uma vez defendida e superada a tese do doutorado, os doutorandos obterão o título próprio de “Doutoramento profissional em Negócios Internacionais (DIB) especialização América” emitido pela EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais).

Público-alvo: graduados e profissionais que trabalham e que desejem continuar sua carreira no campo dos negócios internacionais com ênfase na América.

Professores da EENI da América: Mabel Turk, Dr. Henry Acuña Barrantes, Carlos C. Contreras
Professores EENI

Mercados analisados no Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios Internacionais especialização América:
América Mercados

Alunos EENI na América
Alunos EENI América

Linhas de investigação do Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios Internacionais (DIB) especialização América:

  1. O doutorando deve selecionar as unidades curriculares mais adequadas para a sua tese
  2. O doutorando pode utilizar qualquer combinação possível de matérias
  3. O mínimo de ECTS a selecionar é de 20 e o máximo de 60
  4. NOTA: entre colchetes indicam-se os créditos ECTS

O espaço económico americano da civilização cristã (ocidental).

  1. O continente americano
  2. Cristianismo na América [5]
  3. Espaço económico americano da civilização cristã ocidental
    1. Norte-americano [1]
    2. Latino-Americano [4]
    3. Caribenho [0,1]
  4. Tráfico Negreiro Transatlântico
  5. Abolição da escravatura na América
  6. Diáspora africana na América.

Economia e integração da América Latina (12 ECTS).

Economia Integração América

  1. Economia da América Latina e das Caraíbas [2]
  2. Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) [2]
  3. Comissão Económica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) [2]
  4. Associação Latino-Americana de Integração (ALADI) [1]
  5. Organização dos Estados Americanos (OEA) [0,5]
  6. União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) [0,5]
  7. Sistema Económico Latino-Americano (SELA) [0,3]
  8. Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) [0,3]
  9. Projeto Mesoamérica [0,1]
  10. Aliança do Pacífico [0,1]

Os tratados de livre comércio na América.

Relações internacionais:

  1. Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC) [2]
  2. Conselho de Cooperação Económica do Pacífico
  3. Acordo Estratégico Transpacífico de Associação Económica (TPP)
  4. Cúpula América do Sul-África (ASA) [0,5]
  5. Cúpula América do Sul-Países Árabes (ASPA) [0,1]
  6. Fórum de Cooperação América Latina-Ásia do Leste (FOCALAL) [0,1]

Estados Unidos-Canadá

Negócios Estados Unidos

Negócios Canadá

  1. Estados Unidos [15]: economia norte-americana, Califórnia, Florida, Nova Iorque, empresários norte-americanos, tratados de livre comércio (TLC)...
  2. Canadá [2]
  3. Tratado de livre comércio da América do Norte (TLCAN) [0,7]

México (15 ECTS).

Negócios México

  1. setores estratégicos da economia mexicana
  2. Vantagens competitivas do México
  3. Carlos Slim (o homem mais rico do mundo).
  4. Investimento direto estrangeiro (IDE)
  5. Novo Leão
  6. Chihuahua
  7. Jalisco
  8. Tratados de livre comércio (TLC) do México

América Central (16 ECTS).

Negócios na América Central

  1. Economia da América Central [1]
  2. Sistema da Integração Centro-Americana (SICA) [0,8]
  3. Mercado Comum Centro-Americano (MCCA) - Integrado no SICA -
  4. Belize [0,5]
  5. Costa Rica [1]
  6. El Salvador [1]
  7. Guatemala [2]
  8. Honduras [1]
  9. Nicarágua [1]
  10. Panamá [1]
  11. República Dominicana [1]
  12. Tratados de livre comércio (TLC) relacionados com a América Central
  13. Faça o download do conteúdo programático do módulo América Central (PDF)

Região Andina (20 ECTS).

Negócios nos países andinos

  1. Comunidade Andina [3]
  2. Tratados de livre comércio da Comunidade Andina
  3. Peru [3]
  4. Equador [1]
  5. Colômbia [2]
  6. Bolívia [1]

América do Sul.

Negócios na América do Sul

  1. Chile [2]
  2. MERCOSUL [2]
    1. Tratados de livre comércio (TLC) do MERCOSUL
  3. Argentina [2]
  4. Paraguai [1]
  5. Uruguai [1]
  6. Venezuela [1]
  7. Bolívia como um estado associado ao MERCOSUL [1]
  8. Tratados de livre comércio que afetam à região da América do Sul

Brasil (17 ECTS).

Negócios no Brasil

  1. Economia do Brasil
  2. Empresários brasileiros
  3. Estados do Brasil: Baía, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Região norte, Região Centro Oeste...
  4. Comércio exterior do Brasil e Aduanas
  5. Acordos (ALC) do Brasil
  6. Relações comerciais Brasil-BRIC
  7. África-Países BRICS
  8. Brasil-China

As Caraíbas.

  1. Comunidade das Caraíbas (CARICOM) [1]
  2. Organização dos Estados do Caribe Oriental (OECO)
  3. Associação dos Estados das Caraíbas (AEC) [1]
  4. Iniciativa da Bacia das Caraíbas
  5. Bahamas [0,5]
  6. Haiti [0,5]
  7. Jamaica [0,5]
  8. Espaço económico das Caraíbas

Luta contra a corrupção nos negócios na América (4 ECTS)

Curso Não à corrupção Negócios

Não à corrupção

  1. Faça o download do conteúdo programático do módulo "Não à corrupção" (PDF)

Cursos de introdução aos principais idiomas da América: inglês e espanhol.

Os principais mercados analisados no Doutoramento profissional (Doutorado) em Negócios Internacionais especialização América: o Canadá, Estados Unidos, México, a Costa Rica, e Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, República Dominicana, Caribe, Colômbia, Peru, Equador, Venezuela, Bolívia, Argentina, Chile, Paraguai, o Uruguai e o Brasil...

Principais casos de empresários americanos analisados no Doutoramento (Doutorado): Carlos Slim, Philip Anschutz, S. Truett Cathy, Ray Hunt, Howard Ahmanson, Steve Strang, Thomas Monaghan, Amâncio Ortega, António Moraes,  Roberto Marinho, Luís Sarmiento, Bill Gates, Warren Buffett, o Compromisso de dar, Família Safra...

As principais instituições e organizações analisadas no Doutoramento (Doutorado): a Comissão Económica para a América Latina, a Associação Latino-Americana de Integração (ALADI), a União de Nações Sul Americanas, o Sistema Económico Latino-Americano e das Caraíbas, a Aliança Bolivariana para os Povos da nossa América, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Projeto Mesoamérica, a Organização dos Estados Americanos, o MERCOSUL, Comunidade Andina, o tratado de livre comércio da América do Norte, o Sistema da Integração Centro Americana, o Mercado Comum Centro Americano, a Cooperação Económica Ásia-Pacífico, a Associação dos Estados do Caribe, a Comunidade das Caraíbas CARICOM...

Exemplos do Doutoramento profissional em Negócios na América

Economia da América Latina

SICA Sistema da Integração Centro-Americana

TLCAN Tratado América do Norte

Corredores integração bolivianos

Sistema Económico Latino-Americano SELA

Banco Interamericano de Desenvolvimento

ALBA Aliança Bolivariana

Negócios no Equador

Fórum FOCALAL América-Ásia

Comércio Exterior da América Latina

Projeto Mesoamérica

MERCOSUL-Comunidade Andina

Hidrovía Paraguai-Paraná

Instituto Integração América Latina

Peru Brasil Bolivia

Peru-Estados Unidos Acordo

União de Nações Sul-Americanas UNASUL

ALADI Associação Latino-Americana de Integração

Aduanas no Brasil

Comunidade Andina

Comunidade das Caraíbas CARICOM

Associação dos Estados do Caribe

Corredores integração bolivianos



EENI Escola de Negócios