Negócios na República Dominicana

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular - Comércio exterior e negócios na República Dominicana. Santo Domingo.

  1. Introdução a República Dominicana
  2. Fazendo negócios em Santo Domingo
  3. Economia dominicana
  4. Comércio exterior dominicano
  5. Caso de estudo: as relações comerciais com o Chile e Canadá
  6. Introdução ao espanhol
  7. Acesso ao mercado dominicano
  8. Plano de negócios para a República Dominicana

Objetivos da unidade curricular "Fazendo negócios na República Dominicana":

  1. Analisar a economia e o comércio exterior dominicano
  2. Avaliar as oportunidades de negócio na República Dominicana
  3. Analisar as relações comerciais da República Dominicana com o país do aluno
  4. Conhecer os tratados de livre comércio (TLC) da República Dominicana
  5. Analisar o perfil de empresas dominicanas
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado dominicano
A unidade curricular "Fazendo negócios na República Dominicana" estuda-se:
  1. Mestrados profissionais: Negócios Internacionais, América
  2. Doutoramento Negócios na América (EaD)

Idioma de estudo: Pt + Es República Dominicana US Dominican Rep.

  1. Créditos da unidade curricular "Fazendo negócios na República Dominicana": 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Descrição da unidade curricular - Negócios na República Dominicana.

A República Dominicana.

  1. A capital da República Dominicana é Santo Domingo.
  2. População dominicana é de 9,9 milhões de pessoas.
  3. A superfície é de 48.311 quilómetros quadrados
  4. O idioma oficial dominicano é o espanhol
  5. A República Dominicana torna-se independente da Espanha em 1821

A religião da República Dominicana: Catolicismo (Cristianismo).

A República Dominicana pertence ao espaço económico latino-americano da civilização cristã ocidental.

Economia dominicana.

  1. A República Dominicana (América) é principalmente uma economia de serviços. Este setor conta com 55% do aporte doméstico e é o maior gerador de emprego do país.
  2. As zonas francas, o turismo, as telecomunicações e a construção são os setores chave da economia.
  3. O turismo contribui mais de 1.000 milhões de dólares ao ano.
  4. A economia dominicana depende muito estreitamente dos investimentos norte-americanos.
  5. Na República Dominicana, depois de ter refletido um crescimento importante, no terceiro trimestre do ano a atividade produtiva começou a mostrar signos de desaceleração como resultado do impacto da crise financeira internacional no desempenho da economia real em nível mundial, o qual se conjugou com os efeitos derivados da implementação de medidas da Política monetária orientadas a moderar as pressões inflacionárias através de uma desaceleração do ritmo de expansão da demanda interna.
  6. Na República Dominicana, as exportações nacionais, se reduziram em 231 milhões de dólares devido principalmente, à queda nas exportações de ferroníquel, como resultado da redução tanto dos preços internacionais do níquel como dos volumes exportados, o que provocou o fechamento temporária das operações da empresa Falconbrigde, a partir de agosto de 2008.

Instituições e acordos da República Dominicana:

Os programas de preferências tarifárias outorgados à república Dominicana por alguns países (a União Europeia, os Estados Unidos, Canadá, Suíça, Japão...) contêm listas de produtos, tanto agrícolas como industriais, que se excluem das preferências e portanto, estão sujeitos a barreiras tarifárias no mercado de destino.

Os tratados de livre comércio (TLC) assinados pela República Dominicana:
- Acordo entre a República Dominicana e a Comunidade das Caraíbas (CARICOM).
- Acordo entre a República Dominicana e a América Central.
- Acordo de Alcance Parcial entre à República Dominicana e Panamá.
- Acordo entre os Estados Unidos, a América Central e à República Dominicana.

Projeto Mesoamérica

  1. Associação dos Estados do Caribe (AEC)
  2. Sistema da Integração Centro-Americana (Associado)
  3. Acordo América Central, os Estados Unidos e a República Dominicana (CAFTA-DR)
  4. Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  5. Acordo de Associação Económica entre os países da União Europeia e os Países do CARIFORUM
  6. Projeto Mesoamérica
  7. Comissão Económica para a América Latina e o Caribe (CEPAL)
  8. Banco Mundial (BM)
  9. Fundo Monetário Internacional (FMI)
  10. Organização Mundial do Comércio (OMC)
  11. Nações Unidas (NU)
  12. Banco Interamericano de Desenvolvimento
  13. Organização dos Estados Americanos (OEA)
  14. Fórum de Cooperação América Latina-Ásia do Leste...

Sistema Económico Latino-Americano SELA

Associação dos Estados do Caribe



EENI Escola de Negócios