Conselho de Cooperação Económica do Pacífico

EENI- Universidade Hispano-Africana - Escola de Negócios


Início EENI

Conteúdo programático da unidade curricular - Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PEEC).

  1. Introdução ao Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PECC)
  2. Os grupos de trabalho:
      - Serviços
      - Comércio exterior
      - Investimento
  3. O Sistema Alimentário do Pacífico
  4. O Relatório sobre o estado da região
  5. O Índice de integração económica na região da Ásia-Pacífico (APEC)
  6. O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico e a área de livre comércio da Ásia-Pacífico
A unidade curricular «Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PEEC)» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior (Doutoramentos, Mestrados, Licenciaturas) à distância da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
  1. Mestrado em Comércio Exterior à distância
  2. Licenciatura em Comércio Internacional (à distância)
  3. Doutoramento: Europa

Língua de estudo: Ensino superior em Português ou Educação superior em Inglês Pacific Economic Cooperation Council Educação superior em Espanhol Consejo de Cooperación Económica del Pacífico Cursos à distância EaD em Francês Conseil de coopération économique du Pacifique.

Exemplo da unidade curricular - O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PECC):
Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PECC)

Descrição da unidade curricular (Ensino superior) - O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PECC):

O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico tem como objetivo servir de fórum regional para a cooperação e a coordenação das políticas para a promoção e o desenvolvimento económico na região da Ásia-Pacífico (APEC).

O PEEC (Conselho de Cooperação Económica do Pacífico) é um dos três observadores oficiais da Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC).

As economias da região Ásia-Pacífico estão realizando importantes esforços para mitigar o impacto da crise financeira mundial e para adaptar os seus modelos de crescimento às novas realidades económicas e ao comércio exterior. Apesar de que a recuperação económica depois da recessão de 2009 começa a tomar impulso em grande parte da Ásia e o Pacífico.

A região Ásia-Pacífico incluiu alguns dos maiores exportadores de serviços do mundo.

Os membros titulares do Conselho de Cooperação Económica do Pacífico são: a Austrália, o Brunei Darussalã, o Canadá, o Chile, a China, a Colômbia, a Coreia do Sul, Equador, os Estados Unidos da América, Hong Kong, a Indonésia, o Japão, a Malásia, o México, a Mongólia, a Nova Zelândia, o Peru, as Filipinas, Singapura, o Fórum das Ilhas do Pacífico, Taiwan, a Tailândia e o Vietname.

  1. Membros associados: a França (territórios do Pacífico)
  2. Membros institucionais: a Conferência para o comércio e Desenvolvimento do Pacífico e o Conselho Económico Básico do Pacífico

O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico é uma associação tripartite única dos indivíduos de alta faixa, empresas, governo, académicos e outros círculos intelectuais. Todos participam a título privado e discutem livremente sobre as questões de atualidade da região Ásia-Pacífico.

O Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PEEC) é uma organização intercivilizacional (Civilização Cristã, islâmica, budista - sínica e japonesa).



(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)