Escola Negócios EENI Business School
Negócios no Haiti, Porto Príncipe



Conteúdo programático da unidade curricular: Comércio exterior e negócios no Haiti - Porto Príncipe

  1. Introdução à República do Haiti (as Caraíbas)
  2. Economia haitiana
  3. Vantagem do Haiti
  4. Fazendo negócios em Porto Príncipe
  5. Comércio exterior (exportações, importações) haitiano
    1. Lei de Oportunidade Hemisférica Haitiana através de Promoção da Cooperação (HOPE)
  6. Investimento estrangeiro direto (IED) no Haiti
  7. Oportunidades de negócios no Haiti
    1. Roupa
    2. Agronegócios
    3. Turismo
    4. Externalização de processos de negócios (BPO) e tecnologias de informação (TI)
  8. Caso de estudo:
    1. A roupa e os têxteis no Haiti
    2. Sûrtab (Tablet baseada em Android)
  9. Acesso ao mercado haitiano
  10. Plano de negócios para Haiti

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios no Haiti» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior (exportações, importações, investimentos IED) haitiano
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Haiti
  3. Analisar as relações comerciais do Haiti com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio do Haiti
  5. Desenvolver um plano de negócios para o mercado haitiano
A unidade curricular «Negócios no Haiti» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Comércio Mundial
  3. Curso: Negócios nas Caraíbas

Estudante mestrado em comércio exterior e negócios

Curso recomendado para os estudantes de Angola estudar Mestrado Doutoramento em Negócios, Comércio Exterior Angola, Brasil (estudar mestrado, doutorado, Negócios, Comércio Exterior) Brasil, Cabo Verde estudar Doutoramento Mestrado Negócios Cabo Verde, Guiné-Bissau, estudar Mestrado, Doutoramento, Negócios, Comércio Exterior Guiné-Bissau, Estudar Moçambique (Mestrados, negócios, Comércio Exterior) Moçambique, Portugal, estudar, Doutoramento, Mestrado, Negócios, Comércio Exterior Portugal e São Tomé e Príncipe, estudar mestrado negócios São Tomé e Príncipe.

Línguas de estudo: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramentos) em Português + Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Haiti Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Haïti Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Haiti.

Créditos «Comércio exterior e negócios no Haiti»: 1 ECTS

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e negócios no Haiti
Comunidade das Caraíbas (CARICOM) Antígua e Barbuda, as Baamas, Barbados, o Belize, a Dominica, a Guiana, Granada, o Haiti, a Jamaica, Montserrat, São Cristóvão e Neves, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Suriname, Trindade Tobago





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular: comércio exterior e negócios no Haiti.

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio do Haiti

  1. O Haiti e o Espaço Económico Caribenho
  2. CARICOM
    1. Acordo de Livre-Comércio (ALC) Colômbia-Haiti (CARICOM)
    2. Acordo Costa Rica-CARICOM (Haiti)
    3. Acordo de Parceria Económica CARIFORUM-União Europeia
  3. Acordo Comercial Caraíbas (Haiti) - Canadá (CARIBCAN)
  4. Lei de Oportunidade Hemisférica Haitiana através de Promoção da Cooperação (HOPE) - Estados Unidos
  5. Lei de Associação Comercial da Bacia das Caraíbas (CBTPA) dos Estados Unidos
  6. Iniciativa da Bacia das Caraíbas (CBI)
  7. Haiti é beneficiário do Sistema de preferências generalizadas (Tudo menos as armas) da União Europeia
  8. Mercado e economia Únicos das Caraíbas (CSME)
  9. Associação dos Estados das Caraíbas (Haiti)
  10. Sistema Económico Latino-Americano e das Caraíbas (SELA)
  11. Banco de desenvolvimento das Caraíbas
  12. Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA) - país observador

Facilitação do comércio exterior

  1. Organização Mundial do Comércio (OMC)
    1. Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (AGCS)
    2. Acordo de Facilitação do Comércio (AFC)
    3. Acordo de Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF)
    4. Acordo de Inspeção Pré-embarque (PSI)
    5. Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC)
    6. Acordo de Salvaguardas (SG)
  2. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
    1. Convenção de Quioto Revisada (CQR)
  3. Oficina Internacional de Contentores e Transporte Intermodal (BIC)
  4. Organização da Aviação Civil Internacional (Convenção de Chicago, OACI)
  5. Organização Marítima Internacional (IMO)
    1. Convenção Internacional relativa à Seguridade dos contentores (CSC)
    2. Convenção relativa à Admissão Temporária (Convenção de Istambul) - Não membro

Associação dos Estados das Caraíbas (Espaço Económico expandido das Caraíbas)

Organizações empresariais e económicas americanas

  1. Organização dos Estados Americanos (OEA)
  2. Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (CEPAL)
  3. Banco Interamericano de desenvolvimento (BID)

Organizações económicas globais

  1. Commonwealth
  2. Organização Mundial do Comércio (OMC)
  3. Fundo Monetário Internacional (FMI)
  4. Banco Mundial (BM)
  5. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
  6. Nações Unidas...

A República do Haiti.

O Haiti foi a primeira República formada por afro-americanos e a segunda para tornar-se independente

  1. População haitiana: 10 milhões de habitantes (65% menores de trinta anos)
  2. População afro-americana no Haiti: 10,2 milhões de habitantes (95% dos haitianos)
  3. Capital haitiana: Porto Príncipe
  4. Terrível terremoto em 2010
  5. Línguas oficiais do Haiti: o francês e o crioulo (oficial)
  6. Área do Haiti: 27.750 quilómetros quadrados
  7. O Haiti é a segunda ilha maior das Caraíbas
  8. Fronteiras do Haiti: a República Dominicana.
    1. Os países próximos: a Cuba (77 quilómetros), o Porto Rico, a Jamaica, os Estados Unidos
  9. Independência do Haiti: 1825 (da França)
  10. Abolição da escravatura no Haiti: 1804
  11. A população afro-americana no Haiti: 10,2 milhões de habitantes (95% dos haitianos)

As religiões do Haiti:

  1. Catolicismo (oficial) 55%
  2. Protestantismo 28%
  3. Voodoo (oficial) 2,1%

O Haiti pertence à Civilização Cristã - área Caribenha

Haiti Negócios, Curso à distância online

A economia haitiana.

  1. Plano de ação pós-terremoto para a recuperação e o desenvolvimento do Haiti
  2. 80% da população do Haiti vive baixo a linha de pobreza
  3. Recuperação económica desde 2011
  4. O crescimento do PIB haitiano: 3,6%
  5. Os principais setores económicos haitianos: o turismo (1 milhão de turistas / ano), a indústria da roupa (36.000 trabalhadores, 10% do PIB), o agronegócio, a fabricação de mercadorias eletrónicas (tablets Android), as zonas francas, a externalização de processos de negócios (BPO) e as tecnologias de informação (TI)
  6. Apoio do governo às zonas francas e aos parques industriais
  7. Marcas globais no Haiti: Heineken, Unilever, Coca-Cola, Marriot...
  8. Um dos países mais corruptos

O comércio exterior haitiano.

  1. Principal setor exportador haitiano: roupa
  2. Portos principais do Haiti: Porto Príncipe e Cabo haitiano (Cap-Haitien)
  3. Tempo de trânsito de Porto Príncipe para Porto Everglades (Florida, os Estados Unidos): três dias
  4. Principais agro-exportações haitianas: as bananas, o cacau, o café, Mangifera indica (Mango) e o sisal

Haiti Acordos de Livre-Comércio

Organização dos Estados das Caraíbas Orientais (OECO) União Monetária. Tratado Revisado de Basseterre

Exemplos - Negócios no Haiti

Acordo de Livre-Comércio CARIFORUM-União Europeia (Portugal)

Associação dos Estados das Caraíbas (Espaço Económico expandido das Caraíbas)

Sistema Económico Latino-Americano (SELA) Argentina, Brasil, Chile, Uruguai...



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2021)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página