Escola Negócios EENI Business School
Negócios no Canadá, Toronto



Conteúdo programático da unidade curricular - Comércio exterior e negócios no Canadá. A economia canadense

  1. Introdução ao Canadá (América do Norte)
  2. A economia canadense
    1. As vantagens competitivas do Canadá
  3. Caso de estudo. Os setores industriais canadenses:
    1. Aeroespacial
    2. Agroalimentar
    3. Automação
    4. Software
  4. O comércio exterior (exportações, importações) canadense
  5. Fazendo negócios em Ontário - Toronto
  6. Fazendo negócios em Québec
  7. O investimento estrangeiro direto (IED) no Canadá
  8. Caso de estudo:
    1. A Iniciativa da Passagem e o Corredor Ásia-Pacífico
    2. Ayah Bdeir
  9. Acesso ao mercado canadense
  10. Plano de negócios para o Canadá

Curso Mestrado: Comércio Exterior e negócios no Canadá

Os objetivos da unidade curricular «Negócios no Canadá» são:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior (exportações, importações, investimentos IED) canadense
  2. Avaliar as oportunidades de negócios no Canadá
  3. Analisar as relações comerciais do Canadá com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio do Canadá
  5. Desenvolver um plano de negócios para o mercado canadense
  6. Analisar o perfil de empresas canadenses
A unidade curricular «Negócios no Canadá» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Curso: Negócios na América do Norte
  2. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  3. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Comércio Mundial

Estudante Doutoramento, Mestrado, Negócios Internacionais, Comércio Exterior

Faça o download da estrutura curricular da unidade curso EAD «Negócios no Canadá» (PDF)

Línguas de estudo: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramentos) em Português + Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Canada Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Canada Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Canadá.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios no Canadá»: 2 ECTS
  2. Duração estimada: 2 semanas

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e negócios no Canadá:

Curso Mestrado: Comércio Exterior e negócios no Canadá Quebec





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular: Comércio exterior e negócios no Canadá

Canadá: uma das economias mais dinâmicas do mundo.

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio do Canadá

  1. O Canadá e o Espaço Económico norte-americano
  2. Tratado Norte-Americano de Livre-comércio (TLCAN)
  3. Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC)
  4. Acordo Económico e Comercial Global União Europeia-Canadá
  5. Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica de Associação Económica (AAPPT)
  6. Os acordos comerciais com o Chile, Panamá, Canadá, Peru, Índia, Caraíbas...
  7. Conselho de Cooperação Regional (RCC)
  8. Associação dos Estados das Caraíbas (AEC) - país observador
  9. Sistema de Integração Centro-Americana (SICA) - país observador

Facilitação do comércio exterior

  1. Organização Mundial do Comércio (OMC)
    1. Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (AGCS)
    2. Acordo de Facilitação do Comércio (AFC)
    3. Acordo de Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF)
    4. Acordo de Inspeção Pré-embarque (PSI)
    5. Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC)
    6. Acordo de Salvaguardas (SG)
  2. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
    1. Convenção de Quioto Revisada (CQR)
  3. Oficina Internacional de Contentores e Transporte Intermodal (BIC)
  4. Organização da Aviação Civil Internacional (Convenção de Chicago, OACI)
  5. Organização Marítima Internacional (IMO)
    1. Convenção Internacional relativa à Seguridade dos contentores (CSC)
    2. Convenção relativa à Admissão Temporária (Convenção de Istambul) - Não membro
  6. Convenção Aduaneira relativa aos Contentores (CCC, NU)
  7. União Internacional dos Transportes Rodoviários (IRU)
    1. Acondicionamento da Carga nos Transportes Rodoviários
    2. Convenção TIR
  8. Câmara Internacional de Navegação (ICS)

Tratado Norte-Americano de Livre-comércio NAFTA Estados Unidos, México, Canadá

Organizações empresariais e económicas americanas

  1. Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  2. Comissão Económica para a América Latina (CEPAL)
  3. Organização dos Estados Americanos (OEA)

Organizações económicas globais

  1. Nações Unidas (NU)
    1. Conferência sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD)
    2. Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI)
    3. Centro de Comércio Internacional (INTRACEN)
    4. Comissão para o Direito Comercial Internacional (CNUDCI)
  2. Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PEEC)
  3. Banco Mundial (BM)
  4. Organização Mundial do Comércio (OMC)
  5. Fundo Monetário Internacional (FMI)
  6. Comissão Económica para a Europa (UNECE)
  7. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD)
  8. Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD)
  9. Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE)
    1. Medidas anticorrupção da OCDE

Canadá

  1. A população canadense é de 35,7 milhões de habitantes
  2. A área é de 9.984.670 quilómetros quadrados (é o segundo maior país do mundo, o primeiro é a Rússia)
  3. O Canadá compartilha a sua fronteira com os Estados Unidos
  4. A capital do Canadá é Ottawa
  5. A cidade dos negócios é Toronto
  6. O Canadá tem dois línguas oficiais: o inglês e ao francês (Quebec e Montreal)
  7. O Canadá obteve a sua independência do Reino Unido em 1867. Desde então a Rainha da Inglaterra é a Chefa do Estado
  8. A abolição da escravatura no Canadá: 1834
  9. A população afro-americana: 0,8 milhões de habitantes (2,7% dos canadenses)

A religião do Canadá: cristianismo (24 milhões: Catolicismo (14) e Protestantes (Metodistas)

  1. O Canadá pertence à Civilização Cristã-Ocidental (Espaço Económico norte-americano)

A economia canadense.

Trimestre após trimestre, ano após ano, o excelente histórico do Canadá distância o país dos seus competidores. O orçamento canadense prevê o décimo primeiro superavit seguido do Canadá, a mais longa sequência de superavits desde que o país foi formado em 1867, e a única nos países do G7, e essa situação positiva deve continuar. Com essa combinação vencedora de fatores, o crescimento sólido constitui a característica marcante da economia dinâmica e diversificada do Canadá.

Muitos centros de produção do Canadá estão efetivamente mais próximos dos mercados-alvo dos Estados Unidos do que muitos dos centros de produção dos Estados Unidos. Das vinte maiores cidades do Canadá, dezassete estão a apenas uma hora e meia de carro dos Estados Unidos, e muitas estão até bem mais próximas. Várias dessas cidades, como Vancouver, Windsor, e Montreal, estão a poucos minutos de distância.

Os centros de produção em Quebec e no coração industrial do sudoeste de Ontário (Toronto) muitas vezes estão mais próximos dos gigantescos mercados americanos em torno da Nova Iorque, Boston e Chicago do que os centros de produção dos Estados Unidos muito conhecidos, como Atlanta, a Geórgia e Raleigh, na Carolina do norte.

A Iniciativa da Passagem e o Corredor Ásia-Pacífico é uma Associação precursora dos recursos públicos e privados para tirar proveito da localização estratégica do Canadá entre o mercado norte-americano e as prósperas economias da Ásia.

Essa iniciativa deve-se ao grande volume da carga transportada e que deverá aumentar constantemente o comércio exterior com os países da Ásia-Pacífico e com a China em particular. O significativo volume dos recursos investidos na passagem e no corredor aumenta a competitividade do Canadá. Especificamente, as melhorias nos portos da Colúmbia Britânica e na correspondente infraestrutura do transporte ferroviário reduziram os custos do transporte e contribuíram para acelerar a distribuição de mercadorias para os centros no interior e para os centros multimodais.

Os investimentos do setor privado no corredor constituíram um importante componente do seu sucesso. Há investidores participando de projetos que incluem desde a construção de pontes à infraestrutura de terminais nos portos ocidentais do Canadá. Esses investimentos complementam a contribuição do governo federal de mais de C$860 milhões em projetos de infraestrutura que totalizam C$2,3 bilhões, nas quatro províncias ocidentais.

Acordos de Livre-Comércio (ALC) do Canadá

Após o sucesso do Acordo de Livre-Comércio Canadá-Estados Unidos de 1988, os dois signatários originais ampliaram o acordo para incluir o México em 1994 - criando a maior Área de livre-comércio do mundo. Os produtos que o Canadá comercializa com os Estados Unidos e o México estão sujeitos aos termos do Tratado Norte-Americano de Livre-comércio, sendo que a maioria das tarifas foi eliminada em 2004.

O Tratado Norte-Americano de Livre-comércio revelou o verdadeiro potencial do comércio exterior entre o Canadá, os Estados Unidos e o México, inaugurando uma nova fase de integração económica. O Canadá e os Estados Unidos continuam sendo os maiores parceiros comerciais. O México é atualmente o quarto maior mercado de exportação do Canadá, enquanto o Canadá é o segundo do México.

Conselho de Cooperação Económica do Pacífico (PECC) Índice de integração económica na região da Ásia-Pacífico

América.



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2021)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página