Escola Negócios EENI Business School
Curso EaD: Negócios nos países andinos

Curso «Comércio Exterior e Negócios nos países andinos» (Online, 20 ECTS)

O objetivo principal do Curso de Aperfeiçoamento «Comércio Exterior e Negócios nos países andinos» ministrado pela EENI Global Business School (Escola de Negócios), é oferecer uma visão global sobre a economia dos mercados andinos e as oportunidades de negócio para desenvolver um plano de negócios para os mercados andinos (Bolívia, Colômbia, Equador, Peru).

Curso Mestrado: Comércio Exterior e negócios nos países andinos (Bolívia, Colômbia, Equador, Peru)

Os objetivos específicos do curso são:

  1. Aprender a fazer negócios na Colômbia, no Peru, no Equador, na Venezuela e na Bolívia
  2. Conhecer as oportunidades de negócio nos países da região
  3. Saber como negociar nos mercados andinos
  4. Analisar o comércio exterior (exportações, importações) e o investimento (IED)
  5. Compreender a importância da Comunidade Andina
  6. Conhecer os Acordos de Livre-Comércio (ALC) que afetam à região andina
  7. Desenhar um plano de negócios para os mercados andinos
  8. Analisar o perfil de empresas e empresários dos países andinos

Público-alvo: todas aquelas pessoas que desejem especializar-se em todos os aspectos relacionados com os negócios nos mercados andinos.

Educação continuada à distância online (comércio exterior, negócios internacionais)

Informação EENI Se inscrever / Solicitação de informação

  1. Créditos: 20 ECTS
  2. Preço: 480 Euros
  3. Inscrição em linha continuo
  4. Duração: cinco
    meses É aconselhável que o estudante dedique doze horas semanais a critério do seu tempo e da sua eterminação).
  5. Faça o download da estrutura curricular do curso (PDF)

Língua

  1. Curso bilíngue em Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramentos) em Português + Mestrado negócios comércio exterior EAD em Espanhol Países andinos
  2. Também disponível em O estudante tem acesso livre aos materiais nestas línguas; pode realizar os seus exercícios, comunicar-se com os professores, etc. em português. O estudante pode estudar qualquer unidade em qualquer uma dessas quatro línguas. O estudante deve ter um nível suficiente para estudar as matérias nesses idiomas
    Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Andean countries Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Pays andins

O curso tem os seus exercícios de modo evolutivo, assim ao terminar os exercícios e a ser aprovados o estudante recebe o Certificado de conclusão do Curso de Aperfeiçoamento: «Comércio Exterior e Negócios nos países Andinos» emitido pela EENI Global Business School (Escola de Negócios) da Espanha (União Europeia).

Estudantes (mestrado, negócios internacionais, Comércio Exterior)

O estudante que já realizou o curso poderá validá-los e se inscrever nos programas de ensino superior da EENI.

O curso é estudado nos seguintes programas de ensino superior ministrados pela EENI:

  1. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Comércio Mundial
  2. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior

Exemplo - Comércio Exterior e Negócios nos países andinos
Comunidade Andina, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru. Tarifa Integrada Andina





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / contatar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

1- Os países andinos e o Espaço Económico Latino-americano da Civilização Cristã-Ocidental.

2- Comunidade Andina

3- Negócios na Bolívia

4- Negócios na Colômbia

  1. Luís Carlos Sarmiento Angulo

5- Negócios no Equador

6- Negócios no Peru

7- Negócios na Venezuela (Em 2006 Venezuela retirou-se da Comunidade Andina).

8- O caso da Guiana e do Suriname

9- Acordos de Livre-Comércio da Comunidade Andina

  1. MERCOSUL (Associado)
  2. Comunidade Andina-MERCOSUL
  3. Comunidade Andina-México
  4. Comunidade Andina-Chile
  5. Comunidade Andina-Panamá
  6. Comunidade Andina-Índia
  7. Comunidade Andina-China
  8. União Europeia-Países andinos. Colômbia Peru
  9. Comunidade Andina-Rússia

10- Acordos de Livre-Comércio (ALC) na região Andina

Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Colômbia.

  1. Colômbia-Estados Unidos
  2. Colômbia-México
  3. Colômbia-Triângulo do Norte
  4. Colômbia-Chile
  5. Colômbia-Canadá
  6. Colômbia-CARICOM
  7. Colômbia-Associação Europeia de Livre-Comércio (AELC)

Acordos de Livre-Comércio (ALC) do Equador

Acordos de Livre-Comércio (ALC) do Peru

  1. China-Peru
  2. Peru-Singapura
  3. Chile-Peru
  4. Estados Unidos-Peru
  5. Peru-Canadá
  6. Peru-Coreia do Sul
  7. Peru-MERCOSUL

11- Instituições económicas regionais.

  1. Associação Latino-Americana de Integração (ALADI)
  2. Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC)
  3. Aliança do Pacífico
  4. Associação dos Estados das Caraíbas (AEC)
  5. Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  6. União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  7. Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA)
  8. Sistema de preferências generalizadas (SPG) da União Europeia

12 - Plano de negócios para os mercados andinos.

O curso inclui a ferramenta de acesso ao mercado:
Acesso ao mercado (exportações, importações)

Outras instituições económicas regionais relacionadas aos países andinos

  1. MERCOSUL
  2. Fórum de Cooperação América Latina-Ásia do Leste (FOCALAL)
  3. Cúpula América do Sul-África
  4. América do Sul-Países Árabes
  5. Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  6. Comissão Económica para a América Latina (CEPAL)
  7. Organização dos Estados Americanos (OEA)

Treinamento recomendado para os estudantes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe

  1. Área de conhecimento: América - Cursos Fazendo negócios...
  2. A religião nos mercados Andinos: Catolicismo (Cristianismo).

Curso Mestrado: Corredores integração bolivianos

Camposol Peru

DOLE Equador bananas

Bogotá Colômbia Negócios, Curso Mestrado Doutoramento

Mestrado Curso: Comunidade Andina

Peru Brasil Bolivia



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2021)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página