Escola Negócios EENI Business School
Negócios no Suriname, Paramaribo



Conteúdo programático da unidade curricular: Comércio exterior e negócios no Suriname - Paramaribo. A economia surinamense

  1. Introdução ao Suriname
  2. Negócios em Paramaribo
  3. Economia surinamense
  4. Comércio exterior surinamês
  5. Oportunidades de negócio no Suriname
  6. Acesso ao mercado surinamês
  7. Plano de negócios para o Suriname

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio do Suriname:

  1. Suriname e o Espaço Económico Caribenho
  2. Associação dos Estados das Caraíbas (AEC)
  3. Comunidade das Caraíbas (CARICOM)
    1. Acordo de Parceria Económica CARIFORUM-União Europeia
    2. Acordo Colômbia-CARICOM (Suriname)
    3. Acordo de livre-comércio CARICOM-República Dominicana
    4. Acordo Costa Rica-Comunidade das Caraíbas (Suriname)
  4. Sistema Económico Latino-Americano e das Caraíbas (SELA)
  5. União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  6. Sistema de Comércio Preferencial entre os Estados-membros da Organização para a Cooperação Islâmica (TPS-OCI)
  7. Suriname é um estado associado ao MERCOSUL (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai)

Os objetivos da unidade curricular «Fazendo negócios no Suriname» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior (exportações, importações, investimentos IED) surinamês
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Suriname
  3. Analisar as relações comerciais do Suriname com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio do Suriname
  5. Desenvolver um Plano de negócios para o mercado surinamês
A unidade curricular «Comércio exterior e negócios no Suriname» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Países Muçulmanos, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Negócios Islâmicos,, Comércio Mundial
  3. Cursos negócios na América Central, Países Andinos, Brasil, América do Sul, Caraíbas

Línguas de estudo: Ensino superior à distância online em Português + Mestrados e doutoramentos Negócios em inglês Suriname Mestrado Comércio Exterior em francês Suriname Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Surinam.

Estudante mestrado em comércio exterior EAD

Curso recomendado para os estudantes de Angola estudar Mestrado Doutoramento em Negócios Angola, Brasil (estudar mestrado doutorado negócios) Brasil, Cabo Verde estudar Doutoramento Mestrado Negócios Cabo Verde, Guiné-Bissau estudar Mestrado Doutoramento Negócios Guiné-Bissau, Moçambique (Mestrado negócios) Moçambique, Portugal estudar Doutoramento Mestrado Negócios Portugal e São Tomé e Príncipe, estudar mestrado negócios São Tomé e Príncipe

Exemplo da unidade curricular - Fazendo negócios no Suriname:
Mestrado: Comunidade das Caraíbas CARICOM





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular - Negócios no Suriname:

O Suriname.

  1. Capital surinamense: Paramaribo
  2. Fronteiras do Suriname: Brasil, Guiana e Guiana Francesa.
  3. Área do Suriname: 163.820 quilómetros quadrados
    1. Tensões territoriais com Guiana e a Guiana Francesa
  4. População do Suriname: 550.000 pessoas
    1. Densidade da população surinamense: 3 habitantes / quilómetros quadrados
    2. 27% da população são Hindustanis (originalmente da Índia)
    3. 21% da população são marrom de origem Africano (diáspora africana)
  5. A língua oficial do Suriname é o neerlandês
    1. O idioma sranan tongo o utiliza o 40% da população
    2. O inglês, o francês, o espanhol e o português são bastante utilizados
  6. Abolição da escravatura no Suriname: 1863
  7. Principais rios: Suriname, Courantyne, Coppename, Marowijne, Nickerie
  8. Clima do Suriname: equatorial-tropical
  9. 1498: descobrimento pelos espanhóis
  10. A partir do Século XVI: colonização britânica e holandesa
  11. Antigamente: Guiana Neerlandesa
  12. Tipo de Governo: República presidencialista
  13. Suriname torna-se independente dos Países Baixos em 1975
  14. Suriname faz parte do Reino dos Países Baixos.

Principais religiões no Suriname:

  1. Cristianismo: 48 % da população surinamense
  2. Hinduísmo: 23% da população surinamense
  3. Islão: 14% da população surinamense

Suriname pertence ao:

  1. Espaço Económico Caribenho da Civilização Ocidental
  2. Espaço económico da Civilização Hindu
  3. Espaço económico da civilização islâmica

Curso Mestrado: Integração económica CARICOM

A economia surinamense.

  1. PIB surinamês: 9.067 milhões de dólares
  2. PIB per capita do Suriname: 13.362 dólares
  3. 25% da população do Suriname trabalha no setor agrícola
  4. Principais produtos agrícolas: arroz, banana, madeira, miolo de palmeira, coco, amendoim, citros e produtos florestais
  5. Recursos naturais: bauxita, ouro, petróleo, minério de ferro, outros minerais, madeira, peixe e camarão
  6. A principal atividade económica no Suriname é a indústria do alumínio (15% do PIB, 66% das exportações)
  7. Reservas significativas de ouro e bauxita
  8. A indústria da bauxita responde por 15% do PIB e 70% das receitas de exportação
  9. Potencial hidrelétrico importante
  10. Moeda surinamense: o Dólar surinamês (SRD)
  11. Código da Internet do Suriname: .sr

Curso Mestrado: Banco de Desenvolvimento das Caraíbas

Comércio exterior surinamês

  1. As principais exportações do Suriname são: alumínio, bauxita, arroz, banana, camarão, ouro, petróleo bruto, madeira, peixe
  2. Principais destinos das exportações do Suriname: Estados Unidos, Bélgica, Emirados Árabes Unidos, Canadá, Guiana, França e Barbados
  3. As principais importações do Suriname são: bens de capital, petróleo, alimentos, algodão, bens de consumo.
  4. Principais fornecedores do Suriname: Estados Unidos, Países Baixos, China, Emirados Árabes Unidos, Antígua e Barbuda, Antilhas Neerlandesas e Japão
  5. Principais parceiros comerciais: os Países Baixos, os Estados Unidos, Canadá, Trindade e Tobago e as Ilhas das antigas Antilhas Neerlandesas
  6. Acordo com Venezuela para a importação de petróleo (Petrocaribe)

Associação dos Estados das Caraíbas (Mestrado)

Transporte e Logística internacional no Suriname:

  1. Principal Porto marítimo: Paramaribo
  2. Outros Portos: Albina, Moengo, Nieuw-Nickerie
  3. 4.304 quilómetros de rodovias (1.130 pavimentadas)
    1. Condução à esquerda
  4. 166 quilómetros de linhas ferroviárias
  5. Zorg em Hoop Airport (Paramaribo)

Curso: Acordo de Livre-Comércio CARIFORUM-União Europeia

Cúpula Brasil-CARICOM

Suriname é membro de...

  1. Estados Latino-americanos e Caribenhos (CELAC)
    1. Cimeira UE-CELAC
  2. Organização dos Estados Americanos (OEA)
  3. Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (CEPAL)
  4. Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  5. Banco Islâmico de Desenvolvimento
  6. Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
    1. Centro de Investigação Económica - Social e de educação para os Países Islâmicos (SESRIC)
    2. Centro Islâmico para o Desenvolvimento do Comércio Exterior
    3. Câmara de Comércio e Indústria Islâmica (ICCI)
    4. Comité para a Cooperação Económica e Comercial da OCI (COMCEC)
    5. Declaração do Cairo sobre Direitos Humanos no Islão
  7. Organização Marítima Internacional (IMO)
  8. Cúpula América do Sul-África (ASA)
  9. Cúpula América do Sul-Países Árabes (ASPA)
  10. Banco Mundial (BM)
  11. Fundo Monetário Internacional (FMI)
  12. Organização Mundial do comércio (OMC)
  13. Commonwealth
  14. Nações Unidas...

MERCOSUL Mercado Comum do Sul

Curso Mestrado: Sistema Económico Latino-Americano SELA

Curso Mestrado: União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página