Mestrado em Negócios nos Mercados Emergentes e Fronteiriços

EENI- Unviersidade e Escola de Negócios

Início EENI

Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços (à distância, 60 / 120 ECTS, bilíngue Ensino superior em Português)

O Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços (à distância) é projetado para oferecer uma visão global e prática sobre os principais países emergentes e os mercados fronteiriços (MF) do mundo.

No Mestrado analisam-se trinta e dos países emergentes e mercados fronteiriços (ou pre-emergentes, ou pioneiros):

  1. A África (11 países): a Costa de Marfim, o Gana, a Nigéria, a Etiópia, o Quénia, o Uganda, a Tanzânia, Angola, a Zâmbia, o Marrocos e a Argélia. Todos eles considerados mercados fronteiriços. Sendo a Nigéria o primeiro mercado fronteiriço mundial (42 ECTS)
  2. O Médio Oriente (2 países). O Kuwait e os Emirados Árabes Unidos (MF) (7 ECTS)
  3. A América (5 países). A Argentina (MF), o Chile, a Colômbia, o Equador e o Peru (23 ECTS)
  4. A Ásia (12 países). O Irão, o Cazaquistão (MF), o Paquistão (MF), as Filipinas, a Indonésia, a Malásia, Singapura, a Tailândia e o Vietname (MF) (35 ECTS)
  5. A Europa (2 países). A Sérvia e a Turquia (5 ECTS)

Para finalizar o Mestrado o estudante deve realizar uma Tese do Mestrado relacionada com os mercados fronteiriços e/ou os países emergentes.

Módulos do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços.

Mestrado Mercados emergentes

O Mestrado é ministrado pela EENI (Escola de Negócios) e pela Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais

Estudante (Universidade Hispano-Africana)

Itinerários e preços do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços

O mestrado à distância permite ao estudante selecionar três percursos formativos com o fim de adaptar o Mestrado Profissional às necessidades profissionais do estudante.

Itinerários do Mestrado

  1. Nossa política de preços
  2. Possibilidade de financiamento

Procedimento de inscrição continuo:

Procedimento de inscrição

Informação EENI Solicitação de informação do Mestrado

O Mestrado profissional em negócios nos Países Fronteiriços e Emergentes à distância lhe permite adaptar-se ao seu horário e melhorar a sua carreira profissional.

O Mestrado é bilíngue Ensino superior em Português + Educação superior em Inglês Master in Business in Emerging Markets (também parcialmente disponível em Cursos à distância EaD em Francês Master en affaires dans les marchés émergents ou em Educação superior em Espanhol Master en Negocios en los mercados emergentes). O estudante tem livre aceso aos materiais nestas línguas.

Vantagens do ensino EENI / Universidade HA

O Mestrado centra-se em analisar para cada um destes países...

Alguns dos principais países emergentes:

Mercados emergentes

Público-alvo: todas aquelas pessoas com experiência em comércio internacional que desejem especializar-se e/ou reciclar-se em todas as questões relacionadas com os negócios nos países emergentes e nos mercados fronteiriços. Recomendável conhecimento do comércio exterior e do marketing internacional.

Mais informação sobre os mercados emergentes, fronteiriços e BRICS

Nota: os países BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul) bem como a Nigéria, o México e a Arábia não são analisados neste Mestrado senão no Mestrado Profissional em Negócios nos Países BRICS.

Faça o download do conteúdo programático do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços (PDF)

Módulos e unidades curriculares do Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços:

NOTA: entre colchetes indicam-se os créditos ECTS

Isabel dos Santos (mulher mais rica da África)

Módulo 1- Introdução aos mercados fronteiriços e aos países emergentes

  1. Os países emergentes e os mercados fronteiriços

Módulo 2- Mercados fronteiriços e emergentes africanos

  1. Mercados fronteiriços africanos [0,3]
    1. África: o próximo continente emergente
  2. África-Países BRICS [0,3]

África Ocidental

  1. O Espaço Económico da África Ocidental [2]
  2. Costa do Marfim [2]
  3. Gana [2]
  4. Nigéria [3]
  5. A União Econômica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA) [1]
  6. A Área Monetária da África do Oeste (ZMAO)
  7. A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) [1]
  8. A Autoridade da Bacia do Níger [0,1]
  9. A logística na África Ocidental [1,5]
  10. Faça o download do programa do módulo: «África Ocidental» (PDF)

África Oriental

  1. O Espaço Económico da África Oriental [2]
  2. Etiópia [3]
  3. Quénia [3]
  4. Tanzânia [2]
  5. Uganda [2]
  6. O Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA) [2]
  7. A Comunidade da África Oriental (EAC) [0,5]
  8. A Autoridade Intergovernamental para o desenvolvimento (IGAD) [0,1]
  9. O Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC [0,1]
  10. A Iniciativa da Bacia do Nilo
  11. A Associação da Bacia do Oceano Índico (IORA) [0,5]
  12. A logística na África Oriental
  13. Faça o download do programa do módulo: «África Oriental» (PDF)

África Central

  1. O Espaço Económico da África Central [1]
  2. Angola [3]
  3. A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) [0,5]
  4. A logística na África Central
  5. Faça o download do programa do módulo: «Negócios na África Central» (PDF)

África Austral

  1. O Espaço Económico da África Austral [1]
  2. Zâmbia [1]
  3. A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) [1,1]
  4. A logística na África Austral
  5. Faça o download do programa do módulo: «Negócios na África Austral»

Magrebe

  1. O Espaço Económico Magrebino [1]
  2. Marrocos [2]
  3. Argélia [1]
  4. A União do Magrebe Árabe (UMA) [0,7]
  5. A logística no Magrebe
  6. Faça o download do programa do modulo: «Magrebe» (PDF)

Módulo 3- Mercados fronteiriços e emergentes no Médio Oriente

  1. O Espaço Económico árabe [1]
  2. Kuwait [1]
  3. Emirados Árabes Unidos [2]
  4. O Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) [1,2]
  5. A Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
    1. O Sistema de Comércio Preferencial da OCI (TPS-OCI)
  6. Faça o download do programa Médio Oriente (PDF)

Módulo 4- Mercados emergentes e fronteiriços da América Latina.

  1. Espaço Económico Latino-americano [4]
  2. Argentina [2]
  3. Chile [2]
  4. Colômbia [2]
  5. Equador [1]
  6. Peru [3]
  7. O MERCOSUL [2]
  8. A Comunidade Andina [3]
  9. A Aliança do Pacífico [0,1]
  10. A Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC) [2]
  11. A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI) [1]
  12. O Sistema Económico Latino-Americano (SELA) [0,3]
  13. A União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) [0,5]
  14. A Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA) [0,3]
  15. O Acordo Estratégico Transpacífico (TPP)

Módulo 5- Mercados emergentes e fronteiriços asiáticos.

Espaço Económico da Eurásia Central [2]

  1. Irão [2]
  2. Cazaquistão [1]
  3. Paquistão [2]
  4. A Organização para a Cooperação Económica (ECO) [0,1]
  5. A União de Compensação Asiática (ACU) [0,1]
  6. A Organização para a Cooperação de Xangai (SCO) [0,1]
  7. A Comunidade dos Estados Independentes (CEI) [0,4]
  8. A Comunidade Económica Euro-Asiática (EurAsEc) [0,5]
  9. A União Económica Euroasiática [0,2]
  10. A Associação para a Cooperação Regional da Ásia do Sul (SAARC) [0,1]
  11. O Programa de Cooperação Económica Regional da Ásia Central (CAREC)

Sudeste Asiático

  1. Filipinas [2]
  2. Indonésia [3]
  3. Malásia [2]
  4. Singapura [3]
  5. Tailândia [2]
  6. Vietname [2]
  7. A Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) [3]
  8. O Espaços económicos budista [2] e malaio

Outros países emergentes asiáticos

  1. Bangladesh [2]
  2. Coreia do Sul [2]
    1. África-Coreia [0,1]
  3. Taiwan [2]
  4. A Iniciativa da Baía de Bengala (BIMSTEC) [0,1]
  5. O Acordo Comercial Ásia-Pacífico (APTA)
  6. A Cooperação Económica Sub-regional da Ásia do Sul (SASEC) [0,1]

Módulo 6 - Mercados emergentes europeus.

  1. Sérvia [1]
  2. Turquia [3]
  3. O Conselho de Cooperação dos Estados de Língua Túrquica [0,1]
  4. África-Turquia [0,1]
  5. A Organização Regional para a Democracia e o Desenvolvimento Económico (GUAM) [0,2]
  6. O Acordo Centro Europeu de Livre Comércio (CEFTA) [0,5]
  7. A Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro (BSEC) [0,1]

Vídeo Mestrado em Negócios nos Mercados Emergentes Vídeo do Mestrado em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços (En).

Visão Ahimsa da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais «Educação para Todos»

Educação superior para todos a preços acessíveis

Os estudantes graduados no Mestrado Profissional em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais, poderão aceder ao...

  1. Doutoramento especialização na América
  2. Doutoramento especialização na Ásia
  3. Doutoramento especialização na África

Sendo convalidadas as unidades curriculares que já tenham-se superadas neste mestrado.

Os estudantes podem realizar os seus exercícios, comunicar-se com os professores, etc. em português.

Dedicação média doze horas / semana. É possível reduzir o tempo dedicando mais horas semanais

Modalidade. O Mestrado em Negócios nos Países Emergentes e nos Mercados Fronteiriços apresenta-se em formato de educação à distância (EaD). Aplicação do método do caso.

O sistema de estudos é totalmente à distância, o que permite que você matricule-se quando quiser e estude a partir de qualquer lugar do mundo. As matrículas são feitas continuamente, sem depender da abertura de novas turmas.

O Mestrado em Negócios nos Mercados Emergentes (educação à distância EaD) é considerado um curso de especialização (pós-graduação) porque é voltado para a prática profissional. O Mestrado é procurado por profissionais que já estão no mercado e que querem melhorar os seus conhecimentos nas áreas dos negócios internacionais, para formar-se como executivos.

O Mestrado tem características próprias e uma focagem muito mais prática e aplicada, ao contrário da maioria dos mestrados, que são essencialmente teóricos.

Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais
Visão U-EENI: Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais

Espanha: somos História, Cultura, Espanhol, Tecnologia, Negócios, Democracia, Ensino

EENI (Escola de Negócios): estudantes em 100 países.
EENI estudantes

Professores da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
Professores da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negocios Internacionais

Adaptação dos conteúdos do Mestrado. Conteúdos adaptados a todos os países da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. A adaptação à cada país baseia-se na inclusão no Mestrado dos acordos de comércio livre que os países da CPLP têm com os países emergentes.

O mestrado incluiu a ferramenta de acesso aos mercados:

Acesso ao mercado

(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)