Escola de Negócios EENI Business School

Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC): o Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA)

  1. Introdução ao Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (ACELC / CEFTA)
  2. A estrutura do Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio
  3. Análise do portal de comércio exterior da CEFTA
  4. O perfil económico dos países do Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio: a Albânia, a Bósnia e Herzegovina, a Macedónia, a Moldávia, o Montenegro, a Sérvia e o Kosovo

Os objetivos da unidade curricular «O Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA)» são:

  1. Compreender os objetivos do Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA)
  2. Avaliar os benefícios para os países-membros do Acordo Centro-Europeu de livre-comércio (CEFTA)
  3. Conhecer os acordos de livre-comércio relacionados com os países do Acordo Centro-Europeu de livre-comércio

Exemplo - O Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio:
Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA): Albânia, Bósnia, Macedónia, Moldávia, Montenegro, Sérvia, Kosovo

A UC «Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA)» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Europeus, Comércio Mundial
  2. Mestrados: Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Ásia, Europa
  3. Cursos: Negócios nos países CEFTA, Ortodoxia e Negócios

Línguas: Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Acuerdo Centroeuropeo de Libre Comercio ACELC Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Central European Free Trade Agreement CEFTA Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Accord de libre-échange centre-européen ALECE.

Estudante Mestrado e Doutoramento Online em negócios internacionais

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Negócios nos países do ACELC

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Comércio Exterior

Comércio exterior União Europeia (Portugal)-Balcãs Ocidentais (Sérvia, Albânia...)

Descrição - O Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA).

Em Dezembro de 2006, a Albânia, a Bósnia e Herzegovina, a Macedónia, a Moldávia, o Montenegro, a Sérvia (Europa) e a Missão das Nações Unidas no Kosovo (Resolução 1244 das Nações Unidas), assinaram um acordo para modificar e alongar o Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA 2006).

Nota: a Croácia é membro da União Europeia (2013), e portanto já não é membro do Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA).

Os principais objetivos do Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio são

  1. Incrementar o comércio exterior de mercadorias e serviços e fomentar o investimento estrangeiro direto (IED) por médio de regras justas, estáveis e previsíveis,
  2. Eliminar as barreiras ao comércio exterior entre os países do acordo Centro-Europeu de Livre-comércio
  3. Fornecer a proteção adequada dos direitos de propriedade intelectual segundo as normas internacionais
  4. Harmonizar as disposições relativas a questões da Política comercial moderna, tais como as normas de concorrência e as ajudas estatais

O Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio oferece um enquadramento excelente para as partes para preparar a adesão à União Europeia.

O Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA) é um acordo entre a Civilização Cristã Europeia e a Civilização Ortodoxa.

Os países do Acordo Centro-Europeu de Livre-comércio (CEFTA) não pertencem estritamente à civilização Cristã-Ocidental tal e como a definimos. Tanto o cristianismo (Ortodoxo, Catolicismo) e o Islão estão presentes. No entanto, todos eles são possíveis candidatos à UE.

Corredores de transporte:

  1. Corredor de Transporte Europa-Cáucaso-Ásia (TRACECA)
  2. Corredor Pan-europeu IX

Corredor de Transporte Europa-Cáucaso-Ásia TRACECA Azerbaijão, Arménia, Geórgia, Irão, Cazaquistão, Quirguistão, Moldávia, Roménia, Tajiquistão, Turquia, Ucrânia e o Uzbequistão


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página