Escola de Negócios EENI Business School

Comércio e Negócios na Zâmbia, Lusaca



Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC): Comércio exterior e negócios na Zâmbia. Lusaca.

  1. Introdução à República da Zâmbia (África Austral)
  2. A economia da Zâmbia;
  3. O comércio exterior zambiano
    1. As aduanas da Zâmbia;
    2. Os acordos comerciais da Zâmbia.
  4. As oportunidades de negócios e investimentos na Zâmbia
    1. As infraestruturas;
    2. A energia;
    3. A agricultura;
    4. O turismo.
  5. Caso de estudo:
    1. Monica Katebe Musonda;
    2. O setor de mineração;
    3. A empresa Zambeef;
    4. A Área Económica Multi-Facility (MFEZ).
  6. Acesso ao mercado zambiano;
  7. Plano de negócios para a Zâmbia.

Os objetivos da UC «Comércio exterior e negócios na Zâmbia» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior (exportações, importações, investimentos IED) zambiano;
  2. Avaliar as oportunidades de negócio na Zâmbia;
  3. Analisar as relações comerciais da Zâmbia com o país do estudante;
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio da Zâmbia;
  5. Analisar o perfil de empresas zambianas;
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado zambiano.

Exemplo:
Comércio exterior e negócios na Zâmbia:
Monica Katebe Musonda (Empresária, Zâmbia) empresa de alimentação Java Foods

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Negócios na África Austral

Estudante mestrado em comércio exterior e negócios internacionais

A UC «Comércio Exterior e Negócios na Zâmbia» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Africanos, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Curso: Negócios na África Austral.

Mestrados (MIB): Negócios em África, Negócios Internacionais, Comércio Exterior.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Zambia Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Zambie Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Zambia.

  1. Créditos da UC «Comércio exterior e negócios na Zâmbia»: 1 ECTS;
  2. Duração: 1 semana.

Estudar Moçambique (Mestrados, Doutoramento, negócios internacionais, Comércio Exterior) Mestrados e Doutoramento em Negócios Internacionais adaptados para os estudantes de Moçambique.

Angola estudar Mestrado Doutoramento em Negócios Internacionais, Comércio Exterior Mestrados e Doutoramento em Negócios Internacionais da EENI adaptados para os estudantes de Angola.

Confiamos em áfrica. Ensino superior a preços acessíveis para os africanos. Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé

Comércio exterior e negócios na Zâmbia.

A Zâmbia: o maior exportador de cobre e cobalto de África. Um Mercado fronteiriço africano.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Transporte e logística em África

Transporte e logística na Zâmbia.

  1. Portos mais próximos:
    1. Porto de Lobito (Angola) - Caminho de Ferro de Benguela;
    2. Porto de Luanda (Angola) - Corredor do Cobre;
    3. Porto de Dar es Salaam - Consolidação de carga na Tanzânia. Caminho de Ferro Tanzânia - Zâmbia;
    4. Porto de Walvis Bay (Namíbia), via o Corredor Trans-Caprivi;
    5. Porto de Durban (África do Sul). Distância pela rodovia a Lusaca: 2.165 quilómetros;
    6. Porto de Maputo (Moçambique) - Porto interior de Chipata.
  2. Os corredores transafricanos relacionados com a Zâmbia:
    1. Corredor de Lobito;
    2. Corredor Beira-Lobito (606 quilómetros);
    3. Corredor Cairo-Zâmbia-Gaborone;
    4. Corredor Norte-Sul;
    5. Corredor Central.
  3. Corredor de Crescimento Ásia-África.

Exemplo:
Porto de Luanda (Angola, Curso Transporte Marítimo) A porta de entrada a Burúndi, República Democrática do Congo, Etiópia, Ruanda, Sudão, Sudão do Sul, Somália, Tanzânia

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Integração regional africana

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Acesso preferencial / Acordos comerciais

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio da Zâmbia:

  1. A Zâmbia e o Espaço Económico da África Austral;
  2. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
    1. Acordo COMESA-Estados Unidos.
  3. Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC);
  4. Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC;
  5. Área de livre-comércio Continental Africana (CFTA);
  6. Conferência Internacional sobre a região dos Grandes Lagos (ICGLR);
  7. União Aduaneira da África Austral (SACU)
    1. Acordo Índia-União Aduaneira da África Austral (SACU);
    2. União Aduaneira da África Austral e Moçambique (SACUM);
    3. Acordo de Livre Comércio Reino Unido-SACU e Moçambique.
  8. Lei de Crescimento e Oportunidades para a África (AGOA);
  9. Zâmbia-União Europeia
    1. Parceria estratégica União Europeia-África (Cotonu);
    2. Sistema de preferências generalizadas (EU);
    3. Acordo de Livre-Comércio União Europeia-SADC.
  10. Os acordos comerciais com a China, o Canadá, a Índia e o Japão.

Exemplo:
Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA) Burúndi, Comores, RD Congo, Jibuti, Eritreia, Etiópia, Quénia, Líbia, Madagáscar...

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Facilitação do Comércio

Facilitação do comércio exterior.

  1. Organização Mundial do Comércio (OMC)
    1. Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (AGCS);
    2. Acordo de Facilitação do Comércio (AFC);
    3. Acordo de Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF);
    4. Acordo de Inspeção Pré-embarque (PSI);
    5. Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC);
    6. Acordo de Salvaguardas (SG).
  2. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
    1. Convenção de Quioto Revisada (CQR).
  3. Oficina Internacional de Contentores e Transporte Intermodal (BIC);
  4. Organização da Aviação Civil Internacional (Convenção de Chicago, OACI);
  5. Organização Marítima Internacional (IMO)
    1. Convenção Internacional relativa à Seguridade dos contentores (CSC);
    2. Convenção relativa à Admissão Temporária (Convenção de Istambul) - Não membro.
  6. Convenção relativa ao Transporte Marítimo de Mercadorias (Regras de Hamburgo, NU).

Exemplo:
União Aduaneira, Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Instituições africanas (UA, AFDB, AUDA-NEPAD, UNECA)

Organizações económicas e comerciais africanas.

  1. União Africana (UA)
    1. Agência de Desenvolvimento da União Africana (AUDA-NEPAD);
    2. Convenção sobre a Prevenção e Luta contra a corrupção (UA).
  2. Comissão Económica das Nações Unidas para a África (CEA);
  3. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD);
  4. África-Países BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul);
  5. Fórum de Diálogo Índia-Brasil-África do Sul;
  6. Cúpula América do Sul (Brasil)-África (ASA);
  7. Cooperação África-Países árabes (ASA);
  8. Banco Árabe para o desenvolvimento económico de África (BADEA);
  9. Associação África-Turquia;
  10. Acordo para a cooperação África-Índia;
  11. Nova Parceria Estratégica África-Ásia (NAASP);
  12. Associação África-Coreia do Sul;
  13. Relações África-Japão (TICAD);
  14. Fórum de Cooperação China-África (FOCAC).

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Globalização e organizações

Organizações económicas globais.

  1. Nações Unidas (NU)
    1. Conferência sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD);
    2. Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI);
    3. Centro de Comércio Internacional (INTRACEN);
    4. Comissão para o Direito Comercial Internacional (CNUDCI).
  2. Banco Mundial (BM);
  3. Organização Mundial do Comércio (OMC);
  4. Fundo Monetário Internacional (FMI).

Exemplo:
Conferência Internacional sobre a região dos Grandes Lagos (ICGLR): Angola, Burúndi, a República Centro-Africana, a República do Congo...

A Zâmbia: um país encravado de África.

A República da Zâmbia:

  1. A população zambiana: 16,6 milhões de habitantes;
  2. A Zâmbia é um dos países mais urbanizados do continente africano;
  3. A área zambiana: 752.618 quilómetros quadrados;
  4. A capital da Zâmbia: Lusaca (2 milhões de habitantes, 60% de desempregados);
    1. Lusaca, Kitwe, Chipata.
  5. A língua oficial zambiana: o inglês
    1. 85 línguas locais.
  6. A Zâmbia tem fronteiras com oito países africanos: Angola, o Botsuana, a República Democrática do Congo, a Namíbia, o Maláui, Moçambique, a Tanzânia e o Zimbábue.

A religião da Zâmbia:

  1. O cristianismo (75%), 4,5 milhões de Metodistas;
  2. As religiões tradicionais africanas.

Mais informação: Zâmbia (Portal Negócios em África da EENI).

A Zâmbia pertence ao Espaço Económico da África Austral da Civilização Africana.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Cristianismo e Negócios (catolicismo, protestantismo)

Curso Mestrado: Comércio Exterior e negócios na Zâmbia

Comércio Exterior (exportações, importações) Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento)

O perfil económico da Zâmbia:

  1. A taxa bruta de crescimento do produto interno bruto (PIB): 6,5 (2013), 7,3% (2012), 6,8% (2011);
  2. Os principais contribuintes do PIB zambiano: a agricultura (12,2%), a mineração (8%), a manufatura (11,2%) e a construção (13,0%);
  3. Os principais setores: a mineração do cobre, a agricultura, a energia, a manufatura e o turismo;
  4. O PIB per capita zambiano: 377 dólares;
  5. A taxa de inflação da Zâmbia: 7,3%;
  6. As importações de mercadorias (% do PIB): 39;
  7. Exportações de mercadorias (% do PIB) zambianas: 45;
  8. Cobre: 70% dos ingressos de exportação da Zâmbia;
  9. A Zâmbia: 20% da produção de esmeraldas do mundo;
  10. O investimento estrangeiro direto (IED) na Zâmbia: 4 bilhões de dólares;
  11. Sistema Legal da Zâmbia: Direito Comum;
  12. A moeda zambiana: Kwacha (ZMW) = 100 Ngwee;
  13. Importante abundância de depósitos minerais e de água;
  14. Altos custos de transporte (país encravado).

O setor de mineração da Zâmbia:
Zâmbia setor mineração


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página