Panamá-Comunidade Andina

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular - As relações comerciais Panamá-Comunidade Andina

  1. As relações comerciais entre o Panamá e a Comunidade Andina
  2. O comércio exterior de bens entre o Panamá e a Comunidade Andina.
  3. Acordo de Comércio Livre entre a Comunidade Andina e o Panamá
A subunidade curricular «Comunidade Andina-Panamá» estuda-se:
  1. Mestrados profissionais (EaD): América, Mercados Fronteiriços, Relações Económicas, Negócios Internacionais
  2. Doutoramento Negócios na América
  3. Cursos: Países andinos, América Central

Idioma de estudo: Português + Espanhol Panamá CAN Francês CAN Inglês CAN.

Descrição da subunidade curricular - As relações Panamá-Comunidade Andina.

  1. O comércio internacional entre a Comunidade Andina (Bolívia, Colômbia, Equador, Peru) e o Panamá atingiu 2.468 milhões de dólares, que representa um aumento do 57% com respeito ao comércio exterior do ano anterior (1.576 milhões de dólares)
  2. O principal exportador andino para o Panamá é o Equador.
  3. As exportações deste país para o Panamá atingiram 1.536 milhões de dólares, uma quantidade que representou 58% das exportações andinas para o Equador.
  4. Segue-lhe a Colômbia, o Peru e finalmente a Bolívia com 21, 19 e 2% respetivamente.
  5. Em 1988, a Comunidade Andina e o Panamá iniciaram as conversas para a negociação de um acordo de comércio livre (ACL).
  6. Em 2004, as Secretarias Gerais da Comunidade Andina e do Sistema de Integração Centro-Americana assinaram um acordo-quadro de cooperação.
  7. Em 2008, o Panamá anunciou o seu desejo de avançar para o seu rendimento à Comunidade Andina como Membro Associado.

Exemplo da subunidade curricular - Comércio Exterior Panamá-Comunidade Andina:
Acordo de Comércio Livre Panamá-Comunidade Andina

acordos de comércio livre (ACL) do Panamá - Comunidade Andina.



Universidade U-EENI