Acordo Colômbia-CARICOM

EENI- Universidade Hispano-Africana - Escola de Negócios


Início EENI

Conteúdo programático da unidade curricular: o Acordo de Alcance Preferencial Colômbia-CARICOM

  1. Introdução ao Acordo de Alcance Parcial No. 31 Colômbia-CARICOM
  2. Os benefícios do acordo
A unidade curricular «O Acordo Preferencial Colômbia-CARICOM» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior (Doutoramentos, Mestrados, Licenciaturas) à distância da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
  1. Mestrados à distância: América, Mercados Fronteiriços, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramento Profissional Negócios na América (EaD)
  3. Curso: Países andinos
  4. Licenciatura em Comércio Internacional

Língua de estudo: Ensino superior em Português + Educação superior em Espanhol Colombia ou Educação superior em Inglês Colombia Cursos à distância EaD em Francês Colombie.

Henry Acuña Barrantes, Colômbia (Professor Universidade HA) Dr. Henry Acuña Barrantes, professor da EENI e da Universidade Hispano-Africana na Colômbia.

Descrição da unidade curricular (Ensino superior) - O Acordo de Alcance Preferencial Colômbia-CARICOM:

Os objetivos principais do Acordo de Alcance Parcial número 31 entre a Colômbia e o CARICOM são promover e expandir o comércio exterior e o investimento, facilitar a criação de empreendimentos conjuntos regionais, desenvolver atividades de cooperação económica e promover atividades de intercâmbio entre os setores privados da região.

As condições atuais de acesso preferencial ao mercado da CARICOM estão enquadradas no acordo de Alcance Parcial Nº 31 sobre o comércio e a cooperação económica e técnica.

A Colômbia outorga preferências alfandegárias a esses países em 1.128 subposições de produtos da «nomenclatura nandina» e recebe rebaixas alfandegárias em 1074, tão só de parte da Trindade e Tobago, a Jamaica, Barbados e a Guiana.

Na atualidade, as preferências para os produtos negociados é de 100%; isto é, não pagam tarifas aduaneiras nas duas partes desde que seja cumprido o regulamento do Acordo de Alcance Parcial, em especial as normas de origem.

Os países-membros da CARICOM que participam como signatários do Acordo de Alcance Preferencial são: a Trindade e Tobago, a Jamaica, Barbados, a Guiana, Antiga e Barbuda, Belize, a Dominica, Granada, Montserrate, São Cristóvão e Neves, Santa Luzia, São Vicente e as Granadinas.

Exemplo da unidade curricular - O Acordo de Alcance Preferencial Colômbia - CARICOM:
Curso: Acordo de Comércio Livre Colômbia-CARICOM

acordos de comércio livre (ACL) da Colômbia.



(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)