Escola de Negócios EENI Business School

Comércio Índia-Comunidade Andina


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - As relações comerciais Índia-Comunidade Andina.

  1. As relações comerciais Índia-Comunidade Andina;
  2. O comércio exterior (exportações, importações) entre a Comunidade Andina e a Índia.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Acesso preferencial / Acordos comerciais

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Negócios nos países Andinos

Estudante Mestrado e Doutoramento Online em negócios internacionais

A UC «Índia-Comunidade Andina» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Mestrados (MIB): Negócios na América, Relações Económicas, Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Ásia.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Asiáticos, Negócios Americanos, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Cursos: Negócios nos Países andinos, Índia.

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol India Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais India Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Communauté Andine.

Comércio Exterior e Negócios na Índia

As relações Índia-Comunidade Andina.

  1. O comércio exterior entre a Comunidade Andina (Bolívia, Colômbia, Equador, Peru) e a Índia atingiu 1.519 milhões de dólares, que representa um aumento do 1% com respeito ao comércio internacional do ano anterior (1.507 milhões de dólares);
  2. As exportações andinas para a Índia totalizaram 568 milhões de dólares, cifra superior em um 82% à registada no ano anterior;
  3. Nos últimos dez anos as exportações andinas cresceram com uma taxa acumulada média anual de 34%;
  4. O principal exportador andino para à Índia é a Colômbia;
  5. As exportações da Colômbia para à Índia atingiram 449 milhões de dólares, quantidade que representou 79% das exportações andinas para a Índia;
  6. Segue-lhe o Peru, o Equador e finalmente a Bolívia com 19, 1,5 e 0,5% respetivamente;
  7. A Colômbia é também o país andino que regista o maior nível das importações provenientes da Índia.

O Mecanismo de Diálogo Político e de Cooperação entre a Índia (Civilização Hindu) e a Comunidade Andina (Civilização Ocidental Latino-americana) é focado em:

  1. Aprofundar o conhecimento mútuo entre as partes;
  2. Desenvolver o diálogo político e a cooperação em temas de mútuo interesse;
  3. Promover o alargamento e a diversificação do comércio e dos investimentos, bem como o a pesquisa mecanismos para facilitar o acesso aos seus respectivos mercados;
  4. Promover a cooperação científica, técnica e tecnológica; e;
  5. Promover o intercâmbio cultural e turístico.

Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Comunidade Andina: MERCOSUL, México, Panamá, Chile, União Europeia, China, Rússia...

Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Índia: União Europeia, MERCOSUL, África-Índia, Brasil-BRICS, Indonésia, Conselho de Cooperação do Golfo, SAARC, BIMSTEC, IORA, APTA, ACU, ASEAN, União Aduaneira da África Austral, Maurícia, Canadá, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Singapura, Tailândia, Chile.


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página