Escola Negócios EENI Business School Universidade
Negócios na Argentina, Buenos Aires

A pandemia mundial de Coronavirus e as atividades da EENI - Continuamos trabalhando on-line.

«Juntos, podemos vencer o coronavírus. Eu fico em casa»

Conteúdo programático da unidade curricular: comércio exterior e negócios na Argentina - Buenos Aires (Curso, Mestrado).

  1. Introdução à República Argentina (América do Sul)
  2. A economia argentina
  3. O perfil económico das províncias argentinas
  4. O comércio exterior argentino
  5. O investimento estrangeiro direto (IED) na Argentina
  6. Os negócios em Buenos Aires. A economia portenha
  7. Os setores da economia argentina: indústrias criativas portenhas, software, indústria farmacêutica...
  8. Os setores emergentes argentinos:
    1. Biocombustível
    2. Software
    3. TV
    4. As tecnologias de informação (TI)...
  9. Casos de estudo:
    1. O Grupo Arcor
    2. Quilmes
    3. O vinho argentino
  10. Introdução ao espanhol
  11. Acesso ao mercado argentino
  12. Plano de negócios para à Argentina

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios na Argentina» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior argentino
  2. Avaliar as oportunidades de negócio na Argentina
  3. Analisar as relações comerciais da Argentina com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio da Argentina
  5. Analisar o perfil de empresas argentinas
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado argentino

Cursos Mestrados Doutoramentos Escola Negócios EENI

A unidade curricular «Negócios na Argentina» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Comércio Mundial
  3. Curso: Negócios na América do Sul

Mabel TurkMabel Turk professora EENI da Argentina

Línguas de estudo em Ensino superior à distância online em Português ou Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Argentina Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Argentina Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Argentine.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios na Argentina»: 2 ECTS
  2. Duração estimada: 2 semanas

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e negócios na Argentina:

Argentina Cerveja Quilmes





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular - Comércio exterior e negócios na Argentina:

A República Argentina.

  1. Com uma população de 42 milhões de habitantes, a Argentina é o oitavo país do mundo em termos de extensão geográfica
  2. A Argentina carateriza-se pela abundância e pela qualidade dos seus recursos naturais
  3. Variadas regiões geográficas com diversas topografias de solos de alta qualidade e condições climáticas favoráveis para a produção de mercadorias internacionalmente competitivos
  4. A língua oficial argentina: espanhol
  5. A capital argentina: Buenos Aires
  6. As fronteiras da Argentina: o Paraguai, a Bolívia, o Brasil, o Uruguai e o Chile
  7. A moeda da Argentina: Peso argentino
  8. A abolição da escravatura na Argentina: 1853
  9. A população afro-americana na Argentina: 0,1 % da população argentina
  10. A independência da Espanha: 1810. Declarada: 1859.

A principal religião: cristianismo (37 milhões) - Catolicismo e protestantismo

  1. Na Argentina existem 750.000 cristãos Maronitas.

A Argentina pertence à Civilização Cristã-Ocidental (Latino-Americana)

A capital Federal da República Argentina é Buenos Aires, uma das cidades mais cosmopolitas da América do Sul. Buenos Aires está localizada no Rio da Prata frente a Montevidéu, a capital do Uruguai. A cidade encontra-se rodeada pelo cinto do «Grande Buenos Aires» onde concentra-se a maior densidade da população da Argentina.

Buenos Aires é a décima metrópole mais povoada do mundo, com 12,2 milhões de habitantes, ao redor da terceira parte da população de toda à República Argentina. Buenos Aires é a sede das maiores empresas argentinas.

A economia argentina.

A Argentina cresceu a uma média anual do 9% nos últimos quatro anos, ficando entre os países de maior crescimento no mundo, superando ao resto dos países da região (a Bolívia, o Paraguai, o Brasil, o Chile, o Uruguai) e à média dos países em desenvolvimento asiáticos:

  1. Recessão económica em 2014
  2. Superavit fiscal e externo
  3. Forte acumulação de reservas com objetivos prudenciais
  4. Crescimento das exportações e das importações com balança comercial positiva
  5. A política monetária
  6. A taxa de câmbio competitiva e estável
  7. Níveis do investimento recorde em vinte e cinco anos
  8. Rentabilidade record das maiores empresas

Os investimentos estrangeiros (IED) na Argentina gozam da uma ampla proteção legal amparadas por um leque normativo nacional e internacional que posicionam a Argentina como um destino seguro para os investimentos estrangeiros.

Argentina: acordos e instituições económicas regionais

  1. Os Acordos de Livre-Comércio (ALC) do MERCOSUL
  2. Chile
  3. Comunidade Andina
  4. México
  5. Peru
  6. Índia
  7. Egito
  8. Israel
  9. União Europeia (UE)
  10. A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI)
  11. A União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  12. O Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  13. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  14. A Comissão Económica para a América Latina (CEPAL)

Exemplos

Curso Mestrado: negócios na Argentina

Argentina Grupo Arcor

Curso Mestrado: União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)

ALADI Associação Latino-Americana de Integração, Mestrado

Buenos Aires Negócios, Curso Mestrado

Argentina Automóvel

A pandemia mundial de Coronavirus e as atividades da EENI - Continuamos trabalhando on-line

(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Juntos, podemos vencer o coronavírus. Eu fico em casa.
Ensino superior para todos a preços acessíveis
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página