MERCOSUL-México Acordo Económico

EENI- Unviersidade e Escola de Negócios


Início EENI

Conteúdo programático da subunidade curricular: o Acordo de Complementação Económica MERCOSUL-México

  1. Introdução ao Acordo de Complementação Económica entre o MERCOSUL e o México ACE 54
  2. O Acordo do setor automotivo ACE-55 MERCOSUL-México
  3. O comércio exterior México-MERCOSUL
A subunidade curricular «O Acordo de Complementação Económica MERCOSUL-México» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior à distância da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
  1. Cursos: América do Sul, México
  2. Mestrados profissionais: América, Países BRICS, Mercados Fronteiriços, Relações Económicas, Negócios Internacionais, Pacífico, Países CPLP
  3. Licenciatura em Comércio Internacional
  4. Doutoramento Negócios na América (EaD)

Língua de estudo: Ensino superior em Português Educação superior em Espanhol MERCOSUR-México Cursos à distância EaD em Francês MERCOSUR Formação superior em Inglês MERCOSUR.

Mestrado em Comércio Exterior Brasil

Descrição da subunidade curricular - Acordo de Complementação Económica (ACE) MERCOSUL-México.

O México subscreveu um acordo de complementação económica com o MERCOSUL (Mercado Comum do Sul) em agosto de 2006.

Conquanto tenha tido algumas tentativas de converter ao México em um estado associado ao MERCOSUL, o México ainda não converteu-se em estado associado, devido sobretudo as relações do México com o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA).

O México e os países-membros do MERCOSUL (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela) têm dois acordos de Complementação Económica:

1) Acordo de Complementação Económica MERCOSUL-México.

  1. Assinado em 05/07/02, é um acordo-quadro que tem por objetivo estabelecer a base para uma eventual futura área de livre comércio entre o México e os Estados-membros do MERCOSUL
  2. Assinatura: 5 julho 2002
  3. Vigência: 5 de janeiro de 2006

2) Acordo de Complementação Económica 55 MERCOSUL-México (setor automotivo).

O Acordo em vigor desde 2003, exclusivo para os produtos de exportação do setor automotivo (veículos e auto peças). Este acordo estabelece a redução recíproca de alíquotas de importação dos produtos do setor, de acordo com um cronograma que tende ao livre comércio em veículos ligeiros (em vigor desde 2007), os veículos pesados (previsto para ser negociado até o prazo máximo de 2020).

O comércio exterior entre o México e o MERCOSUL é de 13.000 milhões de dólares, enquanto os investimentos mexicanos nos países-membros do MERCOSUL somam 20.000 milhões de dólares.

Exemplo da subunidade curricular - O Acordo de Complementação Económica MERCOSUL-México:
Acordo de Complementação Económica México-MERCOSUL

Acordos de comércio livre MERCOSUL - acordos de comércio livre do México.



(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)