Escola Negócios EENI Business School Universidade
Acordos de Livre-Comércio da Bolívia (Curso)

Conteúdo programático da unidade curricular: as relações económicas internacionais e os acordos de livre-comércio (ALC) da Bolívia

  1. A Comunidade Andina
  2. A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI)
  3. O MERCOSUL (Associado)
  4. A Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA)
  5. A União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  6. O Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  7. Os acordos da Comunidade Andina na América: o MERCOSUL, o Chile, o México, Panamá
  8. Os acordos da Comunidade Andina extra-regionais: a União Europeia (UE), a Índia, a China, a Rússia

Cursos Mestrados Doutoramentos Escola Negócios EENI

Aa unidade curricular «Os Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Bolíviaestuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Comércio Mundial
  3. Curso: negócios nos Países andinos

Línguas de estudo: Ensino superior à distância online em Português ou Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Bolivia Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Bolivia Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Bolivie.

Exemplo da unidade curricular -As relações económicas internacionais da Bolívia

Curso: Acordo Bolivia-MERCOSUL (Mestrado Curso)

Acordos de Livre-Comércio da Bolívia como um membro da Comunidade Andina:

A Bolívia tem subscrito um Acordo de Livre-Comércio (ALC) com o MERCOSUL, instrumentado e inscrito ante a Associação Latino-Americana de Integração (ALADI) como «Acordo de âmbito parcial de Complementação Económica número 36-AAP.CE 36». Com a assinatura deste acordo, a Bolívia adquiriu a condição do membro associado ao MERCOSUL, portanto, não «ingressou» como um membro pleno.

Mestrado: Comunidade Andina

  1. A Comunidade Andina
  2. Bolívia-MERCOSUL: Protocolo de adesão ao MERCOSUL em 2013
  3. O MERCOSUL (Associado)
  4. Bolívia-Chile
  5. Bolívia-México
  6. Comunidade Andina-China
  7. Bolívia-México
  8. Bolívia-Panamá
  9. Bolívia-Rússia
  10. Bolívia-Índia
  11. União Europeia-Bolívia

As instituições económicas regionais da Bolívia.

  1. A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI)
  2. A Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA)
  3. A União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  4. O Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  5. O Sistema de preferências generalizadas (SGP+)
  6. O Fórum de Cooperação América Latina (Bolívia)-Ásia do Leste
  7. A Cúpula América do Sul (Bolívia)-África
  8. A Cúpula América do Sul-Países Árabes (Bolívia)
  9. A Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (CELAC)
  10. A Cimeira União Europeia-CELAC
  11. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  12. A Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (CEPAL)
  13. A Organização dos Estados Americanos (OEA)

Acordos Comunidade Andina-MERCOSUL (Mestrado Curso)





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

A Bolívia é membro:

  1. Nações Unidas (NU)
  2. Banco Mundial (BM)
  3. Organização Mundial do Comércio (OMC)
  4. Fundo Monetário Internacional (FMI)

Entre outros acordos, o 29 de abril de 2006, a Bolívia ingresso na Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA) em ocasião da assinatura do tratado de comércio dos Povos, na Habana, Cuba.

Em 2004, foi criada a COMUNIDADE SUL AMERICANA das Nações participando desta iniciativa os países do MERCOSUL (a Argentina, o Brasil, o Paraguai, o Uruguai), os andinos (a Bolívia, a Colômbia, o Equador, o Peru, a Venezuela), o Chile, a Guiana e o Suriname. Este esquema de integração mudou seu nome a «União de Nações Sul-Americanas» (UNASUL) em 2007.

A Bolívia tem subscrito Acordos de comércio exterior bilaterais com uma quinzena dos países e é beneficiária do Sistema de preferências generalizadas. Ao amparo deste esquema unilateral, a Bolívia recebe tratamento preferencial de diversos países, entre os que destacam pela sua profundidade os Estados Unidos da América e a União Europeia (UE). O resto dos países que concedem SGP ao país: o Canadá, o Japão, a Nova Zelândia, a Noruega, a Rússia, a Turquia e a Suíça.

Curso Mestrado: Fórum FOCALAL América Latina-Ásia

Curso Mestrado: Organização dos Estados Americanos (OEA)

Curso Mestrado: Comércio exterior América do Sul-África

ALADI Associação Latino-Americana de Integração, Mestrado



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Ensino superior para todos a preços acessíveis
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página