Guiné-Bissau Doutoramento em Negócios Internacionais

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Doutoramento / Mestrado para os estudantes da Guiné-Bissau (Bissau, Bolama, Catió, Bafatá, Gabú, Cacheu, Canchingo, Farim, Buba, Bolama...)

Confiamos na África

Guiné-Bissau Guiné-Bissau

  1. Doutoramento profissional em Negócios na África
  2. Mestrados à distância: Negócios Internacionais, África Subsariana

A bolsa de estudos EENI (Escola Superior de Negócios Internacionais) para os estudantes guineenses e residentes na Guiné-Bissau consiste em um desconto sobre o importe da matrícula do 40%.

Guiné-Bissau Educação para todos

Financiamento oferecido pela EENI para os estudantes guineenses do Mestrado e do Doutoramento na Guiné-Bissau. A EENI oferece-lhe também a possibilidade de realizar o pagamento parcelado, descontos pelo pagamento antecipado, etc. para os estudantes guineenses que optem à bolsa de estudos.

Professores EENI da Guiné-Bissau:

  1. Dr. Fernandinho Domingos Sanca
  2. Adérito Fernandes

Estudantes da EENI na África
Estudantes da EENI África Guiné-Bissau

Pedro Nonell, estudantes africanos

Unidades curriculares (Doutoramento e Mestrado) para os estudantes da Guiné-Bissau.

  1. A Guiné-Bissau e o Espaço Económico da África Ocidental da civilização africana
  2. A economia da Guiné-Bissau
  3. O comércio exterior guineense
  4. CEDEAO: Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (Guiné-Bissau)
    1. O Acordo de Associação Económica União Europeia-CEDEAO (em negociação)
  5. CEN-SAD: Comunidade dos Estados Sahelo-Saarianos (Guiné-Bissau)
  6. UEMOA: União Económica e Monetária da África do Oeste (Guiné-Bissau)
  7. O Acordo de Cotonou (Guiné-Bissau)
  8. O Porto de Dakar
  9. O Centro Islâmico para o Desenvolvimento do Comércio
  10. OHADA: Organização para a Harmonização em África do Direito dos negócios
  11. AGOA: Lei de Crescimento e Oportunidades para a África
  12. BAfD: Banco Africano de Desenvolvimento
  13. A Câmara de Comércio e Indústria Islâmica (ICCI)
  14. A Guiné-Bissau e os países BRICS
  15. UA: União Africana
  16. NEPAD: Nova Parceria Estratégica Guiné-Bissau - Ásia
  17. Japão-Guiné-Bissau
  18. NEPAD: Nova Parceria para o Desenvolvimento da África
  19. O Centro de Investigação Económica - Social e de Formação para os Países Islâmicos (SESRIC)
  20. ECA: Comissão Económica para a África
  21. ASA: Cúpula América do Sul (Guiné-Bissau)-África
  22. O Banco Islâmico de Desenvolvimento
  23. OCI: Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
  24. O Sistema de Comércio Preferencial (TPS-OCI)
  25. O Comité para a Cooperação Económica e Comercial da OCI (COMCEC)
  26. Os Fundos Árabes para o Desenvolvimento
  27. A Cooperação Guiné-Bissau e os países árabes
  28. BADEA: Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico da África
  29. A Associação África (Guiné-Bissau)-Coreia
  30. Guiné-Bissau e a Turquia

Exemplos

Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)

Área de livre comércio CEDEAO

Liberalização do comércio da CEDEAO

Negócios África-Índia

Banco de desenvolvimento África Ocidental

Comércio exterior África-Coreia do Sul

Área de Livre Comércio Africana

Comissão Económica das Nações Unidas para a África (CEPA)

Diversidade religiosa região CEDEAO

Comércio exterior Japão-África

Cooperação África-BRICS (Brasil)

Nova Parceria para o Desenvolvimento da África (NEPAD)

Sistema de preferências generalizadas (SPG)

Comércio exterior China-África

Direitos Humanos no Islão

Comunidade dos Estados Sahel-Saarianos (CEN-SAD)

União Africana Convenção contra a corrupção

Departmento do comércio exterior da União Africana

Instituto Monetário da África Ocidental

Banco Sahel Saariano do investimento

Fundo Monetário Africano

Mecanismo Africano de Revisão entre Pares

Organização para a Harmonização em África do Direito dos Negócios (OHADA)

Estratégia do Banco Africano de Desenvolvimento

Inglês Guinea Bissau Francês Guinee-Bissau Espanhol Guiné



Universidade U-EENI