Escola de Negócios EENI Business School

Negócios em Angola, Luanda


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - Comércio exterior e negócios em Angola. A economia angolana. O Porto de Luanda.

  1. Introdução à República de Angola (África Central)
  2. A economia angolana
    1. Isabel dos Santos (a mulher mais rica de África);
    2. As indústrias angolanas;
    3. Os recursos minerais, diamantes e petróleo.
  3. O comércio exterior de Angola;
  4. O investimento estrangeiro direto em Angola;
  5. Casos de estudo:
    1. Angola Telecom;
    2. SONANGOL;
    3. A Empresa Nacional de Diamantes de Angola.
  6. Acesso ao mercado angolano;
  7. Plano de negócios para Angola.

Os objetivos da UC «Comércio exterior e negócios em Angola» são os seguintes:

  1. Analisar a economia, o comércio exterior e os investimentos (IED) angolano;
  2. Avaliar as oportunidades de negócio em Angola;
  3. Analisar as relações comerciais de Angola com o país do estudante;
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio de Angola;
  5. Desenvolver um plano de negócios para o mercado angolano;
  6. Analisar o perfil de empresas angolanas.

Comércio exterior e negócios em Angola:
Isabel dos Santos, a mulher mais rica da África (Mestrado, Negócios, Angola)

Curso Mestrado: Negócios na África Ocidental

Estudante Mestrado / Doutoramento em negócios internacionais, Comércio Exterior

A UC «Comércio Exterior e Negócios em Angola» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Curso Superior: Negócios na África Central.

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Africanos, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Mestrados (MIB): Negócios em África, Negócios Internacionais, Comércio Exterior.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior ou Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Angola Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Angola Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Angola.

  1. Créditos da UC «Comércio exterior e negócios em Angola»: 3 ECTS;
  2. Duração: 3 semanas.

Confiamos em áfrica. Ensino superior a preços acessíveis para os africanos. Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé

Angola Estudantes, Doutoramento Mestrado Negócios, Comércio Exterior Mestrados e Doutoramento em Negócios Internacionais da EENI para os estudantes de Angola.

Comércio exterior e negócios em Angola:

Angola: o segundo exportador de petróleo de África (após a Nigéria). Angola é um mercado fronteiriço africano e o mercado mais importante da África Central.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Transporte e logística em África

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Integração regional africana

União Aduaneira da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Facilitação do Comércio

Exportação de Peixe Angola (Comércio Exterior)

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Instituições africanas (UA, AFDB, AUDA-NEPAD, UNECA)

Organizações económicas e comerciais africanas.

  1. União Africana (UA)
    1. Agência de Desenvolvimento da União Africana (AUDA-NEPAD);
    2. Convenção sobre a Prevenção e Luta contra a corrupção (UA).
  2. Comissão Económica das Nações Unidas para a África (CEA);
  3. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD);
  4. África-Países BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul);
  5. Fórum de Diálogo Índia-Brasil-África do Sul;
  6. Cúpula América do Sul (Brasil)-África (ASA);
  7. Cooperação África-Países árabes (ASA);
  8. Banco Árabe para o desenvolvimento económico de África (BADEA);
  9. Associação África-Turquia;
  10. Nova Parceria Estratégica África-Ásia (NAASP);
  11. Associação África-Coreia do Sul;
  12. Relações África-Japão (TICAD);
  13. Fórum de Cooperação China-África (FOCAC);
  14. Acordo para a cooperação África-Índia.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Globalização e organizações

Organizações económicas globais.

  1. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP);
  2. Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP);
  3. Nações Unidas (NU)
    1. Conferência sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD);
    2. Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI);
    3. Centro de Comércio Internacional (INTRACEN);
    4. Comissão para o Direito Comercial Internacional (CNUDCI) - não membro.
  4. Banco Mundial (BM);
  5. Organização Mundial do Comércio (OMC);
  6. Fundo Monetário Internacional (FMI).

Comunidade Económica dos Estados da África Central CEEAC, Angola, Burúndi, Camarões, República Centro-Africana, Congo...

República de Angola.

  1. Angola é localizada na costa ocidental da África Austral, sendo limitado pela República do Congo, pela República Democrática do Congo, pela Zâmbia e pela Namíbia;
  2. Negócios em .
  3. As principais cidades angolanas: Luanda, Huambo, Benguela, Lobito, Kuito, Lubango, Cabinda;
  4. A população (29 milhões de habitantes) é um dos componentes fundamentais do crescimento económico angolano;
  5. A República de Angola (África Subsariana), é o quinto país africano de maior dimensão, com uma área de 1.246.700 quilómetros quadrados e com uma linha marinha atlântica de 1.650 quilómetros;
  6. A língua oficial angolana é o português;
  7. Angola foi uma colônia portuguesa. Em novembro de 1975 conseguiu a sua independência.

Mais informação: Angola (Portal Negócios em África da EENI).

A religião em Angola:

  1. O cristianismo (16 milhões de habitantes), Católicos: 7 milhões;
  2. As religiões tradicionais africanas.

Angola pertence ao Espaço Económico da África Central da Civilização Africana.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Cristianismo e Negócios (catolicismo, protestantismo)

Curso Mestrado: Comércio exterior da Angola

A economia angolana:

  1. A República de Angola é uma das economias de mais rápido crescimento de África;
  2. A economia da República de Angola caracteriza-se por ser sobretudo agrícola, sendo o café, cana-de-açúcar, sisal, o milho, óleo de coco e amendoim as suas maiores fontes de cultivo;
  3. A República de Angola é muito rica em minerais sobretudo em diamantes, petróleo (maior exportador de África), minério de ferro, etc;
  4. Tendo igualmente depósitos de cobre, chumbo, fosfato, sal, ouro, prata e platina;
  5. Importantes depósitos de petróleo foram descobertos em 1996 em Cabinda;
  6. As maiores indústrias da República de Angola são as de melhoramento de oleaginosas, cereais, carnes, o algodão e tabaco, a produção de açúcar, cerveja, o cimento e a madeira;
  7. Com um dos crescimentos económicos mais rápidos do mundo, Angola está a ponto de tornar-se em um membro ativo da comunidade económica mundial;
  8. O crescimento dos benefícios do petróleo aumentou o PIB em um 20%;
  9. Excluindo o petróleo e os diamantes, estima-se que a taxa de crescimento anual foi de 14%;
  10. Os setores-chave para o governo angolano:
    - Agricultura, pecuária e os produtos alimentícios;
    - Mineração;
    - Pesca;
    - Indústria ligeira;
    - Materiais industriais para a construção e as obras públicas.

Conferência Internacional sobre a região dos Grandes Lagos (ICGLR): Angola, Burúndi, a República Centro-Africana, a República do Congo...

Comércio Exterior (exportações, importações) Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento)

A República de Angola importa 5.000 milhões de dólares em produtos e os serviços.

Maiores importações:
- Maquinaria e equipamento elétrico
- Veículos
- Medicamentos
- produtos de exportação alimentares
- Têxteis
- Cana-de-açúcar
- Café
- Sisal
- Milho
- Algodão
- Mandioca
- Tabaco
- Produtos de exportação hortícolas
- Gado
- Peixe e derivados da pesca.

Angola exporta 14.000 milhões de dólares (FOB).

Maiores exportações:
- Petróleo e derivados
- Diamantes
- Gás
- Café
- Sisal
- Peixe e derivados da pesca
- Madeira
- Algodão.

Porto Lobito. Caminho de Ferro de Benguela. Acesso: Congo, Zimbábue, Zâmbia (Angola, Curso de transporte marítimo)

PETRÓLEO ANGOLANO.

Produzindo mais de 750.000 barris/dia, a República de Angola é o segundo maior produtor africano (depois da Nigéria).

O Governo, por intermédio da Agência Nacional para o investimento privado, promove ativamente o investimento estrangeiro direto.

Os portos mais importantes são os de Luanda, Benguela, Lobito, Moçâmedes e Cabinda.

Os portos internacionais mais próximos:

  1. As províncias do Sul de Angola (Lubango, Santa Clara): Porto de Walvis Bay (Namíbia) via o Corredor Trans-Cunene;
  2. O Porto de Pointe-Noire (República do Congo).

Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC África, facilitação do comércio, do transporte (corredores...), da eliminação de barreiras técnicas ao comércio não-tarifárias

Porto de Luanda (Angola, Curso Transporte Marítimo) A porta de entrada a Burúndi, República Democrática do Congo, Etiópia, Ruanda, Sudão, Sudão do Sul, Somália, Tanzânia

Corredor de Lobito, Angola. Rodovia de ferro de Benguela (Curso Transporte Rodiviario)


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2023)
Não usamos cookies
Topo da página