Escola Negócios EENI Business School
Acordo sobre Salvaguardas (SG)

Conteúdo programático da unidade curricular: Acordo sobre Salvaguardas (SG) da OMC

  1. Introdução ao Acordo sobre Salvaguardas (Acordo SG) da Organização Mundial do Comércio (OMC)
  2. Medidas de salvaguardas no comércio internacional
  3. Proibição de medidas de “área cinzenta”. Cláusula de extinção
  4. Investigação de salvaguardas
  5. Análise do Acordo sobre Salvaguardas (Acordo SG) da OMC

Os objetivos da unidade curricular «Acordo sobre Salvaguardas (SG)» são os seguintes:

  1. Compreender os pilares do Acordo sobre Salvaguardas (SG) da OMC
  2. Saber qual é o processo de aplicar uma medida de salvaguarda por um governo
  3. Analisar em profundidade o Acordo sobre Salvaguardas (SG)
O curso (unidade curricular) «Acordo sobre Salvaguardas (SG)» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Cursos: Medidas não-tarifárias, Técnicas de exportação
  2. Curso Superior: Comércio Exterior
  3. Mestrados: Negócios Internacionais, Comércio Exterior e Marketing, Transporte Internacional
  4. Doutoramentos (Doutorados): Comércio Mundial, Logística Global

Estudante mestrado em comércio exterior EAD

Línguas de estudo: Cursos e Mestrados à distância em Português + Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Acuerdo sobre Salvaguardias Mestrados e Doutoramentos Negócios em Inglês WTO Agreement on Safeguards (SG) Mestrado comércio exterior em Francês Accord sur les sauvegardes

Área de conhecimento: comércio exterior.

Exemplo da unidade curricular - Acordo sobre Salvaguardas (SG):

Acordo sobre Salvaguardas (SG), Mestrado





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular - Acordo sobre Salvaguardas (SG):

Qualquer membro da Organização Mundial do Comércio que precise proteger a indústria doméstica pode restringir temporariamente as importações de um produto que possa causar danos consideráveis aos fabricantes locais.

Quando um governo aplica esse tipo de medidas, está aplicando uma medidas não-tarifária.

A OMC regula este tipo de medidas através do Acordo sobre Salvaguardas (Acordo SG).

O Acordo sobre Salvaguardas (SG) também proíbe medidas de área cinzenta (acordos bilaterais entre governos) e a cláusula de expiração é estabelecida.

O Acordo sobre Salvaguardas (Acordo SG) é composto de catorze artigos e abrange: aplicação de medidas de salvaguarda, investigação, exame, duração da medida, concessão, vigilância ou solução de controvérsias.

Uma empresa, ou um determinado setor, pode solicitar ao seu governo a aplicação temporária de uma medida de salvaguarda.

É importante notar que a aplicação de uma medida de salvaguarda nunca pode ir contra as importações de um país.

A aplicação de uma medida de salvaguarda implica que o governo que a implementa deve oferecer algo em troca.

Medidas não-tarifárias:

  1. Barreiras técnicas ao comércio exterior. Acordo sobre as Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC)
  2. Inspeção pré-embarque. Acordo sobre a Inspeção Pré-embarque
  3. Medidas sanitárias e fitossanitárias. Acordo sobre a Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF)
  4. Licenças de importação, contingentes e proibições

Inspeção pré-embarque (Mestrado comércio)

As aduanas e a Organização Mundial do Comércio

Os países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) são: África do Sul, Albânia, Alemanha, Angola, Antígua e Barbuda, Arábia Saudita, Argentina, Arménia, Austrália, Áustria, Barém, Bangladeche, Barbados, Bélgica, Belize, Benim, Bolívia, Botsuana, Brasil, Brunei, Bulgária, Burquina Faso, Burúndi, Cabo Verde, Camarões, Camboja, Canadá, Catar, Chade, Chile, China, Chipre, Singapura, Colômbia, União Europeia, República do Congo, Coreia do Sul, Costa Rica, Costa do Marfim, Croácia, Cuba, Dinamarca, Jibuti, Dominica, Equador, Egito, El Salvador, Emirados Árabes Unidos, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos, Estónia, Fiji, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gâmbia, Gana, Geórgia, Granada, Grécia, Guatemala, Guiné-Bissau, Guiné, Guiana, Haiti, Os Países Baixos, Honduras, Hong Kong (China), Hungria, Índia, Indonésia, Irlanda, Islândia, Ilhas Salomão, Israel, Itália, Jamaica, Japão, Jordânia, Kuwait, Lesoto, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macau (China), Macedónia, Madagáscar, Malásia, Maláui, Maldivas, Mali, Malta, Marrocos, Maurícia, Mauritânia, México, Moldávia, Mongólia, Moçambique, Mianmar, Namíbia, Nepal, Nicarágua, Níger, Nigéria, Noruega, Nova Zelândia, Omã, Paquistão, Panamá, Papua-Nova Guiné, Paraguai, Peru, Polónia, Portugal, Quénia, Quirguistão, Reino Unido, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, República Checa, República Dominicana, Roménia, Ruanda, São Cristóvão e Neves, São Vicente e Granadinas, Santa Lúcia, Senegal, São Tomé e Príncipe, Serra Leoa, Sri Lanka, Suécia, Suíça, Suriname, Suazilândia, Tailândia, Taiwan, Tanzânia, Togo, Trindade e Tobago, Tunísia, Turquia, Uganda, Uruguai, Venezuela, Vietname, Zâmbia, Zimbábue.

Curso recomendado para os estudantes de Angola estudar Mestrado Doutoramento em Negócios Angola, Brasil (estudar mestrado doutorado negócios) Brasil, Cabo Verde estudar Doutoramento Mestrado Negócios Cabo Verde, Guiné-Bissau estudar Mestrado Doutoramento Negócios Guiné-Bissau, Moçambique (Mestrado negócios) Moçambique, Portugal estudar Doutoramento Mestrado Negócios Portugal e São Tomé e Príncipe, estudar mestrado negócios São Tomé e Príncipe.



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Ensino superior para todos a preços acessíveis
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página