Fazendo negócios no Zimbábue

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular: o comércio exterior e os negócios no Zimbábue. Harare.

  1. Introdução à República do Zimbábue (África Austral)
  2. Os negócios em Harare
  3. A economia do Zimbábue
  4. O comércio exterior zimbabuense
  5. As aduanas do Zimbábue
  6. As oportunidades de negócios e dos investimentos no Zimbábue
    1. Agricultura
    2. Fabricação
    3. Mineração
    4. Turismo
    5. Energia
    6. Água e saneamento
    7. Tecnologias da informação e comunicação
    8. Finanças e seguros
    9. Serviços
  7. Caso de estudo:
    1. Divine Ndhlukula
    2. Sifiso Dabengwa
    3. Strive Masiyiwa
    4. A Empresa de recursos Makomo
  8. A história do Zimbábue
  9. O acesso ao mercado zimbabuense
  10. Plano de negócios para o Zimbábue

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Zimbábue» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior zimbabuense
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Zimbábue
  3. Analisar as relações comerciais do Zimbábue com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de comércio livre do Zimbábue
  5. Analisar o perfil dos empresários zimbabuenses
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado zimbabuense
A unidade curricular «Fazendo negócios no Zimbábue» estuda-se:
  1. Mestrados à distância: Negócios Internacionais, África Subsariana
  2. Doutoramento em Negócios na África (EaD)
  3. Curso: África Austral

Língua de estudo: Português + Inglês Zimbabwe Francês Zimbabwe ou Espanhol Zimbabue.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Zimbábue»: 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e fazendo negócios no Zimbábue:
Sifiso Dabengwa empresário zimbabuano

Confiamos na África

Descrição da unidade curricular (Comércio exterior e negócios no Zimbábue).

Strive Masiyiwa empresário zimbabuano

À República do Zimbábue:

O Zimbábue: um país sem litoral com enormes recursos minerais (cobre, níquel, ouro...).

  1. As fronteiras do Zimbábue: a Zâmbia, Moçambique, a África do Sul e o Botsuana
  2. A população zimbabuense: 12 milhões de pessoas
  3. A área: 390.580 quilómetros quadrados
  4. A língua oficial do Zimbábue: inglês
  5. as línguas locais: shona e ndebele
  6. A capital zimbabuense: Harare
  7. As principais cidades do Zimbábue: Bulawayo, Mutare Masvingo e Gweru

A religião do Zimbábue: cristianismo (75% da população).

O Zimbábue pertence ao Espaço Económico da África Austral da Civilização Africana.

O perfil económico do Zimbábue:

  1. O crescimento do PIB zimbabuense: 5,6 %
  2. A inflação: 3,9%
  3. A moeda: dólar e ZAR (Rand)
  4. Os principais produtos de exportação zimbabuenses: platino, algodão, tabaco, ouro, ferroligas, roupa...
  5. Os principais produtos de importação: maquinaria, equipamentos de transporte, produtos manufaturados, produtos químicos, combustíveis, produtos alimentícios
  6. Os principais mercados de exportação zimbabuenses: a República Democrática do Congo, a África do Sul, o Botsuana, a China...
  7. Os principais fornecedores: a África do Sul e a China
  8. Recursos naturais: o carvão, o cromo, o amianto, o ouro, o níquel, o platino, os diamantes
  9. Os principais setores económicos: a mineração (cobre, níquel, ouro...)

Divine Ndhlukula (mulher de negócios zimbabuana)

Os portos mais próximos:

  1. O Porto de Durban (África do Sul). Distância pela rodovia a Harare: 1.674 quilómetros
  2. O Porto de Walvis Bay (Namíbia), via o Corredor Trans-Caprivi. Caminho-de-ferro
  3. O Porto do Lobito (Angola)
  4. O Porto de Maputo (Moçambique) - Caminho-de-ferro Beira-Machipanda

Os corredores transafricanos:

  1. O Corredor Cairo-Gaborone
  2. O Corredor Beira-Lobito (Angola) (655 quilómetros)
  3. O Corredor do Norte-Sul

Os acordos comerciais e o acesso preferencial do Zimbábue:

  1. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  2. Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  3. O Acordo COMESA-EAC-SADC Tripartido
  4. O Acordo Comercial COMESA-EUA
  5. O Zimbábue no é elegível para AGOA
  6. A Parceria estratégica União Europeia-África (Cotonou)
  7. O Acordo de Associação económica com a União Europeia
  8. Os acordos comerciais com a China, o Canadá, o Maláui e o Japão
  9. O Acordo de Comércio Livre (ACL) com a Índia

União Aduaneira da África Austral (SACU)

O Zimbábue é membro...

  1. A Comissão Económica para a África (CEA)
  2. A União Africana (UA)
  3. A Nova Parceria para o Desenvolvimento da África (NEPAD)
  4. O Banco Africano de Desenvolvimento
  5. A Cúpula África-América do Sul (ASA)
  6. O Fórum Índia-Zimbábue
  7. O Fórum China-Zimbábue
  8. A Organização Mundial do Comércio (OMC)
  9. O Fundo Monetário Internacional (FMI)
  10. A Organização Mundial das Aduanas
  11. O Banco Mundial (BM)...

Aduanas do Zimbábue:
Aduanas Zimbábue

Zimbábue negócios

Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC África

Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)

Corredor Cairo-Gaborone (Rodovia Transafricana)



Universidade U-EENIPaz, Não Terrorismo