Escola Negócios EENI Business School
Acordo COMESA-EUA

Conteúdo programático da unidade curricular: o Acordo-quadro de comércio e investimentos (TIF) Estados Unidos-COMESA

  1. Introdução ao Acordo Estados Unidos-COMESA (Mercado Comum da África Oriental e Austral)
  2. O comércio exterior entre os Estados Unidos e os países do COMESA
  3. O conteúdo do acordo COMESA-Estados Unidos
A unidade curricular «O Acordo COMESA-EUA» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Africanos, Comércio Mundial
  2. Cursos: Negócios na África Oriental, Relações internacionais africanas, Estados Unidos
  3. Mestrados: Negócios em África, Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Negócios na América

Estudante mestrado em comércio exterior EAD

Línguas de estudo em Ensino superior à distância online em Português + Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês US-COMESA FTA Estudar mestrado negócios internacionais em Francês COMESA - États-Unis Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol EEUU-COMESA.

Exemplo da unidade curricular - O Acordo COMESA-Estados Unidos

Curso: Acordo Estados Unidos-COMESA (Mercado Comum da África Oriental e Austral)





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Portal Africano da EENI Global Business School

Portal África, Escola de Negócios EENI

Descrição da unidade curricular: COMESA-EUA (Acordo-quadro de comércio e investimentos).

O objetivo do acordo é melhorar a cooperação no comércio exterior, nos investimentos e nas relações económicas entre os mercados dos Estados Unidos e os países-membros do COMESA (Mercado Comum da África Oriental e Austral): o Burúndi, as Comores, a República Democrática do Congo, Jibuti, do Egito, a Eritreia, a Etiópia, o Quénia, a Líbia, Madagáscar, o Maláui, Maurícia, Ruanda, as Seicheles, o Sudão, a Suazilândia, o Uganda, a Zâmbia e o Zimbábue.

Os dez artículos do Acordo-quadro sobre o comércio e investimento COMESA-Estados Unidos cobrem aspectos como:

  1. A relação com a Lei de Crescimento e Oportunidade de África (AGOA)
  2. Os direitos de propriedade intelectual
  3. A expansão do comércio de mercadorias (produtos agrícolas incluídos)
  4. A liberalização do comércio e do investimento (IED)
  5. A eliminação de barreiras técnicas ao comércio não-tarifárias
  6. A proteção do médio ambiente
  7. A criação do Conselho de comércio e investimentos
  8. Os assuntos fiscais e trabalhistas...

Comércio exterior Estados Unidos-países do COMESA

  1. Total das exportações de mercadorias dos Estados Unidos para o Mercado Comum da África Oriental e Austral: 8,4 mil milhões de dólares
  2. Os principais mercados de exportação para as mercadorias estadunidense na região COMESA: o Egito, a Líbia, a Etiópia, o Quénia, o Jibuti
  3. Os principais produtos de exportação estadunidenses para os mercados do COMESA: a maquinaria, os aviões, os cereais, os veículos, óleo
  4. Total do Investimento estrangeiro direito (IED) dos Estados Unidos na região COMESA: 27 mil milhões de dólares
  5. As exportações totais de mercadorias do Mercado Comum da África Oriental e Austral para os Estados Unidos: 5.700 milhões de dólares
  6. Principais países de exportação do COMESA para EUA: a Líbia, o Egito, o Quénia, Maurícia, a Etiópia
  7. Os principais produtos exportados pelos países do COMESA: o petróleo bruto, as roupas, especiarias, o café, os fertilizantes

O Acordo COMESA-Estados Unidos pertence à Civilização Africana (Espaço Económico da África Austral) e à Civilização Cristã-Ocidental (Espaço Económico Americano - Norte-americano).

Acordos de Livre-Comércio (ALC) dos Estados Unidos: União Europeia, UEMOA (Guiné-Bissau)...

Acordos de Livre-Comércio do Egito: MERCOSUL, União Europeia (EUROMED), Acordo de Agadir, Turquia, AELC, CEN-SAD...



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Ensino superior para todos a preços acessíveis
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página