Escola Negócios EENI Business School
Portos de Moçambique, Maputo



Conteúdo da unidade curricular - Os portos de Moçambique: Maputo, Nacala e Beira. O Porto de Maputo

  1. Introdução aos portos de Moçambique
  2. Porto de Maputo
  3. Porto de Beira
  4. Porto de Nacala
  5. Projeto do Corredor de Nacala
  6. Corredor de Desenvolvimento de Maputo

Transporte marítimo em África - Portos da África Oriental.

A unidade curricular «Os portos de Moçambique» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Cursos de Logística: Transporte em África, transporte marítimo
  2. Cursos Superiores: Negócios na África Oriental, Transporte Internacional
  3. Mestrados: Transporte em África, Negócios Africanos, Transporte Internacional, Comércio Exterior
  4. Doutoramentos (Doutorados) Logística Global, Negócios Africanos, Comércio Mundial

Estudante Doutoramento Mestrado Negócios Comércio Exterior

Moçambique (Mestrado negócios) Mestrados e Doutoramentos em Negócios Internacionais Online da EENI adaptados para os estudantes de Moçambique

Línguas de estudo Ensino superior à distância online em Português ou Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Ports of Mozambique ou Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Ports du Mozambique. Resumo em Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Puertos de Mozambique.

Exemplo da unidade curricular - O Porto de Maputo (Moçambique):

Curso Mestrado: Porto de Maputo (Moçambique)





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular - O Porto de Maputo.

Os portos mais importantes de Moçambique são:

  1. Porto de Maputo
  2. Porto de Beira
  3. Porto de Nacala

Corredores de Moçambique:

  1. Projeto do Corredor de Nacala
  2. Corredor de Desenvolvimento de Maputo

Porto de Maputo (Moçambique):

  1. O Porto de Maputo está localizado ao oeste da Baía de Maputo (Oceano Índico)
  2. Concessão: Empresa de Desenvolvimento do Porto de Maputo
  3. Localizado a 120 quilómetros da fronteira da África do Sul
  4. A 80 quilómetros da Suazilândia (Namaacha)
  5. Duas áreas. Canal de acesso (Baía de Maputo). Canal do norte
  6. 11 terminais: terminal de carga de Maputo, terminais de carga a granel Matola, terminal aço (minerais a granel)
  7. Os principais produtos de exportação e de importação: os minerais a granel (mineral de cromo, mineral de ferro, níquel...), açúcar, legumes, carvão, óleos vegetais...
  8. A gestão: a Companhia de Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique

Corredor de Desenvolvimento de Maputo:

  1. Acesso a nove regiões encravadas da África do Sul (Limpopo, Gauteng, Mpumalanga)
  2. Gauteng (África do Sul): a maior região do mundo produtora de ouro (40% do PIB sul-africano). Uma das áreas mais industriais da África do Sul
  3. O acesso a Pretória (Capital da África do Sul) e a Witwatersrand (Ekurhuleni), Joanesburgo Mogale City
  4. O acesso a Phalaborwa (Complexo petroquímico)
  5. Em Limpopo (produção minera), acesso: Malaui, Zâmbia, Zimbábue
  6. Mpumalanga: 76% das minas de carvão da África do Sul. Eletricidade
  7. Corredor multimodal: porto, rodovia e Caminho de Ferro

Curso Mestrado: Porto de Maputo (Moçambique)

Porto de Nacala:

  1. O Porto de Nacala é um dos maiores portos de águas profundas naturais da região
  2. Porto de Transbordo
  3. 4 berços de carga
  4. 1 posto de berço para contentores
  5. Terminal de carga geral
  6. Terminal para carga liquida a granel
  7. 8 armazéns (21.000 m²)
  8. Acesso as regiões do norte de Moçambique
  9. Acesso a Malaui pelo Caminho de Ferro de Nacala (931 quilómetros), é o porto mais cercado do Malaui
  10. Projeto do Corredor de Nacala (Rodovia)
  11. Acesso a Zâmbia (Porto interior de Chipata)

Porto de Beira:

  1. Localizado no Estuário de Pungwe (Oceano Índico)
  2. Profundidade: 8-10 metros
  3. Armazéns: 15.000 m²
  4. Terminal de contentores multiúso (645 metros)
  5. Terminal de grãos de Beira
  6. Projeto: expansão do porto. Facilidades e instalações. Terminal de carga geral
  7. Acesso aos mercados encravados de África Austral e Oriental
  8. Harare (Zimbábue): 559 quilómetros e Bulawayo: 726 quilómetros
  9. Caminho de Ferro Beira - Machipanda (Zimbábue) (318 quilómetros)
  10. Blantyre (Malaui): 812 quilómetros e Lilongwe: (950 quilómetros)
  11. Lusaca (Zâmbia): 1.054 quilómetros e Kitwe: 1.370 quilómetros
  12. Acesso a Lubumbashi (República Democrática do Congo): 1.600 quilómetros

Os portos de Moçambique pertencem ao Espaço Económico da África Oriental da Civilização Africana.

Curso recomendado para os estudantes de Angola estudar Mestrado Doutoramento em Negócios Angola, Brasil (estudar mestrado doutorado negócios) Brasil, Cabo Verde estudar Doutoramento Mestrado Negócios Cabo Verde, Guiné-Bissau estudar Mestrado Doutoramento Negócios Guiné-Bissau, Moçambique (Mestrado negócios) Moçambique, Portugal estudar Doutoramento Mestrado Negócios Portugal e São Tomé e Príncipe, estudar mestrado negócios São Tomé e Príncipe.

As comunidades económicas regionais:

  1. SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral)
  2. COMESA-EAC-SADC Tripartido

As rodovias transafricanas.

  1. Corredor Beira-Lobito
  2. Corredor Norte-Sul

Mais informação: Moçambique (Portal Africano da EENI Global Business School)

  1. Transporte e logística em Moçambique
  2. Nampula
  3. Quelimane
  4. História de Moçambique

Portal África, Escola de Negócios EENI



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página