Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone

EENI- Universidade Hispano-Africana - Escola de Negócios


Início EENI

Conteúdo programático da unidade curricular: O Corredor Transafricano Cairo-Gaborone (África)

  1. Introdução ao Corredor Cairo-Gaborone
  2. As principais características da Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone
  3. O acesso a nove mercados da África Austral, do leste e do norte: o Botsuana, o Egito, a Etiópia, o Quénia, a África do Sul, o Sudão, a Tanzânia, a Zâmbia e o Zimbábue
A unidade curricular «A Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior (Doutoramentos, Mestrados, Licenciaturas) à distância da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
  1. Curso Transporte na África
  2. Doutoramento profissional em Negócios na África
  3. Mestrados à distância: Negócios Internacionais, Comércio Exterior, África Subsariana, Países Muçulmanos
  4. Licenciatura em Negócios Interafricanos à distância

Estudante Doutoramento em negócios, EENI (Escola de Negócios) e Universidade HA

Materiais de estudo em Ensino superior em Português + Educação superior em Inglês Cairo-Gaborone Corridor Cursos à distância EaD em Francês Corridor Cairo-Gaborone Educação superior em Espanhol Corredor Cairo-Gaborone.

Confiamos na África

Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais na África
Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais

Descrição da unidade curricular (Ensino superior) - O Corredor Cairo-Gaborone.

A Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone, 8.861 quilómetros, enlaça:

  1. A África do norte: o Egito (1.140 quilómetros)
  2. A África do Leste: o Sudão (1.321 quilómetros), a Etiópia (1.692 quilómetros), o Quénia (938 quilómetros), a Tanzânia (1.216 quilómetros)
  3. A África Austral: o Zâmbia (1.496 quilómetros), o Zimbábue (538 quilómetros), o Botsuana (520 quilómetros), a África do Sul

As principais características do Corredor Transafricano Cairo-Gaborone:

  1. Os países do Corredor Transafricano Cairo-Gaborone: o Egito, o Sudão, a Etiópia, o Quénia, a Tanzânia, a Zâmbia, Zimbábue, o Botsuana, a África do Sul
  2. As principais línguas: o árabe e o inglês
  3. Principais cidades enlaçadas: Cairo, Aswan, Arkeen, Wadi Halfa (Sudão), Omdurman, Cartum, Doka, Gedaref, Galabat (Etiópia), Azezo, Merawu, Dejen, Adis Abeba, Mojo, Dila, Mega, Moyale, Marsabit (Quénia), Nanyuki, Marua, Nairóbi, Athi River, Namanga, Arusha (Tanzânia), Dodoma, Iringa, Mbeya, Nakonde (Zâmbia), Serenje, Lusaca, Zimba, Victória Falls, Bulawayo (Zimbábue), Plumtree, Francistown (Botsuana), Mahalapye, Gaborone
  4. Extensão para a África do Sul: Gaborone - Lobatse - Ramatlabama
  5. A Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone é o corredor Transafricano mais longo
  6. No Cairo começa o Corredor Cairo-Dakar
  7. Em Senar (Sudão) enlaça com o Corredor Jamena-Jibuti
  8. Na Zâmbia enlaça com o Corredor Beira-Lobito
  9. Enlaça com o Corredor Central, o Corredor Lagos-Mombaça e o Corredor do Norte-Sul
  10. A parte final da Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone chega até Cidade do Cabo (África do Sul), se inclui-se esta parte final, a longitude total deste corredor é 10.228 quilómetros
  11. Os principais portos da Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone: Porto Said (Egito), Porto do Lobito (Angola), Porto de Dar es Salaam (Tanzânia), Porto de Durban (África do Sul), Porto de Mombaça (Quénia), Porto Sudão
  12. O acesso ao Canal de Suez
  13. A principal religião na região da Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone: Islão e Cristianismo

Exemplo da unidade curricular - A Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone:
Corredor Cairo-Gaborone (Rodovia Transafricana)

A Rodovia Transafricana Cairo-Gaborone pertence à Civilização Africana.

  1. O Espaço Económico da África Oriental
  2. O Espaço Económico da África Austral

As comunidades económicas regionais envolvidas:

  1. O Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  2. A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  3. A Comunidade da África Oriental (EAC)
  4. O Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC
  5. A Comunidade dos Estados Sahel-Saarianos (CEN-SAD)


(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)