Fazendo Negócios na França Paris

EENI

 

Conteúdo programático Comércio Exterior e Negócios na França.

- Introdução à França. A população da França.
- A Economia da França.
- O comércio exterior francês.
- Relações franco portuguesas. Parceria Estratégica Brasil-França.
- Investimento direto estrangeiro.
- Estrutura Empresarial e Principais Empresas.
- Tecnologias da Informação e Comunicação.
- Estilo de negociação francês.
- Casos de estudo: Grupo Michelin. Alstom. Essilor. L’Oréal. Danone. Carrefour
- Introdução ao Francês
- Acesso ao mercado francês
- Plano de Negócios para França

Máster em Comércio e Marketing Internacional

Materiais de estudo em: Pt En International Business Es Comercio Exterior

Religião da França: Catolicismo (Cristianismo)

Acesso a Mercado francês

Resumo da unidade: Fazendo Negócios na França:

A economia da França
A República Francesa (64 milhões de pessoas) é um mercado desenvolvido e tem a 5ª maior economia mundial por Produto Interno Bruto nominal (2.865 bilhões dólares) e a 8ª maior economia em poder de compra. França é o país mais visitado (82 milhões de turistas por ano).

A economia da República Francesa é profundamente baseada nos serviços (76% do produto interno bruto).

O comércio exterior francês. França ocupa o 2º lugar mundial na exportação de serviços e produtos de exportação agrícolas e o 4º lugar mundial em produtos de exportação (sobretudo de equipamento).

A República Francesa efetua 70% do Comércio Internacional com os sócios da União Européia. O comércio exterior francês tem um superávit na balança comercial de produtos de exportação e déficit na de serviços.

Exemplo da unidade Comércio Internacional e Negócios na França:
Negócios França

A República Francesa realiza 66% de seu Comércio internacional com seus sócios da União Européia (50% com a zona do euro).

A Alemanha importa 14% das exportação da França, seguida da Itália, Espanha, Reino Unido, Bélgica, Estados Unidos, Países Baixos, Suíça e China

Do total dos produtos importados, 16% foram originárias da Alemanha seguido por Bélgica, Itália, China, Espanha, Estados Unidos, Reino Unido, Países Baixos, Rússia, Suíça e Japão.

A República Francesa é o 2º país europeu mais atrativo para o Investimento estrangeiro Direto,

Pedro Teilhard de Chardin
Interligar pensamento humanidade

Estratégias de internacionalização de companhias Francesas

Europa

(c) EENI- Escola de Negócios (1995-2014)
EENI Escola de Negócios