Mercado único da UE

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular: o mercado único da União Europeia.

  1. Introdução ao mercado único da União Europeia
  2. Os princípios generais do mercado único da UE
  3. A função do Parlamento Europeu na realização do mercado único
  4. A livre circulação de mercadorias
  5. A livre circulação de trabalhadores
  6. A liberdade de estabelecimento e a livre prestação de serviços
  7. O reconhecimento mútuo de diplomas
  8. A livre circulação de capitais
  9. A política da concorrência e o mercado único
  10. Casos de estudo:
    1. A posição dominante de Google de acordo à União Europeia
    2. A aquisição de Jazztel pela Orange
    3. A impugnação do Acordo do Governo de Aragon (Espanha) sobre o ensino universitário, que restringe a concorrência no setor universitário
  11. Os contratos públicos
  12. O direito das sociedades
  13. A propriedade intelectual, industrial e comercial
  14. A proteção do consumidor. A nova política de consumidores da UE
  15. O Sistema Europeu de Supervisão Financeira (SESF). Os serviços financeiros
  16. O sistema INTRASTAT: as estadísticas do comércio exterior entre os países da UE

Os objetivos da unidade curricular «O Mercado único da UE» são os seguintes:

  1. Compreender o funcionamento do mercado único da UE
  2. Analisar os princípios de livre circulação de pessoas, serviços, capitais e mercadorias dentro do mercado único
  3. Entender a política da concorrência aplicada dentro do mercado único
A unidade curricular «o mercado único da UE» estuda-se...
  1. Doutoramento à distância: Europa
  2. Mestrados: Europa, Negócios Internacionais
  3. Curso: Mercado Único da UE

Línguas da unidade curricular: Português + Espanhol Mercado Unico UE Inglês EU Francês UE.

Descrição da unidade curricular - O mercado único da UE:

Um dos maiores logros da União Europeia foi a realização do mercado único. No mercado único da UE no existem fronteiras interiores e por tanto aplica-se o princípio de livre circulação de pessoas, serviços, capitais e mercadorias.

A criação do mercado único implicou profundos câmbios estruturais nas economias dos Estados-membros da UE: eliminação dos monopólios e das barreiras técnicas, a liberalização dos mercados... A UE emitiu uma serie de normas e regras que os países membro tiveram que incorporar-lhas obrigatoriamente nas suas legislações.

  1. O mercado único eliminou os direitos de aduana e as restrições quantitativas
  2. O mercado único da UE permitiu aumentar os intercâmbios comerciais (exportações e importações) em dez anos um 15% anual dentro da União Europeia
  3. Estima-se que graças ao mercado único foram criados 2,5 milhões de postos de trabalho
  4. A União Europeia estima que se fossem eliminados as barreiras ainda existentes no mercado único, o PIB da Europa dos vinte e oito aumentaria em 235.000 milhões de euros
  5. A culminação do mercado único ainda não se conseguiu por isso a Estratégia Europa 2020 é chave para e desenvolvimento do mercado único

Veja também:

  1. A Diretiva de Serviços do mercado interior da UE
  2. O mercado único digital europeu
  3. A fiscalidade no mercado único
  4. A União Económica e Monetária (UEM) da UE
  5. A União Aduaneira da UE

Exemplo da unidade curricular - o mercado único da UE:
Mercado único da UE

Todos os países da UE (Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, Dinamarca, França, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, os Países Baixos, Polónia, Portugal, o Reino Unido (BREXIT), a República Checa, Roménia, Suécia) fazem parte do mercado único da UE.

União Económica e Monetária da UE

Mercado único digital da UE

O mercado único da UE pertence ao Espaço Económico Europeu da civilização ocidental.

Universidade U-EENICatalunña es España