Fazendo negócios no Uganda

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo Conteúdo programático da unidade curricular. Comércio exterior e negócios no Uganda - Kampala.

  1. Introdução à República do Uganda (África Oriental)
  2. Fazendo negócios em Kampala
  3. A economia do Uganda
  4. O comércio exterior ugandense
  5. Os acordos de comércio livre (ACL) do Uganda
  6. Incentivos à exportação
  7. O setor da floricultura no Uganda
  8. Casos de estudo:
      - Associação dos exportadores de flor do Uganda.
      - Companhia Rosebud
  9. As oportunidades de negócios no setor do agronegócio: peixe, frutas, legumes...
  10. Tecnologias da informação e comunicações no Uganda
  11. Investir no Uganda
  12. Casos de estudo:
      - Madhvani.
      - Mehta.
      - AYA.
      - BIDCO refinarias de petróleo
  13. Introdução ao inglês e ao suaíli
  14. Acesso ao mercado ugandense
  15. Plano de negócios para o Uganda

Objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Uganda»:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior ugandense
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Uganda
  3. Analisar as relações comerciais do Uganda com o país do aluno
  4. Conhecer os acordos de comércio livre (ACL) do Uganda
  5. Analisar o perfil das empresas ugandesas
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado ugandense

Créditos

A unidade curricular «Fazendo negócios no Uganda» estuda-se:
  1. Mestrados: África Subsariana, Mercados Fronteiriços, Negócios Internacionais
  2. Doutoramento em Negócios na África (educação à distancia)
  3. Curso: África Oriental

Idioma de estudo: Português ou Inglês Uganda Francês Ouganda Espanhol Uganda.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Uganda»: 2 ECTS
  2. Duração estimada: 2 semanas

Shule ya biashara.

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e o Negócios no Uganda:
Comunidade da África Oriental (EAC)

Confiamos na África

Descrição Descrição da unidade curricular: Fazendo negócios no Uganda:

O Uganda desfruta da uma localização privilegiada no coração da África Subsariana, na região da África oriental.

O Uganda: um dos mercados fronteiriços africanos de maior crescimento e aberto ao investimento externo (IDE).

  1. O Uganda faz fronteira com o Sudão, o Sudão do Sul, o Quénia, a Tanzânia, o Ruanda e a República Democrática do Congo
  2. Principais idiomas: inglês e suaíli
  3. A população: 33 milhões de pessoas
  4. A área: 236.040 quilómetros quadrados
  5. Capital: Kampala (1,2 milhões de pessoas)
  6. Tipo de governo: República presidencialista
  7. A independência do Reino Unido: outubro de 1962
  8. Moeda: Shilling do Uganda

Principais religiões do Uganda: cristianismo (Protestantismo e catolicismo: 15 milhões de pessoas) - Islão (12%).

  1. Os cristãos representavam ao redor de 84% da população do Uganda.
  2. A Igreja Católica Romana tem o maior número de seguidores (41,9%), seguida da Igreja Anglicana do Uganda (35,9%).
  3. Os muçulmanos representam o 12% da população. A população muçulmana é principalmente sunita.

O Uganda pertence ao espaço económico da África Oriental da civilização africana.

A economia do Uganda

O Uganda oferece uma oportunidade excecional para os negócios no coração da África. O Uganda já é o pais preferido de várias principais corporações e organizações internacionais. O Uganda é uma das economias de mais rápido crescimento (6%) e um dos países mais liberais para o investimento estrangeiro na África. Um lugar onde as oportunidades de negócio são muitas, é um lugar ideal para criar uma ponte para o acesso a África.

A economia do Uganda tem um grande potencial. Dotada de importantes recursos naturais, incluindo a terra fértil, as precipitações regulares ou os depósitos minerais, é preparada para um rápido crescimento económico. No entanto, a instabilidade política crónica e o gerenciamento económico errático produziram um recorde negativo persistente.

As exportações de produtos não-tradicionais (vestuário, o couros e peles, baunilha, legumes, frutas, flores, peixes...) estão crescendo, enquanto as exportações tradicionais (algodão, chá, o tabaco) continuarão serem os pilares da economia.

O desempenho do setor agrícola no Uganda tem melhorado continuamente. O Uganda tem uns bons solos agrícolas (terras aráveis) e climáticos, como grandes oportunidades de investimento e negócio nos seguintes subsetores:

  1.  Peixes
  2.  Café
  3.  Flores
  4.  Frutas e legumes
  5.  Silvicultura.

O Conselho para a Promoção das eExportações do Uganda é uma organização da promoção Pública de comércio internacional, trabalhando baixo a superintendência do Ministério de turismo, a indústria e comércio do Uganda.

Principais oportunidades de negócio.

  1. Setor agroalimentar: peixe, frutas, verduras...
  2.  Tecnologias da informação e comunicação.
  3.  Floricultura.

Tecnologias da informação e comunicação no Uganda.

  1. É um setor dinâmico e vibrante, o setor registou um crescimento de dois dígitos desde 2000 e cresceu um 33%.
  2. Os fluxos do investimento direto estrangeiro foram muito fortes, o setor atraiu a mais de 73 milhões de dólares.
  3. O emprego direto situa-se em 6.000 pessoas, enquanto mais de 350.000 pessoas são empregadas indiretamente.
  4. O dinamismo do setor é o resultado do bom enquadramento jurídico e regulamentar das TIC no Uganda, um meio económico estável, bem como as reformas económicas aplicadas desde princípios de 1990.
  5. O subsetor das telecomunicações, anteriormente dominada por um único operador nacional, foi-se liberando gradualmente nos últimos dez anos.

Corredor Africano do norte

Corredores transafricanos:

  1. Corredor Norte
  2. Corredor Lagos-Mombaça
  3. Corredor Central

Portos mais próximos:

  1. Porto de Dar es Salaam (Tanzânia)
  2. Porto de Mombaça (Quénia) - Caminho-de-ferro

O Uganda tem acesso preferencial...

  1. Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento (IGAD)
  2. Comunidade da África Oriental (EAC)
  3. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  4. Acordo de Cotonou
  5. Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC
  6. Acordo Marco de comércio e investimentos COMESA-Estados Unidos
  7. Lei de Crescimento e Oportunidades para a África
  8. Acordo Comercial Comunidade da África Oriental-Estados Unidos

Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC África

O Uganda é membro...

  1. União Africana (UA)
  2. Nova Parceria para o Desenvolvimento da África (NEPAD)
  3. Comissão Económica para a África (CEA)
  4. Banco Africano de Desenvolvimento
  5. Banco Islâmico de Desenvolvimento
  6. Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)
  7. Conferência Internacional sobre a região dos Grandes Lagos
  8. Organização Mundial do Comércio (OMC)...

Negócios Uganda

Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento (IGAD)

União Aduaneira COMESA

Iniciativa da Bacia do Nilo

Conferência Internacional sobre a região dos Grandes Lagos

Uganda empresas

Uganda coomercio exterior

Banco Desenvolvimento África Oriental

Universidade U-EENI