Inicio EENI

EENI- Unviersidade e Escola de Negócios

Corredor Transafricano Lagos-Mombaça

Conteúdo programático da subunidade curricular: O Corredor de transporte Africano Lagos (Nigéria) - Mombaça (Quénia)

  1. Introdução ao Corredor Transafricano Lagos-Mombaça
  2. As principais características do Corredor Mombaça-Lagos
  3. O acesso a seis mercados do Leste, do Centro e do Leste da África: a Nigéria, os Camarões, a República Centro-Africana, a República Democrática do Congo, o Uganda e o Quénia
A subunidade curricular «O Corredor de transporte Africano Lagos-Mombaça» estuda-se:
  1. Curso: Transporte na África
  2. Mestrados profissionais: Negócios Internacionais, África Subsariana
  3. Doutoramento Negócios na África (à distância)
  4. Licenciatura em Negócios Interafricanos à distância

Língua de estudo Inglês Lagos-Mombasa Corridor ou Francês Corridor Lagos-Mombasa. Resumo em Português Espanhol Corredor Lagos-Mombasa.

Confiamos na África

Criação da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais na África
Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais

Descrição da subunidade curricular - O Corredor Lagos-Mombaça.

O Corredor Transafricano Lagos-Mombaça, ou Rodovia Transafricana 8, enlaça:

  1. África Ocidental: Nigéria
  2. África Central: Camarões, a República Centro-Africana (CAR) e República Democrática do Congo
  3. África Oriental: Uganda e Quénia

As principais características do Corredor Transafricano Lagos-Mombaça são:

  1. As cidades do Corredor Lagos-Mombaça (6.260 quilómetros): a Nigéria (737 quilómetros), os Camarões (1.044 quilómetros), a República Centro-Africana (1.319 quilómetros), a República Democrática do Congo (1.561 quilómetros), o Uganda (696 quilómetros) e o Quénia (902 quilómetros)
  2. As secções estimados faltantes: 2.946 quilómetros (principalmente nos Camarões, na República Centro-Africana e no Congo)
  3. As principais cidades enlaçadas.
    - Nigéria: Lagos, Shagamu, Ogun, Ondo SB, o Benim, EDO SB, Asabra Onitsha, Ananbra, Enugu, Abakaliki, Emugo SB
    - Camarões: Ekok, Mamfe, Bamenda, Bafoussam, Tibatim Meidougou, Garoua Boulai. Acesso à Porto de Duala
    - República Centro-Africana: Bouar, Baoro, Bossembele, PK 12, Bangui, Damara, Sibut, Bambari, Bangassou
    - República Democrática do Congo: Bondo, Dulia, Buta, Kisangani, Nia Nia, Komanda, Beni, Kasindi
    - Uganda: Mbarara, Kampala, Mbalala, Jinja, Bugiri, Malaba
    - Quénia: Webuye, Lesseru, Eldoret, Nakuru, Kamandura, Nairóbi, Athi River, Machakos, Voi, Porto de Mombaça
  4. O Corredor Lagos-Mombaça é a principal rota República Centro-Africana - Porto de Duala (Camarões) (Principal porto do comércio exterior da República Centro-Africana)
  5. As principais religiões da região do Corredor Lagos-Mombaça: o Cristianismo e o Islão
  6. As línguas principais: o francês e o inglês

O Corredor Transafricano Lagos-Mombaça enlaça com os seguintes corredores transafricanos:

  1. Na Nigéria com o corredor Dakar-Lagos e com o corredor Argel-Lagos
  2. No Uganda com o Corredor do norte
  3. No Quénia com o corredor Cairo-Gaborone

Exemplo da subunidade curricular: o Corredor Transafricano Lagos-Mombaça
Lagos Mombaça Corredor

Os principais portos do Corredor Lagos-Mombaça:

  1. O Porto de Lagos (Nigéria)
  2. O Porto de Duala (Camarões)
  3. O Porto de Mombaça (Quénia)

O Corredor Lagos-Mombaça pertence à Civilização Africana.

  1. O Espaço Económico da África Oriental
  2. O Espaço Económico da África Central
  3. O Espaço Económico da África Ocidental

Comunidades económicas regionais (REC) implicadas:

  1. A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)
  2. A Área Monetária da África do Oeste (ZMAO)
  3. A Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC)
  4. A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)
  5. O Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  6. A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  7. O Acordo Tripartido COMESA-EAC-SADC
  8. A Autoridade Intergovernamental para o desenvolvimento (IGAD)
  9. A Comunidade da África Oriental (EAC)
  10. A Comunidade dos Estados Sahel-Saarianos (CEN-SAD)


(c) EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais (1995-2018)