Fazendo negócios no Ruanda

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular: o comércio exterior e os negócios no Ruanda. Kigali

  1. Introdução à República do Ruanda (África Central)
  2. Fazendo negócios em Kigali
  3. A economia ruandesa
  4. O comércio exterior do Ruanda
  5. As oportunidades de negócios e do investimento no Ruanda
    1. Infraestrutura
    2. Agricultura
    3. Energia
    4. Turismo
    5. Tecnologias da informação e comunicação
    6. Mineração
    7. Serviços financeiros
    8. Bens raízes e construção
    9. Fabricação
  6. Caso de estudo: Bralirwa
  7. A Junta de Desenvolvimento do Ruanda (RDB)
  8. Introdução ao francês
  9. O acesso ao mercado ruandês
  10. Plano de negócios para o Ruanda

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Ruanda»:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior ruandês
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Ruanda
  3. Analisar as relações comerciais do Ruanda com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de comércio livre do Ruanda
  5. Analisar o perfil das empresas ruandesas
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado ruandês
A unidade curricular «Fazendo negócios no Ruanda» estuda-se:
  1. Cursos: África Oriental, África Central
  2. Doutoramento em Negócios na África (EaD)
  3. Mestrados à distância: Negócios Internacionais, África Subsariana

Idioma de estudo: Português + Inglês Rwanda ou Francês Ruanda Espanhol Ruanda.

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e fazendo negócios no Ruanda»: 1 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e fazendo negócios no Ruanda:
Comércio exterior e fazendo negócios no Ruanda

Confiamos na África

Descrição da unidade curricular (Comércio e negócios no Ruanda).

O Ruanda: o país africano mais densamente povoado.

  1. A República do Ruanda é uma nação rural pobre, com um 90% da população trabalhando na agricultura
  2. O Ruanda é o país mais densamente povoado da África
  3. No tem saída ao mar e ademais tem poucos recursos naturais e uma pequena indústria
  4. O genocídio (1994) foi dramático
  5. A capital do Ruanda: Kigali (1 milhões de pessoas) - uma das cidades mais seguras da África
  6. O Ruanda é um país sem acesso ao mar
  7. Os idiomas oficiais do Ruanda: Kinyarwanda, o francês, o inglês, Kisuaíli
  8. A independência: 1962 (Bélgica)
  9. A população ruandesa: 12 milhões de pessoas
  10. A área: 26.338 quilómetros quadrados
  11. As fronteiras da República do Ruanda: Uganda, Burundi, República Democrática do Congo, Tanzânia

A religião no Ruanda: cristianismo

  1. Catolicismo (4,7 milhões de pessoas)
  2. Protestantes (4 milhões, 43% da população)

O Ruanda pertence à civilização africana.

  1. O Espaço Económico da África Central
  2. O Espaço Económico da África Oriental

Comunidade da África Oriental (EAC)

A economia ruandesa:

  1. O crescimento do PIB ruandês: 7%
  2. O PIB per capita: 644 dólares
    1. A agricultura: 90% da população ativa
    2. O setor serviços: 45% do PIB
    3. O setor industrial: 15% do PIB
  3. O setor ruandês mais dinâmico: a construção e os bens raízes
  4. A inflação ruandesa: 4,4%
  5. Os principais produtos de exportação: chá e café, os minerais
  6. O comércio exterior com os países da Comunidade da África Oriental (EAC): 35% do total das exportações
  7. A moeda: o Franco ruandês (RWF)

O comércio exterior ruandês: as exportações do Ruanda continuam sendo suficientemente pequenas em comparação com a média da África central, baseando-se sobretudo nas exportações de chá e café e recentemente, dos produtos minerais.

Os portos mais próximos:

  1. O Porto de Mombaça (Quénia)
  2. O Porto de Dar es Salaam (Tanzânia)

Os corredores transafricanos:

  1. O Corredor Central
  2. O Corredor do norte

Corredor Africano do norte

O Ruanda tem acesso preferencial:

  1. O Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  2. O Acordo COMESA-EAC-SADC Tripartido
  3. A Comunidade da África Oriental (EAC)
  4. A Comunidade Económica dos Estados da África Central (ECCAS)
  5. União Europeia : Sistema de preferências generalizadas
  6. O Acordo de Cotonou
  7. O Acordo de Comércio Livre (ACL) com a Índia
  8. A AGOA Estados Unidos Ruanda
  9. O Acordo Comunidade da África Oriental-EUA

Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)

O Ruanda é membro do:

  1. A Conferência Internacional sobre a região dos Grandes Lagos
  2. A Comunidade Económica na região dos Grandes Lagos
  3. O Banco Africano de Desenvolvimento
  4. A Comissão Económica para a África (CEA)
  5. A Nova Parceria para o Desenvolvimento da África (NEPAD)
  6. A União Africana (UA)
  7. A Iniciativa da Bacia do Nilo
  8. O Fórum África (Ruanda) China
  9. O Fórum África (Ruanda) Índia
  10. O Fundo Monetário Internacional (FMI)
  11. A UNCTAD
  12. A Organização Mundial do Comércio (OMC)...

Comunidade Económica dos Grandes Lagos

Ruanda Comércio Exterior

Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)

Banco dos Estados da África Central

Grandes Lagos África



Universidade U-EENI