Corredor Central (África, Curso transporte)

Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Conteúdo programático da unidade curricular (EAD): o Corredor Central de transporte (Burundi, Congo, Ruanda, Tanzânia, Uganda)

  1. Introdução ao Corredor Central
  2. As principais características do Corredor Central
  3. Acesso a cinco mercados África Central e Oriental: o Burundi, a República Democrática do Congo, o Ruanda, a Tanzânia e o Uganda

Corredores africanos de transporte


A unidade curricular «O Corredor Africano Central» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior à distância (EAD) da Escola de Negócios EENI & Universidade HA:
  1. Cursos de Logística: Transporte em África, Transporte rodoviário, multimodal
  2. Mestrados: Transporte em África, Negócios Africanos, Transporte Internacional
  3. Doutoramentos: Logística Global, Negócios Africanos, Comércio Mundial

Estudante Doutoramento Mestrado Negócios à distância

Angola Doutoramento em Negócios EAD Mestrados e Doutoramentos em Negócios Internacionais adaptados para os estudantes de Angola

Língua de estudo Estudar mestrado comércio exterior em Inglês Central Corridor ou Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Corridor central (Afrique). Resumo em Ensino superior à distância em Português Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Corredor Central.

Exemplo da unidade curricular online - O Corredor Central (África):
Curso Mestrado: Corredor Central (África)





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular (EAD) - O Corredor Central.

O Corredor Central (África) (1.300 quilómetros) enlaça:

  1. África Central: Burundi, a República Democrática do Congo e Ruanda
  2. África Oriental: Tanzânia e Uganda

As principais características do Corredor Central:

  1. Gerenciado pela Agência de facilitação do transporte do Corredor Central
  2. Modos de transporte do Corredor Central: rodovia, transporte ferroviário e vias navegáveis interiores
  3. Estado geral da rodovia: boas condições.
  4. E-Carga disponível
  5. População estimada da região do Corredor Central: 120 milhões de habitantes.

Os portos:

Porto de Dar es Salaam.

  1. Tempo de permanência de um contentor no Porto de Dar es Salaam: 9-11 dias (29 dias em 2008)
  2. Seis depósitos de contentores interiores
  3. Representa 65% do Comércio exterior da Tanzânia

Outros portos

  1. Porto Seco de Isaka
  2. Portos de Mwanza, Kemondo Bay, Porto Bell e Jinja
  3. Portos de Kigoma, Bujumbura, Moba, Baraka, Kasanga, Kalundu e Kalemie

Sistema de caminhos-de-ferro: a Corporação dos Caminhos-de-Ferro da Tanzânia (2.700 quilómetros de 1 metro de galga). Só 6 por cento do tráfego do Corredor Central.

Os postos fronteiriços One Stop em Rusumo (Burundi - Ruanda), Mutukula (Uganda), Kabanga / Kobero (Tanzânia). Estações de Inspeção One Stop (OSIS) no Porto de Dar es Salaam, Rusumo, Vigwaza, Manyoni e Nyakanazi.

Principais cidades:

  1. Tanzânia: Dar es Salaam, Chalinze (Muheza - Arusha - Namanga: enlaça com o Corredor do norte), Kilosa, Dodoma, Singida, Igunga, Isaka (Shingaya, Mwanza), Nyakanazi, Nyakahura, Muleba, Bukoba, Kyaka, Mutukula
  2. Burundi: Kabero, Ngozi, Gitega, Bujumbura
  3. Ruanda: Kigali, Goma, Bukavu (RD Congo)
  4. Uganda: Mutukula, Masaka (enlaça com o Corredor do norte)
  5. Extensão a República Democrática do Congo: Goma e Bukavu a Walikale

Acesso à Zâmbia.

  1. Tanzânia: Dar es Salaam - Corredor (Kilosa, Iringa, Mbeya, Tunduma) enlaça com Lusaca
  2. Tanzânia: via Lago Tanganica - Mpulungu

Enlaça com os seguintes corredores transafricanos:

  1. Cairo-Gaborone

As comunidades económicas regionais (CER) implicadas:

  1. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  2. Comunidade da África Oriental (EAC)
  3. Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)
  4. Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  5. Acordo de Livre-Comércio COMESA-EAC-SADC
  6. Autoridade Intergovernamental para o desenvolvimento (IGAD)

Línguas principais do Corredor Central: francês e inglês.

Principal religião da região do Corredor Central: Cristianismo.

O Corredor Central pertence à Civilização Africana.

  1. Espaço Económico da África Oriental
  2. Espaço Económico da África Austral

Portal Africano da Escola de Negócios EENI & Universidade HA
Portal África, Escola de Negócios EENI & Universidade HA



(c) Escola de Negócios EENI & Universidade HA (1995-2019). Não usamos cookies.