EENI-Escola de Negócios

Banco Africano de Desenvolvimento

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular - O Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD).

  1. Introdução ao Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD)
  2. Os recursos do Banco Africano de Desenvolvimento
  3. O Relatório sobre o desenvolvimento da África
  4. A estrutura do Banco Africano de Desenvolvimento
  5. O Fundo Africano de Desenvolvimento
  6. O Fundo Fiduciário da Nigéria
  7. A estratégia do Banco Africano de Desenvolvimento para 2013-2022
    1. O desenvolvimento das infraestruturas africanas
    2. A integração económica regional na África
    3. As tecnologias da informação e a integração
    4. A governança e responsabilização
  8. Competências e tecnologia
  9. Os Fundos do Banco Africano de Desenvolvimento:
    1. O Fundo de Comércio da África
    2. O Fundo da infraestrutura África 50
    3. A Iniciativa africana de mercados financeiros (AFMI)
    4. A Associação Africana do financiamento (*)
    5. O Fundo de Garantia para as pequenas e médias empresas africanas
  10. Os instrumentos financeiros do Banco Africano de Desenvolvimento. (*)
  11. O Mecanismo de Revisão de Pares da África (NEPAD)
  12. A Iniciativa sobre as mulheres empresárias africanas. (*)
  13. A agricultura e agroindústrias (*)
    1. O Fundo para a aceleração da agricultura (AFT)
  14. Caso de estudo:
    1. Clima do investimento africano (ICF)
    2. O impacto da crise global na África
  15. O Acordo de constituição do Banco Africano de Desenvolvimento
  16. A Área de Livre Comércio Continental Africana

Os projetos e as operações do Banco Africano de Desenvolvimento (*).

  1. Introdução aos projetos e as operações do Banco Africano de Desenvolvimento
  2. Os negócios com o Banco Africano de Desenvolvimento
  3. Ciclo de projetos do Banco
  4. Identificação, preparação e avaliação do projeto
  5. A negociação de empréstimos
  6. Aprovação da Junta
  7. Assinatura do empréstimo
  8. Eficácia do empréstimo
  9. Implementação
  10. Avaliação posterior
  11. Aquisições e licitações
  12. As regras e os procedimentos para aquisição de bens e contratação de empreitadas (Pt)
  13. As regras e os procedimentos para o uso de consultores (Pt)
  14. Glossário de termos das aquisições do Banco Africano

(* Só disponível em inglês ou francês).

Os objetivos da unidade curricular «O Banco Africano de Desenvolvimento» são os seguintes:

  1. Entender os objetivos, a estrutura e as funções do Banco Africano de Desenvolvimento
  2. Identificar as áreas da cooperação do Banco Africano de Desenvolvimento
  3. Analisar a estratégia do Banco Africano de Desenvolvimento para o período 2013-2022
  4. Avaliar os fundos (Fundo Africano de Desenvolvimento, o Fundo Fiduciário da Nigéria, o Fundo de Comércio da África...) e os instrumentos financeiros do Banco Africano de Desenvolvimento
  5. Compreender os projetos e as operações do Banco Africano de Desenvolvimento
A unidade curricular «O Banco Africano de Desenvolvimento» estuda-se:
  1. Curso: instituições transformação da África
  2. Doutoramento em Negócios na África
  3. Mestrados à distância: Negócios Internacionais, África Subsariana, Países CPLP, Países Muçulmanos
  4. Licenciatura: Negócios Interafricanos

Língua de estudo: Português ou Inglês African Development Bank Francês Banque Africaine Espanhol Banco Africano.

  1. Créditos da unidade curricular «O Banco Africano de Desenvolvimento»: 1,3 ECTS
  2. Duração estimada: 1 semana
 A transformação económica da África

Exemplo da unidade curricular - O Banco Africano de Desenvolvimento:
Banco Africano de Desenvolvimento

Confiamos na África

Descrição da unidade curricular - O Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD):

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD) é a primeira instituição financeira de desenvolvimento do continente africano.

O Banco Africano de Desenvolvimento tem como missão lutar contra a pobreza, melhorar as condições de vida dos africanos e mobilizar recursos para o desenvolvimento económico e social dos seus países-membros regionais.

A missão do Banco Africano de Desenvolvimento é promover o crescimento económico sustentável e reduzir a pobreza na África

«Mais que infraestruturas, é a vontade política a que impulsiona a integração regional na ÁfricaDonald Kaberuka, presidente do Banco Africano de Desenvolvimento.

O principal objetivo do Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento é promover o crescimento sustentado para a redução da pobreza através do financiamento de projetos e programas de desenvolvimento, por meio de créditos, dos investimentos e da assistência técnica aos países-membros regionais.

O Banco Africano de Desenvolvimento é um banco multilateral de desenvolvimento cujos acionistas incluem cinquenta e três países da África (países-membros regionais) e 24 países não-africanos das Américas, da Ásia e da Europa.

O grupo do Banco Africano de Desenvolvimento compreende três instituições:

  1. O Banco Africano de Desenvolvimento
  2. O Fundo Africano de Desenvolvimento
  3. O Fundo Fiduciário da Nigéria.

É mais fácil e rápido para o Burquina Faso exportar o seu feijão verde para a França que para os países vizinhos

O Fundo de Comércio da África (AfTra) do Banco Africano de Desenvolvimento.

  1. Fundo de Comércio da África é um mecanismo de assistência técnica de vários milhões de dólares relacionados com o comércio exterior com o objetivo de acelerar a integração dos países-membros da região e as Comunidades Económicas regionais (CER) nos sistemas de comércio regional e mundial.
  2. O Fundo de comércio da África é atualmente uma das maiores facilidades do financiamento de assistência técnica relacionada com o comércio exterior na África. Os resultados das exportações da África são pobres apesar dos impostos mais baixos e um acesso mais livre aos mercados estrangeiros

Os países-membros regionais do Banco Africano de Desenvolvimento são a Argélia, Angola, o Benim, o Botsuana, o Burquina Faso, Burundi, os Camarões, Cabo Verde, a República Centro-Africana, o Chade, as Comores, o Congo, a Costa do Marfim, a República Democrática do Congo, Jibuti, do Egito, a Guiné Equatorial, a Eritreia, a Etiópia, o Gabão, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, o Quénia, o Lesoto, a Libéria, a Líbia, Madagáscar, o Maláui, o Mali, a Mauritânia, Maurícia, o Marrocos, Moçambique, a Namíbia, o Níger, a Nigéria, Ruanda, São Tomé e Príncipe, o Senegal, as Seicheles, a Serra Leoa, a Somália, a África do Sul, o Sudão, a Suazilândia, a Tanzânia, o Togo, a Tunísia, o Uganda, a Zâmbia, e o Zimbábue.

O Banco Africano de Desenvolvimento pertence ao Espaço Económico da África Ocidental da Civilização Africana.

O Fundo Africano de Desenvolvimento:
Fundo Africano de Desenvolvimento

A Estratégia do Banco Africano de Desenvolvimento:
Estratégia do Banco Africano de Desenvolvimento

O Fundo de comércio da África (AfTra) do Banco Africano de Desenvolvimento:
Fundo de comércio da África

Mini Alemayehou foi Diretora executiva no Conselho do Banco Africano de Desenvolvimento.

Programa de Desenvolvimento das Infraestruturas da África PIDA


(c) EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais