Escola Negócios EENI Business School
Negócios na Itália, Roma

Conteúdo programático da unidade curricular - Comércio exterior e negócios na Itália, Roma. A economia italiana

  1. Introdução à República Italiana (União Europeia)
  2. Fazendo negócios em Roma e em Milão
  3. A economia italiana
  4. O comércio exterior (exportações, importações) italiano.
    1. O comércio exterior (exportações, importações) entre a Itália e o Brasil
  5. Casos de estudo: empresas italianas
    1. Ferrero
    2. Benetton
    3. Fiat
  6. Acesso ao mercado Italiano
  7. Plano de negócios para a Itália

Os objetivos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios na Itália» são os seguintes:

  1. Analisar a economia e o comércio exterior (exportações, importações, investimentos IED) italiano
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no mercado italiano
  3. Analisar as relações comerciais da Itália com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio (ALC) da Itália como um membro da União Europeia
  5. Desenvolver um plano de negócios para o mercado italiano
A unidade curricular «Comércio exterior e negócios na Itália» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Europeus, Comércio Mundial
  2. Mestrados: Negócios na Europa, Negócios Internacionais, Comércio Exterior

Línguas de estudo: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramentos) em Português + Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Italy Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Italie Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Italia.

Estudantes, Mestrado Negócios Internacionais, Comércio Exterior

  1. Créditos da unidade curricular «Comércio exterior e negócios na Itália»: 2 ECTS
  2. Duração: duas semanas

A EENI em Italiano Commercio Estero.

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e negócios na Itália:

Mestrado Curso: Comércio Exterior e negócios na Itália





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular - Comércio exterior e negócios em Itália:

Transporte e logística na Itália

  1. Rede Principal de Corredores de Transporte Europeus
  2. Corredor de Transporte Báltico-Adriático (Polónia, República Checa, Eslováquia, Áustria, Itália, Eslovénia)
  3. Acesso ao:
    1. Corredor de Transporte Atlântico (Portugal-Espanha-França-Alemanha)
    2. Corredor de Transporte Mar do Norte-Mediterrâneo

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio da Itália

  1. A Itália e o Espaço Económico Europeu
  2. União Europeia
    1. Mercado Único da União Europeia
    2. Diretiva de Serviços
    3. Mercado único digital europeu
    4. União Económica e Monetária (UEM)
    5. União Aduaneira da UE
    6. Como um membro da União Europeia, a Itália beneficia-se dos Acordos de Livre-Comércio da UE: o México, o Canadá, o Líbano, a ASEAN, a Moldávia, a Comunidade Andina, a América Central, a Coreia, a Índia, etc. Além da União aduaneira com a Turquia
    7. Acordo União Europeia-MERCOSUL (Brasil)
  3. Iniciativa Centro-europeia
  4. Iniciativa Adriático-Jónica
  5. Conselho de Cooperação Regional
  6. Conselho de Estados do Mar Báltico (CBSS) - país observador
  7. Sistema de Integração Centro-Americana (SICA) - país observador
  8. Associação da Orla do Oceano Índico para a cooperação (IORA) - Parceiro de diálogo

A Itália é membro observador:

  1. Associação dos Estados das Caraíbas (AEC)
  2. Associação Latino-Americana de Integração (ALADI)
  3. Conselho de Estados do Mar Báltico (CBSS)
  4. Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro
  5. Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro (BSEC)

Facilitação do comércio exterior

  1. Organização Mundial do Comércio (OMC)
    1. Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (AGCS)
    2. Acordo de Facilitação do Comércio (AFC)
    3. Acordo de Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF)
    4. Acordo de Inspeção Pré-embarque (PSI)
    5. Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC)
    6. Acordo de Salvaguardas (SG)
  2. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
    1. Convenção de Quioto Revisada (CQR)
  3. Oficina Internacional de Contentores e Transporte Intermodal (BIC)
  4. Organização da Aviação Civil Internacional (Convenção de Chicago, OACI)
  5. Organização Marítima Internacional (IMO)
    1. Convenção Internacional relativa à Seguridade dos contentores (CSC)
    2. Convenção relativa à Admissão Temporária (Convenção de Istambul)
  6. Convenção relativa ao Contrato de Transporte Internacional de Mercadorias por Estrada (CMR)
  7. Convenção Internacional para a Simplificação e Harmonização dos Regimes Aduaneiros (UNECE)
  8. União Internacional dos Transportes Rodoviários (IRU)
    1. Acondicionamento da Carga nos Transportes Rodoviários
    2. Convenção TIR
  9. Convenção CMR (Transporte por Estrada, NU)
  10. Convenção COTIF (Transporte Ferroviário)
  11. Regras contrato de transporte ferroviário de mercadorias (CIM, CIT)
  12. Câmara Internacional de Navegação (ICS)

Corredor de Transporte Mar do Norte-Mediterrâneo (Irlanda, Reino Unido, Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, França)

Organizações económicas e comerciais europeias

  1. União Europeia (UE)
    1. Banco Central Europeu
    2. Banco Europeu de Investimento (BEI)
    3. Grupo de Estados contra a Corrupção do Conselho da Europa
    4. Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento
    5. Cimeira União Europeia-CELAC
  2. Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE)
  3. Comissão Económica para a Europa (CEPE)

Organizações económicas globais

  1. Nações Unidas (NU)
    1. Conferência sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD)
    2. Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI)
    3. Centro de Comércio Internacional (INTRACEN)
    4. Comissão para o Direito Comercial Internacional (CNUDCI)
  2. Banco Mundial (BM)
  3. Organização Mundial do Comércio (OMC)
  4. Fundo Monetário Internacional (FMI)
  5. Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE)
  6. Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento
  7. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD)
  8. Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD)
  9. Diálogo Ásia-Europa (ASEM)
  10. G8
  11. G20
  12. Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (CEPAL)
  13. Banco Interamericano de Desenvolvimento (país no mutuário)
  14. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) - país observador

A República Italiana (Europa)

  1. As fronteiras da Itália: a França, a Suíça, a Áustria e a Eslovénia.
  2. A língua oficial: italiano
  3. A capital italiana: Roma
  4. A área italiana: 301.340 quilómetros quadrados
  5. A população italiana: 61 milhões de habitantes
  6. Governo da Itália: República parlamentar

A religião da Itália: Cristianismo. O Catolicismo Romano é a maior religião da Itália

A Itália pertence à civilização cristiana ocidental (Espaço Económico europeu)

Corredor Báltico-Adriático (Polónia, Eslováquia, Áustria, Itália)

A economia italiana

  1. A economia italiana é a quarta maior da União Europeia
  2. Os maiores setores da economia da República Italiana (60 milhões de habitantes) são: a moda, a construção mecânica, o turismo (o quinto país do mundo que mais turistas recebe), os produtos de exportação químicos, o setor automotivo e os produtos agroalimentares
  3. As regiões do norte são das mais ricas da União Europeia (UE)
  4. Milão é o centro financeiro e industrial da República Italiana, é uma das capitais mundiais da moda
  5. Roma é a terceira cidade mais visitada da União Europeia (UE)
  6. Turim é o centro da indústria automobilística italiana

Acordo de Associação União Europeia (Portugal)-Tunísia

O comércio exterior italiano

  1. Os principais produtos exportados: os produtos de exportação de engenharia, os têxteis, as máquinas industriais, os veículos, os equipamentos de transporte, os produtos de exportação químicos, os alimentos, as bebidas, os minerais...
  2. Os principais mercados (exportações): a Alemanha, a França, os Estados Unidos, a Espanha, o Reino Unido.
  3. Os principais parceiros (importações): a Alemanha, a França, os Países Baixos, a China, a Bélgica, a Espanha

Empresas italianas

  1. O Grupo Ferrero, tem uma faturação de 6.000 milhões de euros. O grupo tem trinta e oito companhias, dezoito usinas de produção e 21.600 empregados. O Grupo Ferrero é o terceiro grupo do mundo no setor de «produtos doces de chocolate»
  2. O Grupo Fiat é o maior grupo industrial da Itália e um dos maiores do mundo, com operações em mais de sessenta países. O maior mercado para o Grupo Fiat depois da Itália, o Brasil ocupa um lugar de destaque na estratégia global da Fiat

Corredor de Transporte Atlântico (Portugal-Espanha-França-Alemanha)

BENETTON

Benetton está presente em 120 países. O seu «core business» é a moda. É um grupo com uma forte personalidade italiana e um «know how» elevado tanto em produção como em marketing. O grupo produz mais de 100 milhões de confeções cada ano, quase 90% na Europa. A sua rede de vendas de 5.000 lojas em todo o mundo cresce constantemente gerando um faturamento de 2 triliões de euros nas suas lojas.

Um dos aspectos chave da empresa é sua agressiva em inovadora estratégia de comunicação. «Fabrica» é o centro de pesquisa em comunicação de Benetton, criada em 1994 em Treviso (a Itália). Dirigida por uma equipe internacional encarrega-se de definir a estratégia de comunicação e de colocá-la em marcha, em todos os mercados nos quais atuam. Neste curso (unidade curricular) se analisarão estas estratégias de comunicação.

Outro dos sucessos de Benetton foi controlar diretamente a logística, investindo importantes quantidades em automatizar os processos logísticos com o objetivo de alcançar uma total integração com o ciclo de produção, desde as ordens dos clientes até a embalagem e entrega.

Acordo de Associação União Europeia (Portugal)-Chile

Exemplo da unidade curricular - Comércio exterior e negócios na Itália:

Documento Único Alfandegário (DUA) União Europeia, Portugal

Sistema de preferências generalizadas (SPG, União Europeia) Disposição Tudo menos armas (EBA)

(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2021)
Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações.
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página