Escola de Negócios EENI Business School

Negócios na Itália, Roma


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - Comércio exterior e negócios na Itália, Roma. A economia italiana.

  1. Introdução à República Italiana (União Europeia);
  2. Fazendo negócios em Roma e em Milão;
  3. A economia italiana;
  4. O comércio exterior italiano.
    1. O comércio exterior entre a Itália e o Brasil.
  5. Casos de estudo: empresas italianas
    1. Ferrero;
    2. Benetton;
    3. Fiat.
  6. Acesso ao mercado Italiano;
  7. Plano de negócios para a Itália.

Os objetivos da UC «Comércio exterior e negócios na Itália» são os seguintes:

  1. Analisar a economia, o comércio exterior e os investimentos (IED) italiano;
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no mercado italiano;
  3. Analisar as relações comerciais da Itália com o país do estudante;
  4. Conhecer os acordos de livre-comércio (ALC) da Itália como um membro da União Europeia;
  5. Desenvolver um plano de negócios para o mercado italiano.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: negócios nos países da União Europeia

Comércio exterior e negócios na Itália:
Mestrado Curso: Comércio Exterior e negócios na Itália

Estudantes Negócios Internacionais, Curso Mestrado Doutoramento

A UC «Comércio exterior e negócios na Itália» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Doutoramento (Doutorado DIB): Negócios Europeus, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Mestrados (MIB): Negócios Internacionais, Comércio Exterior.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Italy Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Italie Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Italia.

  1. Créditos da UC «Comércio exterior e negócios na Itália»: 2 ECTS;
  2. Duração: duas semanas.

A EENI em Italiano Commercio Estero.

Comércio exterior e negócios em Itália:

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Corredores de Transporte Europeus

Corredor de Transporte Mar do Norte-Mediterrâneo (Irlanda, Reino Unido, Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, França)

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento): Acesso preferencial / Acordos comerciais

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio da Itália.

  1. A Itália e o Espaço Económico Europeu;
  2. União Europeia
    1. Mercado Único da União Europeia;
    2. Diretiva de Serviços;
    3. Mercado único digital europeu;
    4. União Económica e Monetária (UEM);
    5. União Aduaneira da UE;
    6. Como um membro da União Europeia, a Itália beneficia-se dos Acordos de Livre-Comércio da UE;
    7. Acordo União Europeia-MERCOSUL (Brasil).
  3. Iniciativa Centro-europeia;
  4. Iniciativa Adriático-Jónica;
  5. Conselho de Cooperação Regional;
  6. Conselho de Estados do Mar Báltico (CBSS) - país observador;
  7. Sistema de Integração Centro-Americana (SICA) - país observador;
  8. Associação da Orla do Oceano Índico para a cooperação (IORA) - Parceiro de diálogo.

Acordo de Associação União Europeia (Portugal)-Tunísia

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Facilitação do Comércio

  1. Organização Mundial do Comércio (OMC)
    1. Acordo Geral sobre o Comércio de Serviços (AGCS);
    2. Acordo de Facilitação do Comércio (AFC);
    3. Acordo de Aplicação de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (MSF);
    4. Acordo de Inspeção Pré-embarque (PSI);
    5. Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (OTC);
    6. Acordo de Salvaguardas (SG);
  2. Organização Mundial das Alfândegas (OMA)
    1. Convenção de Quioto Revisada (CQR).
  3. Oficina Internacional de Contentores e Transporte Intermodal (BIC);
  4. Organização da Aviação Civil Internacional (Convenção de Chicago, OACI);
  5. Organização Marítima Internacional (IMO)
    1. Convenção Internacional relativa à Seguridade dos contentores (CSC);
    2. Convenção relativa à Admissão Temporária (Convenção de Istambul).
  6. Convenção relativa ao Contrato de Transporte Internacional de Mercadorias por Estrada (CMR);
  7. Convenção Internacional para a Simplificação e Harmonização dos Regimes Aduaneiros (UNECE);
  8. União Internacional dos Transportes Rodoviários (IRU)
    1. Acondicionamento da Carga nos Transportes Rodoviários;
    2. Convenção TIR.
  9. Convenção CMR (Transporte por Estrada, NU);
  10. Convenção COTIF (Transporte Ferroviário);
  11. Regras contrato de transporte ferroviário de mercadorias (CIM, CIT);
  12. Câmara Internacional de Navegação (ICS).

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: À União Europeia e as suas instituições

Organizações económicas e comerciais europeias.

  1. União Europeia (UE)
    1. Banco Central Europeu;
    2. Banco Europeu de Investimento (BEI);
    3. Grupo de Estados contra a Corrupção do Conselho da Europa;
    4. Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento;
    5. Cimeira União Europeia-CELAC.
  2. Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE);
  3. Comissão Económica para a Europa (CEPE).

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Globalização e organizações

Organizações económicas globais.

  1. Nações Unidas (NU)
    1. Conferência sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD);
    2. Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI);
    3. Centro de Comércio Internacional (INTRACEN);
    4. Comissão para o Direito Comercial Internacional (CNUDCI).
  2. Banco Mundial (BM);
  3. Organização Mundial do Comércio (OMC);
  4. Fundo Monetário Internacional (FMI);
  5. Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE);
  6. Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento;
  7. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD);
  8. Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD);
  9. Diálogo Ásia-Europa (ASEM);
  10. G8;
  11. G20;
  12. Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (CEPAL);
  13. Banco Interamericano de Desenvolvimento (país no mutuário)
  14. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) - país observador

A Itália é membro observador:

  1. Associação dos Estados das Caraíbas (AEC);
  2. Associação Latino-Americana de Integração (ALADI);
  3. Conselho de Estados do Mar Báltico (CBSS);
  4. Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro;
  5. Organização para a Cooperação Económica do Mar Negro (BSEC).

Mercado único digital da União Europeia: um e-mercado livre e aberto. Portugal

A República Italiana (Europa).

  1. As fronteiras da Itália: a França, a Suíça, a Áustria e a Eslovénia;
  2. A língua oficial: italiano;
  3. A capital italiana: Roma;
  4. A área italiana: 301.340 quilómetros quadrados;
  5. A população italiana: 61 milhões de habitantes;
  6. Governo da Itália: República parlamentar.

A religião da Itália: Cristianismo. O Catolicismo Romano é a maior religião da Itália.

A Itália pertence à Civilização Cristã-Ocidental (Espaço Económico Europeu).

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Cristianismo e Negócios (catolicismo, protestantismo)

Corredor Báltico-Adriático (Polónia, Eslováquia, Áustria, Itália)

A economia italiana.

  1. A economia italiana é a quarta maior da União Europeia;
  2. Os maiores setores da economia da República Italiana (60 milhões de habitantes) são: a moda, a construção mecânica, o turismo (o quinto país do mundo que mais turistas recebe), os produtos de exportação químicos, o setor automotivo e os produtos agroalimentares;
  3. As regiões do norte são das mais ricas da União Europeia (UE);
  4. Milão é o centro financeiro e industrial da República Italiana, é uma das capitais mundiais da moda;
  5. Roma é a terceira cidade mais visitada da União Europeia (UE);
  6. Turim é o centro da indústria automobilística italiana.

Empresas italianas.

  1. O Grupo Ferrero, tem uma faturação de 6.000 milhões de euros. O grupo tem trinta e oito companhias, dezoito usinas de produção e 21.600 empregados. O Grupo Ferrero é o terceiro grupo do mundo no setor de «produtos doces de chocolate»;
  2. O Grupo Fiat é o maior grupo industrial da Itália e um dos maiores do mundo, com operações em mais de sessenta países. O maior mercado para o Grupo Fiat depois da Itália, o Brasil ocupa um lugar de destaque na estratégia global da Fiat.

Acordo de Associação União Europeia (Portugal)-Chile

Comércio Exterior (exportações, importações) Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento)

O comércio exterior italiano.

  1. Os principais produtos exportados: os produtos de exportação de engenharia, os têxteis, as máquinas industriais, os veículos, os equipamentos de transporte, os produtos de exportação químicos, os alimentos, as bebidas, os minerais..;
  2. Os principais mercados (exportações): a Alemanha, a França, os Estados Unidos, a Espanha, o Reino Unido;
  3. Os principais parceiros (importações): a Alemanha, a França, os Países Baixos, a China, a Bélgica, a Espanha.

Corredor de Transporte Atlântico (Portugal-Espanha-França-Alemanha)

Benetton está presente em 120 países. O seu «core business» é a moda. É um grupo com uma forte personalidade italiana e um «know how» elevado tanto em produção como em marketing. O grupo produz mais de 100 milhões de confeções cada ano, quase 90% na Europa. A sua rede de vendas de 5.000 lojas em todo o mundo cresce constantemente gerando um faturamento de 2 triliões de euros nas suas lojas.

Um dos aspectos chave da empresa é sua agressiva em inovadora estratégia de comunicação. «Fabrica» é o centro de pesquisa em comunicação de Benetton, criada em 1994 em Treviso (Itália). Dirigida por uma equipe internacional encarrega-se de definir a estratégia de comunicação e de colocá-la em marcha, em todos os mercados nos quais atuam. Neste curso (unidade curricular) se analisarão estas estratégias de comunicação.

Outro dos sucessos de Benetton foi controlar diretamente a logística, investindo importantes quantidades em automatizar os processos logísticos com o objetivo de alcançar uma total integração com o ciclo de produção, desde as ordens dos clientes até a embalagem e entrega.


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2023)
Não usamos cookies
Topo da página