Fazendo negócios nas Seicheles

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da unidade curricular: comércio exterior e negócios nas Seicheles - Victória.

  1. Introdução a República das Seicheles (África Oriental)
  2. Negócios em Vitória
  3. Economia das Seicheles
  4. Comércio exterior seichelense
  5. Procedimentos alfandegários
  6. Oportunidades de negócios e de investimento nas Seicheles
      - Pesca
      - Indústrias Offshore
      - Energia
      - Agricultura
      - Turismo
  7. Junta de investimentos das Seicheles
  8. Caso de estudo: Seicheles Trading Companhia
  9. Acesso ao mercado seichelense
  10. Plano de negócios para as Seicheles

Objetivos da unidade curricular "Fazendo negócios na República das Seychelles":

  1. Analisar a economia e o comércio exterior seichelense
  2. Avaliar as oportunidades de negócio nas Seychelles
  3. Analisar as relações comerciais das Seychelles com o país do aluno
  4. Conhecer os tratados de livre comércio (TLC) das Seychelles
  5. Analisar o perfil de empresas seichelense
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado seichelense
A unidade curricular "Negócios nas Seicheles" estuda-se:
  1. Doutoramento em Negócios na África (EaD)
  2. Curso: África Oriental
  3. Mestrados à distancia: Negócios Internacionais, África Subsariana

Idioma de estudo: Pt + En Seychelles ou Fr Seychelles Es Seychelles.

  1. Créditos da unidade curricular "Fazendo negócios nas Seicheles": 2 ECTS
  2. Duração estimada: 2 semanas

Exemplo da unidade curricular (Fazendo negócios nas Seicheles):
Seicheles Negócios

Confiamos na África

Descrição da unidade curricular (Fazendo negócios nas Seicheles).

Comissão Oceano Índico

A República das Seicheles (África).

As Seicheles: primeiro país africano em Desenvolvimento Humano
Um dos países menos corruptos da África.

  1. Área: 455 quilómetros quadrados
  2. Capital: Vitória
  3. População seichelense: 90.000
  4. Taxa de alfabetização de adultos: 96%
  5. Religião: 86% dos seichelenses são católicos
  6. Idiomas oficiais das Seicheles: crioulo, inglês, francês
  7. Independência seichelense: 1976 (Reino Unido)
  8. Tipo de governo: República Socialista multipartidário
  9. Direito civil: baseado no Código Napoleónico francês. Direito penal: em base às leis britânicas
  10. Países mais próximos: Moçambique, as Comores e Maurícia

As Seicheles pertencem ao espaço económico da África Oriental da civilização africana.

Economia das Seicheles:

  1. Crescimento do PIB seichelense: 3,5%
  2. Setor terciário: 71% do PIB
  3. Inflação: 4,4%
  4. Principais setores seichelenses: o turismo (29% do PIB), a construção, os serviços financeiros e de seguros, as tecnologias da informação e comunicação
  5. Principais produtos agrícolas: copra, casca de canela, chá
  6. Recursos naturais: a pesca, os cocos, a canela, o petróleo e o gás
  7. Principais exportações seichelenses: conservas de peixe atum, camarão congelado, casca de canela, dispositivos médicos, metais...
  8. Principais parceiros comerciais: França, Alemanha, Itália, Japão, África do Sul, Sri Lanka, Reino Unido, Estados Unidos, a União Europeia (UE), os mercados COMESA (Burundi, as Comores, República Democrática do Congo, Jibuti, Egito, Eritreia, Etiópia, Quénia, Líbia, Madagáscar, Maláui, Maurícia, Ruanda, Sudão, Suazilândia, Tanzânia, Uganda, Zâmbia e Zimbábue)...
  9. Moeda: a Rupia da Seicheles (SCR)
  10. Zonas especiais de investimento

Comissão do Oceano Índico

As Seicheles tem acesso preferencial a:

  1. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  2. Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
  3. Acordo COMESA-EAC-SADC
  4. Comissão do Oceano Índico
  5. Estados Unidos: AGOA - Acordo Marco de comércio e investimentos (COMESA)
  6. Acordo de Cotonou (União Europeia)
  7. Associação da Bacia do Oceano Índico (IORA)
  8. Tratado de Livre Comércio (TLC) com a Índia

SADC União Aduaneira

Instituições regionais das Seicheles.

  1. Banco Africano de Desenvolvimento
  2. Comissão Económica para a África (CEA)
  3. Nova Parceria para o Desenvolvimento da África (NEPAD)
  4. União Africana (UA)
  5. Cúpula África-América do Sul (ASA)
  6. As relações com a China e com a Índia

Seicheles Aduanas

Mercado Comum África Oriental COMESA

SADC Área de livre comércio



EENI Escola de Negócios