Escola de Negócios EENI Business School

África - História General


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC): História General de África da UNESCO (Pré-história - século XX)

  1. Introdução à História General de África da UNESCO
  2. Metodologia e Pré-história africana (volume I)
  3. África Antiga (volume II)
  4. África do século VII ao XI (volume III)
  5. África do século XII ao XVI (volume IV)
  6. África do século XVI ao XVIII (volume V)
  7. África do século XIX até 1880 (volume VI)
  8. África sob dominação colonial, 1880-1935 (volume VII)
  9. África desde 1935. A independência dos países africanos. (volume VIII)
  10. Fase II da História General de África. Sankofa
  11. Autores da História General de África da UNESCO

Tráfico Negreiro Transatlântico

A UC «História General de África da UNESCO» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrado: Negócios na África Subsariana
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Africanos, Negócios Islâmicos, Comércio Mundial

Estudante Doutoramento, Mestrado, Negócios Internacionais, Comércio Exterior

Línguas de estudo da unidade: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramentos) em Português, comércio exterior + Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Histoire d'Afrique Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais History of Africa Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Historia de África.

  1. Créditos (unidade curricular) «História de África»: 4 ECTS
  2. Duração: 4 semanas

Três milhões de anos da história africana.

Exemplo: História de África (UNESCO)
Metodologia e Pré-história africana

Descrição: História General de África (UNESCO).

  1. Oito volumes. Cada volume: trinta capítulos
  2. Autores africanos (Cheikh Anta Diop, Théophile Obenga, Joseph Ki-Zerbo, Amadou Hampaté Bá, Boubou Hama, Elikia M'Bokolo, Hichem Djaït, Pathé Diagne, Akin Mabogunje...) e não africanos
  3. Presidente do Comité científico internacional da História General de África: Bethwell Allan Ogot
  4. Traduções da História General de África: francês, inglês, português, árabe, suaíli, hauçá, espanhol...
  5. As relações históricas inter-africanas
  6. Contribuição africana ao desenvolvimento da humanidade
  7. A enorme diversidade de fontes existentes
  8. O reconhecimento do património cultural africano

Portal Africano da EENI
Portal África (Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe), Escola de Negócios EENI

Estados-membros da União Africana: a África do Sul, a Argélia, Angola, o Benim, o Botsuana, o Burquina Faso, Burúndi, os Camarões, Cabo Verde, a República Centro-Africana, o Chade, as Comores, o Congo, a Costa do Marfim, a República Democrática do Congo, Jibuti, Egito, a Eritreia, a Etiópia, a Guiné Equatorial, o Gabão, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, o Quénia, o Lesoto, a Libéria, a Líbia, Madagáscar, o Maláui, o Mali, a Mauritânia, Maurícia, Moçambique, a Namíbia, o Níger, a Nigéria, Ruanda, a República Árabe Saharaui Democrática, São Tomé e Príncipe, o Senegal, as Seicheles, a Serra Leoa, a Somália, o Sudão, o Sudão do Sul, o Essuatíni (Suazilândia), a Tanzânia, o Togo, a Tunísia, o Uganda, a Zâmbia e o Zimbábue.

Mestrados e Doutoramentos em Negócios Internacionais adaptados para os estudantes de Angola, do Brasil, de Cabo Verde, da Guiné-Bissau, de Moçambique, de Portugal e de São Tomé e Príncipe.

  1. Civilização Africana
  2. África: o berço da humanidade
  3. Origem comum africana da humanidade

Fonte: UNESCO (História General de África).

África Antiga

África século VII - XI

África século XII - XVI

África século XVI ao XVIII

Doutoramento Mestrado: História África século XIX 1880

Doutoramento Mestrado: História África dominação Colonial

Mega cidades africanas

Independência dos países africanos



(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2021)
Não usamos cookies
Topo da página