Théophile Obenga (historiador congolês)

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular: Théophile Obenga (República do Congo).

  1. O linguista e historiador congolês católico Théophile Obenga
  2. A teoria Negro- Egipcíaca da linguística histórica Théophile Obenga
  3. As principais obras de Théophile Obenga

O historiador, egiptólogo e linguista congolês Théophile Obenga: Afrocentricidade.

A subunidade curricular «Théophile Obenga (historiador congolês)» estuda-se:
  1. Doutoramento em Negócios na África (EaD)
  2. Mestrados à distância: Negócios Internacionais, África Subsariana
  3. Curso: África Central

Língua de estudo da subunidade curricular: Português Francês Theophile Obenga Inglês Theophile Obenga Espanhol Theophile Obenga.

Confiamos na África

Descrição da subunidade curricular: Théophile Obenga.

Théophile Mwené Ndzalé Obenga nasceu em Mbayá (República do Congo) em fevereiro de 1936 na época da Colonização. É um historiador, egiptólogo e linguista.

Junto com o grande historiador senegalês Cheikh Anta Diop, defendeu uma nova visão da história da África baseada no conceito da Afrocentricidade: que os próprios historiadores africanos sejam os protagonistas da história africana com o objetivo de revisar o património cultural africano.

  1. A religião: Théophile Obenga é Cristiano Católico
  2. Licenciado em Filosofia (Universidade de Bordeaux)
  3. Doutor em Ciências Humanas (Sorbona)
  4. A especialização de Théophile Obenga: a linguística, a egiptologia (Genebra), a Pré-história, a arqueologia pré-histórica, as correlações entre a linguagem do egípcio antigo e as línguas africanas...
  5. Ex-Diretor do Centro internacional das Civilizações Bantu (Libreville)
  6. Diretor da «Revista de egiptologia e das civilizações africanas Ankh» (Paris)
  7. Autor do volume V (África do século XVI ao XVIII) da história general da África da UNESCO
  8. Influenciado por Cheikh Anta Diop

A Teoria Negro-Egipcíaca da linguística histórica de Théophile Obenga:

  1. Identificação das características comuns das línguas negro-africanas
  2. Definição da relação genética
  3. Conclusão: a língua Negro- Egipcíaca é o antepassado comum das línguas negro-africanas

As três famílias de línguas africanas identificadas por Théophile Obenga:

  1. Negro-Egipcíaco (o egípcio antigo, copta e as línguas chadianas Cuchíticas, nilo-saarianas, Niger-cordofanas)
  2. berbere
  3. Joisán

Principais obras de Théophile Obenga (Civilização Africana - África Central):

  1. Os Bantus: línguas, povos e civilizações
  2. A África na antiguidade
  3. O Zaire, civilizações tradicionais e cultura moderna
  4. A África Central pré-colonial
  5. A dissertação histórica na África

África: berço da humanidade.

Exemplo da subunidade curricular: Théophile Obenga (historiador africano)
Théophile Obenga

Universidade U-EENICatalunña es España