Escola de Negócios EENI Business School

Religiões, marketing e Negócios


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC): as religiões do mundo, o marketing e os negócios internacionais.

  1. Introdução às religiões do mundo
  2. É religiosa a humanidade?
  3. A influência da religião nos negócios
  4. A necessidade de incluir a «variável religiosa» nas estratégias de marketing internacional
  5. A influência das religiões nas civilizações atuais

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Religiões e Negócios Internacionais

Exemplo:
Cinco pilares do Islão: peregrinação à Meca, profissão de fé, oração, Zakat, jejum

Estudante Mestrado / Doutoramento em negócios internacionais, Comércio Exterior

A UC «Religiões do mundo» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Doutorado: Ética Global, Religiões e Negócios Internacionais

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Mestrados (MIB): Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Religiões e Negócios

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Por que estudar Religiões e Negócios Internacionais?

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Religiones del mundo Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais World Religions Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Éthique mondiale, religions et affaires.

Harmonia entre as religiões e negócios internacionais (Sri Ramakrishna)

É religiosa a humanidade? Como influí a religião no marketing e nos negócios internacionais?

As religiões do mundo, o marketing e os negócios internacionais.

Esta pergunta é difícil de contestar, devido sobretudo a duas razões. Em primeiro lugar, é difícil conhecer exatamente o número de pessoas que praticam cada religião (falta de dados oficiais em muitos países, a grande incógnita sobre a religião na China...), e em segundo lugar, porque a resposta a esta pergunta variará muito se responde-a um europeu, um asiático, um americano ou um africano.

Nem será a mesma resposta para um Budista ou para um Muçulmano, que para um Agnóstico, ou para um jovem de vinte anos ou para uma pessoa de 70.

Quiçá o estudo mais sério e fiável sobre as estatísticas de religião no mundo seja o Pew Research. Segundo esta análise quase 6.000 milhões de habitantes de todo o mundo, isto é 84% da humanidade declara pertencer a algum tipo de inscrição religiosa, sendo a idade média de vinte e oito anos. Enquanto um 16%, uns 1.000 milhões de habitantes não têm nenhuma inscrição religiosa.

As quatro religiões com o maior número de seguidores (o cristianismo, o Islão, o hinduísmo e o budismo) representam 77% da humanidade.

Estima-se que um 32% da humanidade, uns 2.200 milhões de habitantes, é Cristã (sendo além disso, a religião mais globalizada, sendo a idade média de todos os cristãos de trinta anos), um 23% é muçulmana (1.600 milhões, com presença na Ásia e em África principalmente. Idade média de vinte e três anos), um 15% é hinduísta (Idade média de vinte e seis anos) e um 7% budista (Idade média de trinta e quatro anos). Além disso, 73% da humanidade vive em nações nos que o seu grupo religioso constitui a maioria da população.

A região da Ásia-Pacífico apresenta três características próprias desde o ponto de vista religioso:

  1. É a região com mais diversidade religiosa: hinduísmo, Islão, budismo, Taoismo, Confucionismo, Siquismo, Zoroastrismo, Jainismo...
  2. 76% das pessoas não filiadas a nenhuma religião vivem na Ásia-Pacífico (sem dúvida influído pelos quase 700 milhões de chineses que não afirmam pertencer a nenhuma religião)
  3. É também a região na que mais muçulmanos vivem (quase um 62% de todos os muçulmanos)

A Europa e a América são áreas eminentemente cristãs (Catolicismo, Protestantismo, Ortodoxia). Embora desde o ponto de vista dos negócios há que ter em conta à comunidade Judia, muito importante nos Estados Unidos.

Duas religiões são maioritárias em África: o Islão e o cristianismo. Embora sempre deveremos ter em conta a influência das religiões tradicionais africanas.

Estes conclusivos dados nos deveriam fazer refletir sobre a necessidade de incluir a «variável religiosa» em nossas estratégias de marketing internacional.

Ética global e negócios.

Livro: O Yoga da Sabedoria - Bagavadguitá (Gandhi) Nonell
Livro: O Yoga da Sabedoria (Bagavadguitá).


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página