Escola de Negócios EENI Business School

Maomé Bin Issa Al Jaber (Arábia Saudita)


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) - Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber (homem de negócios muçulmano).

  1. O empresário e filantropo saudita muçulmano Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber;
  2. O Grupo MBI;
  3. A responsabilidade social do Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber.

Formação online (Curso, Mestrado, Doutoramento: Negócios no Médio Oriente

Exemplo:
Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber (empresário e filantropo saudita):
Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber. Empresário árabe e filantropo muçulmano, Arábia Saudita

Estudante mestrado em negócios internacionais EAD

A UC «Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):

Cursos: Islão, Ética e Negócios, Negócios no Médio Oriente.

Mestrados (MIB): Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Países Muçulmanos, Religiões e Negócios.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Doutoramento (Doutorado DIB): Ética, Religiões e Negócios, Negócios Islâmicos, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Mohamed Jaber Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Mohamed Bin Issa Al Jaber Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Mohamed Bin Issa Al Jaber.

Harmonia entre as religiões e negócios internacionais (Sri Ramakrishna)

Negócios Ahimsa (Não-Violência) Jainismo

O empresário muçulmano saudita Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber.

O Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber, nasceu em 1959 em Jidá (Reino da Arábia Saudita) é um empresário árabe fato a se mesmo e filantropo que conseguiu construir um império de negócios internacionais que abrange a Europa e o Médio Oriente.

  1. Na lista de ricos de Forbes, o Xeque Al Jaber foi catalogado como o terceiro empresário saudita mais rico do mundo;
  2. O Xeque Maomé Al Jaber é um devoto muçulmano;
  3. O Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber é o fundador, o presidente e o CEO do Grupo MBI, que conta com ativos valorados em mais de 9.000 milhões de dólares;
  4. O grupo MBI é uma instituição de investimento mundial que atua em hospitais, bens imóveis, finanças, indústrias de petróleo e gás, alimentos..;
  5. A sua filosofia de investimento baseia-se no princípio da responsabilidade social, combinando a intuição e a gestão dos riscos com um processo de toma de decisões deliberadas e muito meditadas.

Nas suas próprias palavras podemos observar a visão Ahimsa (Não-Violência) do Xeque:

«O meu objetivo é criar um mundo mais pacífico e estável para as gerações futuras» Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber

É também o fundador e único padrão da Fundação MBI Al Jaber, uma organização benéfica registada no Reino Unido centrada na construção de pontes entre o Médio Oriente e o resto do mundo, trabalhando em três áreas-chave: a educação, o diálogo cultural e o bom governo.

O Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber considera apaixonadamente que a confiança é a pedra angular de qualquer relação. A adesão aos princípios morais e éticos é um elemento essencial para a construção de relações de confiança na vida, nos negócios e nos esforços filantrópicos.

Em 2005, o Xeque Maomé Bin Issa Al Jaber foi nomeado Enviado Especial da UNESCO para a Educação, a Tolerância e as Culturas.

O empresário muçulmano Maomé Bin Issa Al Jaber pertence ao Espaço Económico Árabe da Civilização Islâmica.

  1. O Fundo Saudita para o Desenvolvimento;
  2. O Programa Árabe do Golfo para as Organizações de Desenvolvimento das Nações Unidas (AGFUND).

Homens e mulheres de negócios da Arábia Saudita.

  1. Príncipe Alwaleed Bin Talal;
  2. Xeique Maomé Hussein Ali Al Amoudi;
  3. Sulaiman Al-Rajhi;
  4. Lubna Olayan;
  5. Hayat Sindi;
  6. Haifa Al Mansour.

Religiões e negócios.


(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2022)
Não usamos cookies
Topo da página