Curso EAD: Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental

Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Início EENI

Conteúdo programático do curso EAD (unidade curricular) - A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

  1. Introdução à Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO / ECOWAS)
  2. As instituições da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental
    1. A Comissão da CEDEAO
    2. O Parlamento da CEDEAO
    3. O Tribunal de Justiça comunitário
  3. A Área de livre comércio e a União Aduaneira da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)
    1. A Tarifa Externa Comum (TEC) da CEDEAO
    2. O Plano de liberalização do comércio da CEDEAO (ETLS)
    3. Panorâmica geral da situação do setor industrial da região
    4. O Protocolo relacionado com a definição do conceito de produtos originários dos Estados-membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental
    5. O Protocolo sobre livre circulação de pessoas, direito de residência e estabelecimento (*)
    6. O Protocolo para a reexportação dentro da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental sobre as mercadorias importadas dos países terceiros (*)
  4. O contexto socioeconómico da região da África Ocidental: o Benim, o Burquina Faso, Cabo Verde, a Costa do Marfim, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, a Libéria, o Mali, o Níger, a Nigéria, o Senegal, a Serra Leoa e o Togo
  5. Os desafios a que enfrenta-se a região da África Ocidental. Projeto VISÃO 2020.
  6. A política Industrial Comum da África Ocidental (WACIP)
  7. O Programa Regional do investimento Agrícola (ECOWAP)
  8. O projeto de facilitação do transporte
  9. A Convenção sobre o transporte pela estrada de mercadorias entre os estados da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) (*)
  10. O Programa de Desenvolvimento EPA
  11. O Sistema de troca de informações sobre as oportunidades de negócios (ECO-BIZ)
  12. O Instituto Monetário da África Ocidental (IMAO) - CEDEAO / UEMOA
  13. ECOBANK
  14. O Banco de Desenvolvimento da África Ocidental (WADB / BOAD)
  15. Cauris Gerenciamento (gestor de fundos privados) (*)
  16. O Fundo de Garantia Regional para a África Ocidental - UEMOA / ECOWAS
  17. A Sociedade para o Gerenciamento de Ativos da África Ocidental (Soaga)
  18. O Banco do investimento e Desenvolvimento da CEDEAO (EBID)
  19. Caso de estudo: (*)
    1. ASKY
    2. Empresa ABREC (biocombustíveis e Energias Renováveis na África
    3. Power Pool da África Ocidental (WAPP)
  20. O Grupo de ação Intergovernamental contra a Lavagem de Ativos e Financiamento do Terrorismo na África Ocidental (GIABA)
  21. O Acordo comercial com Mauritânia
  22. O Acordo de Parceria Económica União Europeia-CEDEAO (em negociação)

(*) Disponível só em inglês ou francês.

Os objetivos do curso (unidade curricular) «A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)» são os seguintes:

  1. Entender os objetivos, as funções e as instituições filiadas da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental
  2. Avaliar os benefícios para os países-membros da CEDEAO e as áreas da cooperação
  3. Conhecer os problemas socioeconómicos e de desenvolvimento dos países da região da África Ocidental
  4. Analisar o processo de integração económica e comercial entre os países-membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental
  5. Compreender a zona de livre comércio e a União Aduaneira da CEDEAO
  6. Analisar a facilitação e a liberalização do comércio da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental
  7. Analisar o papel das instituições filiadas da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO): IMAO, ECOBANK, BOAD...
O curso online (unidade curricular) «A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior à distância (EAD) da EENI Business School & HA University:
  1. Mestrados: África Subsariana, Países BRICS (Nigéria), Mercados Fronteiriços, Relações Económicas, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos: Negócios na África, Comércio Exterior
  3. Curso: negócios na África Ocidental
  4. Bachelor of Science em Negócios Interafricanos

Estudante Mestrado / Doutoramento em Negócios Internacionais

Língua de estudo: Ensino superior à distância em Português ou Estudar mestrado comércio exterior em Inglês ECOWAS Estudar mestrado negócios internacionais em Francês CEDEAO Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol CEDEAO.

  1. Créditos do curso (unidade curricular) «A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)»: 2 ECTS
  2. Duração estimada: 2 semanas

Exemplo do curso (unidade curricular) online - A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO):
Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) Mestrado





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Portal Africano da EENI Business School & HA University
Portal África, Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Descrição do curso (unidade curricular, Ensino superior EAD) - CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental):

A CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental) é um grupo regional de quinze países da África Ocidental criado em 1975. A sua missão é promover a integração económica em todos os campos relacionados com a economia, o comércio exterior, as telecomunicações, a energia, a segurança, os mercados financeiros, a agricultura, o transporte, a indústria, etc.

Os membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) são o Benim, o Burquina Faso, Cabo Verde, a Costa do Marfim, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, a Libéria, o Mali, o Níger, a Nigéria, o Senegal, a Serra Leoa e o Togo.

Em 2017, o Marrocos solicitou à Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)

A Mauritânia retirou-se em 2001.

Desde 2007, o Secretariado Executivo da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) tem sido transformado numa Comissão e os seus principais órgãos foram reestruturados para ajudar a aceleração da integração e do desenvolvimento na sub-região da África Ocidental.

A visão 2020 da CEDEAO prevê uma transição da uma CEDEAO dos Estados a uma CEDEAO das pessoas.

Os países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) ocupam uma área de 1.500.000 quilómetros quadrados (17% da área total da África).

  1. Os maiores países da África Ocidental são o Níger (25% do total da região) e o Mali (24%); o país menor é o Cabo Verde.
  2. A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) é a comunidade económica regional mais povoada da África
  3. A população da África ocidental é de 262 milhões de habitantes
  4. A Nigéria é o país mais povoado da região (52% da população total da CEDEAO), seguido do Gana (23 milhões de habitantes)
  5. O Cabo Verde tem a menor população (0,2%)

UEMOA ZMAO CEDEAO (Curso EAD)

As características essenciais da área de livre comércio da CEDEAO, impulsionada pelo Plano de Liberalização do comércio (ETLS), são a livre circulação de transporte, mercadorias e pessoas dentro da CEDEAO, incluída a eliminação de todas as barreiras tarifárias e não-tarifárias ao comércio exterior.

O plano de liberalização do Comércio da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) é a principal ferramenta da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental para promover a região da África ocidental como uma área de livre comércio.

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental prevê evolucionar da uma área de livre comércio a uma União Aduaneira plena e finalmente a um mercado comum para facilitar o comércio exterior na região.

obstáculos importantes para o comércio exterior dentro da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) nas áreas de transporte e da livre circulação de mercadorias.

A Tarifa Externa Comum (TEC) da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO): em vigor em janeiro de 2015

O estabelecimento do mercado comum da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental:

  1. A liberalização do comércio exterior pela supressão, entre os Estados-membros, dos direitos aduaneiros aplicados às importações e às exportações, e a abolição dos Estados-membros, das barreiras não-tarifárias a fim de estabelecer uma área de Livre comércio a nível comunitário
  2. A adoção da uma tarifa externa comum e uma política comercial comum em frente a países terceiros
  3. A supressão, entre os Estados-membros, dos obstáculos à livre circulação de pessoas, mercadorias, serviços e capitais e ao direito de residência e de estabelecimento

O estabelecimento da uma união económica da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) através da adoção de políticas comuns nos setores económicos, sociais, culturais, financeiros, e a criação da uma união monetária.

O Tribunal de Justiça comunitário foi criado de conformidade com o disposto nos artigos 6 e 15 do tratado Revisado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

Os cinco pilares da visão 2020 são:

  1. A agricultura
  2. A mulher, a infância e a juventude
  3. A comunidade empresarial (agentes económicos)
  4. As infraestruturas
  5. O governo

Organismos especializados da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)
- Organização da Saúde da África Ocidental
- Agência Monetária da África do Oeste
- Instituto Monetário da África Ocidental (IMAO)
- Centro de Desenvolvimento de Desportos e da Juventude da CEDEAO
- Centro de Desenvolvimento de género
- Unidade de Coordenação de recursos Hídricos
- Cartão marrom da CEDEAO
- Power Pool da África Ocidental
- Grupo de ação Intergovernamental contra a Lavagem de Ativos e financiamento do Terrorismo na África Ocidental
- Programa Regional de Saúde da África Ocidental
- Centro Regional da CEDEAO para a energia Renovável e Eficiência Energética
- Autoridade regional da CEDEAO para a Regulação da Eletricidade

Na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental coexiste outro bloco económico: a União Económica e Monetária do Oeste Africano formada pelo Benim, o Burquina Faso, a Costa do Marfim, a Guiné-Bissau, o Mali, o Níger, o Senegal e o Togo.

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) pertence ao Espaço Económico da África Ocidental da Civilização Africana.

Plano de liberalização do comércio da CEDEAO (ETLS):
Liberalização do comércio da CEDEAO (Curso EAD)

Área de livre comércio e a União Aduaneira da CEDEAO:
Área de livre comércio CEDEAO (Curso EAD)

Dr. Aliou Niang, professor da EENI do Senegal e consultor da CEDEAO.

Os corredores transafricanos.

  1. A Rodovia Transafricana Argel-Lagos
  2. O Corredor Dakar-Lagos
  3. A Rodovia Transafricana Trípoli-Windhoek
  4. O Corredor Jamena-Jibuti

Mestrado em Comércio Exterior Universidade Ouaga II (Burquina Faso) e a EENI
Mestrado à distância em Comércio Exterior África

  1. A União Económica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA)
  2. A Área Monetária da África do Oeste (WAMZ)
  3. A Autoridade da Bacia do Níger

Diversidade religiosa na região CEDEAO: Islão e cristianismo:
Diversidade religiosa região CEDEAO (Curso EAD)

Instituto Monetário da África Ocidental (IMAO):
Instituto Monetário da África Ocidental

O Instituto Monetário da África Ocidental (WAMI) criou-se em Acra, o Gana, em janeiro de 2001 e iniciou as suas operações em março de 2001. A missão do Instituto é levar a cabo os preparativos técnicos para o estabelecimento de um banco central comum da África Ocidental e o lançamento da uma moeda única para a área Monetária da África do Oeste (WAMZ).

O Banco de Desenvolvimento da África Ocidental (BOAD) é a instituição financeira comum para os Estados-membros o desenvolvimento da União Monetária da África do Oeste (UMOA), mais tarde transformou-se na União Económica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA) pelo tratado de 10 de janeiro 1994.

O Banco de Desenvolvimento da África Ocidental (BOAD):
Curso EAD: Banco de desenvolvimento África Ocidental

Autoridade da Bacia do Níger (Mestrado EAD, África)

WEB site Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental

(c) EENI Business School & HA University / Escola de Negócios EENI & Universidade HA (1995-2018)