Acordo AELC-Egito (Curso, Mestrado)

Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Conteúdo programático da unidade curricular (EAD): o Acordo de Livre-Comércio (ALC) Egito-Associação Europeia de Livre-Comércio (AELC)

  1. Introdução ao Acordo de Livre-Comércio Egito-Associação Europeia de Livre-Comércio
  2. As questões incluídas no acordo comercial (ALC) Egito-AELC
  3. O comércio exterior entre a Associação Europeia de Livre-Comércio (a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega, a Suíça) e a República Árabe do Egito
A unidade curricular «O Acordo de Livre-Comércio Egito-Associação Europeia de Livre-Comércio (AELC)» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior à distância (EAD) da Escola de Negócios EENI & Universidade HA:
  1. Mestrados: Europa, África, Países Muçulmanos, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Cursos: países da AELC, África Oriental
  3. Doutoramentos: Europa, Países Islâmicos, África, Comércio Exterior

Línguas da unidade curricular Ensino superior à distância em Português Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol AELC-Egipto Estudar mestrado comércio exterior em Inglês EFTA-Egypt Estudar mestrado negócios internacionais em Francês AELE-Egypte.

Exemplo da unidade curricular online - O Acordo de Livre-Comércio Associação Europeia de Livre-Comércio (AELC)-Egito:
AELC-Egito Acordo de Livre-Comércio (Curso)





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição da unidade curricular (EAD): o Acordo de Livre-Comércio (ALC) Associação Europeia de Livre-Comércio (AELC)-Egito.

A entrada em vigor do Acordo de Livre-Comércio (ALC) AELC-Egito: agosto de 2007

O principal objetivo do Acordo de Livre-Comércio (ALC) Associação Europeia de Livre-Comércio-Egito é criar uma zona de livre-comércio através de liberalização do comércio exterior (os direitos aduaneiros sobre os produtos industriais serão eliminados em 2020).

O Acordo de Livre-Comércio (ALC) Associação Europeia de Livre-Comércio-Egito inclui:

  1. O comércio de mercadorias, incluindo
    1. Os peixes e os outros produtos marinhos
    2. Os produtos agrícolas processados
  2. O comércio de serviços
  3. A contratação pública
  4. Os direitos de propriedade intelectual
  5. O Investimento estrangeiro direto (IED)
  6. A solução de controvérsias
  7. A eliminação de outras barreiras técnicas ao comércio
  8. As regras de concorrência
  9. Os monopólios estatais
  10. Os subsídios
  11. Os pagamentos e os movimentos de capitais
  12. A cooperação económica

Os acordos bilaterais sobre os produtos agrícolas básicos.

Regras de origem baseadas no modelo Euro-Mediterrânico (Euro-Med).

A Associação Europeia de Livre-Comércio pertence ao Espaço Económico Europeu e a República Árabe do Egito ao Espaço Económico da África Oriental.

Mais informação: Egito (Portal Africano da Escola de Negócios EENI & Universidade HA)

  1. Cairo
  2. Alexandria
  3. Porto Said
  4. Suez
  5. Shubra El Kheima
  6. Gizé

Portal África, Escola de Negócios EENI & Universidade HA



(c) Escola de Negócios EENI & Universidade HA (1995-2019). Não usamos cookies.