Amini Kajunju (mulher de negócios, República Democrática do Congo)

EENI- Unviersidade e Escola de Negócios


Início EENI

Conteúdo programático da subunidade curricular: Amini Kajunju (República Democrática do Congo):

  1. A empresária congolesa Amini Kajunju
  2. A sua função como a presidenta do Instituto África-América
A subunidade curricular «Amini Kajunju (República Democrática do Congo)» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior à distância da EENI (Escola de Negócios) e da Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais:
  1. Mestrado em Negócios na África Subsariana
  2. Doutoramento profissional em Negócios na África
  3. Cursos (educação à distância): África, África Central
  4. Licenciatura em Negócios Interafricanos à distância

Estudante africana Mestrado em negócios, EENI (Escola de Negócios) e Universidade HA

Língua de estudo: Ensino superior em Português ou Formação superior em Inglês Amini Kajunju Cursos à distância EaD em Francês Amini Kajunju Educação superior em Espanhol Amini Kajunju.

Exemplo da subunidade curricular - Amini Kajunju (empresária congolesa):
Amini Kajunju: empresária congolesa

Confiamos na África

Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais na África
Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais

Descrição da subunidade curricular: Amini Kajunju (empresária congolesa).

Amini Kajunju (República Democrática do Congo, 43 anos) é a presidenta do Instituto África-América, o objetivo do Instituto é fortalecer a educação na África.

«Hoje em dia, os jovens africanos entre idades de 14 a 35 anos representam mais do 50% da população Africana.

Em 2030, representarão 41% dos jovens do mundo. Este é o maior desafio da África na próxima década.» Amini Kajunju.

  1. Desde 2012, Amini Kajunju é a diretora executiva de WIBO - Nova Iorque - Estados Unidos
  2. Ela trabalhou como gerente de programas no Internacional Executivo Service Corps (IESC), uma organização que proporciona serviços gratuitos da consultoria às empresas nos países em desenvolvimento
  3. Amini Kajunju pensa que as empresas que desejem fazer negócios na África, podem tomar como exemplo, o caso do Doutor Mo Ibrahim, que vendeu CELTEL (empresa de telecomunicações) e que hoje dedica os seus recursos à filantropia e a governança na África
  4. Ela também trabalhou para Lehman Brothers (fusões e aquisições)
  5. Amini Kajunju nasceu na República Democrática do Congo, ela também viveu na Libéria, no Japão e nos Estados Unidos, em onde estudou Relações internacionais na Universidade Brigham Young e um Mestrado em Serviços Públicos na Universidade de Nova Iorque
  6. Amini Kajunju é outro exemplo da diáspora africana
  7. Kajunju não fez pública a sua inscrição religiosa
  8. A mulher de negócios africana Amini Kajunju pertence ao Espaço Económico da África Central da Civilização Africana.


(c) EENI- Escola de Negócios & Universidade Hispano-Africana de Negócios Internacionais (1995-2018)