Amini Kajunju (mulher de negócios, RD Congo)

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular: Amini Kajunju (República Democrática do Congo):

  1. A empresária congolesa Amini Kajunju
  2. Sua função como Presidenta do Instituto África-América
A subunidade curricular "Amini Kajunju (República Democrática do Congo)" estuda-se:
  1. Mestrado em Negócios na África Subsariana
  2. Doutoramento profissional Negócios na África (EaD)
  3. Cursos: África, África Central

Idioma de estudo: Pt ou En Amini Kajunju Fr Amini Kajunju Es Amini Kajunju.

Exemplo da subunidade curricular - Amini Kajunju (República Democrática do Congo):
Amini Kajunju Congo

Confiamos na África

Descrição da subunidade curricular: Amini Kajunju.

Amini Kajunju (República Democrática do Congo, 43 anos) é a presidenta do Instituto África-América, o objetivo do Instituto é fortalecer a educação na África.

"Hoje em dia, os jovens africanos entre idades de 14 a 35 anos representam mais do 50% da população Africana.

No ano 2030, representarão o 41% dos jovens do mundo. Este é o maior desafio da África na próxima década." Amini Kajunju.

  1. Desde 2012, Amini Kajunju é a diretora executiva de WIBO - Nova Iorque - Estados Unidos.
  2. Ela trabalhou como gerente de programas no Internacional Executivo Service Corps (IESC), uma organização que proporciona serviços gratuitos da consultoria a as empresas nos países em desenvolvimento.
  3. Amini Kajunju pensa que as empresas que desejem fazer negócios na África, podem tomar como exemplo, o caso do Doutor Mo Ibrahim, que vendeu CELTEL (empresa de telecomunicações) e que hoje dedica os seus recursos à filantropia e a governança na África.
  4. Ela também trabalhou para Lehman Brothers (fusões e aquisições)
  5. Amini Kajunju nasceu na República Democrática do Congo, ela também viveu na Libéria, no Japão e nos Estados Unidos, em onde estudou Relações internacionais na Universidade Brigham Young e um Mestrado em Serviços Públicos na Universidade de Nova Iorque
  6. Amini Kajunju é outro exemplo da diáspora africana.
  7. Kajunju não fez pública a sua inscrição religiosa.
  8. A mulher de negócios africana Amini Kajunju pertence ao espaço económico da África Central da civilização africana.


EENI Escola de Negócios