Relações internacionais da ASEAN

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular: as relações internacionais da ASEAN: China, Índia, Canadá...

  1. Introdução as relações internacionais da ASEAN (Sudeste Asiático)
  2. Cooperação ASEAN mais Três
  3. Iniciativa de Multilateralização Chiang Mai
  4. Iniciativa do Mercado de Bónus Asiático
  5. Relações da ASEAN com a Índia, Japão, Coreia, o Paquistão
  6. Acordo ASEAN-Austrália-Nova Zelândia
  7. Acordo ASEAN-Canadá
  8. ASEAN-União Europeia (UE)
  9. China-ASEAN
  10. Acordo de comércio e investimentos Estados Unidos-ASEAN
  11. Acordo de Cooperação ASEAN-Canadá
  12. Fórum ASEAN-Rússia
A subunidade curricular "Relações internacionais da ASEAN" estuda-se:
  1. Doutoramentos (à distancia): Ásia, Países islâmicos
  2. Mestrados profissionais: Ásia, Países Emergentes, Mercados Muçulmanos, Negócios Internacionais, Relações Económicas

Idioma de estudo: En ASEAN International Relations
Resumo do curso disponível em Pt ou Es Relaciones ASEAN Fr ASEAN.

Exemplo da subunidade curricular - Relações internacionais da ASEAN:
Relações internacionais da ASEAN

Descrição da subunidade curricular - Relações internacionais da Associação das Nações do Sudeste Asiático.

Como bloco económico, a ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático) procurou o relacionamento com outras regiões económicas do mundo como um intercâmbio de interesses comuns.

A ASEAN mantém, ademais, relações privilegiadas de cooperação política e económica com a Coreia do Sul, o Japão e a China (bloco ASEAN+3) e com os Estados Unidos (que, como é bem sabido, tem interesses estratégicos no Pacífico Sul oriental), e assinaram um Tratado de Livre Comércio (TLC) com Singapura.

A Cooperação ASEAN mais três começou em dezembro de 1997, com a convocação de uma cimeira informal entre os líderes da ASEAN e os seus homólogos da Ásia Oriental, nomeadamente a China, o Japão e a República da Coreia na segunda Cúpula informal na Malásia.

O comércio exterior da ASEAN com os três países (ASEAN+3) atingiu 413,8 mil milhões de dólares, representando uma participação de 27% do total do comércio exterior da ASEAN do ano passado.

Tratados de livre comércio (TLC) da ASEAN

Os mercados vitais para ASEAN são a Austrália, Canadá, China, a Comunidade Económica Europeia, Índia, Japão, Nova Zelândia, Rússia, os Estados Unidos e o programa de desenvolvimento das Nações Unidas (NU). Como caso especial, a ASEAN promove a cooperação com o Paquistão. O 1 de janeiro de 2010 entrou em vigor os acordos de livre intercâmbio com a Austrália e a Nova Zelândia, com a China e com a Índia.

  1. Área de livre comércio Austrália-Nova Zelândia-ASEAN
  2. Acordo de Cooperação Económica ASEAN-Canadá
  3. Área de livre comércio da ASEAN com a China
  4. Acordo de comércio exterior de bens ASEAN-Índia
  5. Iniciativa Transregional ASEAN-União Europeia (UE)
  6. Associação Económica Integral ASEAN-Japão
  7. Área de livre comércio da ASEAN-República da Coreia
  8. Fórum de negócios Rússia ASEAN
  9. Acordo de comércio e o investimento ASEAN-Estados Unidos
  10. Área de livre comércio da ASEAN como o Paquistão

Ademais a ASEAN tem contactos com outras organizações como a Organização para a Cooperação Económica (ECO), o Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), o Grupo do Rio, a Associação para a Cooperação Regional do Sul da Ásia (SAARC), o Fórum do Pacífico Sul e a Conferência Sub-regional Ásia-África.

A maioria dos países membros da ASEAN participa também na Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC), na Conferência Ásia-Europa e no Fórum Ásia América Latina.

Exemplos ASEAN

ASEAN-Índia Acordo

ASEAN-Austrália-Nova Zelândia

ASEAN-Coreia Livre Comércio

ASEAN-Japão Acordo

ASEAN-Rússia Negócios



EENI Escola de Negócios