China-ASEAN Acordo de Comércio Livre

EENI- Escola Superior de Negócios Internacionais

Conteúdo programático da subunidade curricular: o Acordo de Comércio Livre China-ASEAN

  1. Introdução à Área de livre comércio da ASEAN com a China
  2. Acordo-quadro sobre a cooperação económica global China-ASEAN
  3. O comércio exterior de bens e de serviços entre os países da ASEAN e a China
  4. Origem das mercadorias
  5. Centro ASEAN-China
  6. Cooperação funcional
A subunidade curricular «O Acordo de Comércio Livre China-ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático)» estuda-se:
  1. Mestrados à distancia: Ásia, Países Emergentes, Mercados Muçulmanos, Relações Económicas, Países BRICS, Negócios Internacionais
  2. Doutoramentos (e-learning): Ásia, Países islâmicos
  3. Cursos: China, Sudeste Asiático

Idioma de estudo: Português + Inglês China-ASEAN Espanhol China Francês Chine.

Descrição da subunidade curricular: Acordo de Comércio Livre China-ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático)

Os líderes da China e os representantes da ASEAN assinaram o Acordo-quadro sobre a cooperação económica global China-ASEAN na Sexta Cúpula China-ASEAN em novembro de 2002. Em novembro de 2004, o Primeiro-Ministro chinês Wen Jiabao e os dirigentes dos países da ASEAN foram testemunhos da assinatura do Acordo sobre o comércio exterior de mercadorias do acordo de comércio livre China-ASEAN, que entrou em vigor em julho de 2005.

Em janeiro de 2007, as duas partes assinaram o Acordo sobre o comércio exterior de serviços, que entrou em vigor em julho do mesmo ano. Em agosto de 2009, as duas partes assinaram o Acordo sobre investimentos.

O estabelecimento da área de livre comércio China-ASEAN aumenta as estreitas relações económicas e comerciais entre as duas partes, e também contribui ao desenvolvimento económico da Ásia.

A área de livre comércio da ASEAN-China é a terça maior área de livre comércio do mundo:

  1. 1,9 milhões de pessoas (30% do mundo)
  2. PIB: 2 triliões de dólares
  3. O volume de comércio internacional aumentará em um 38,9% anual.
  4. O volume do comércio exterior atingiu 105,9 mil milhões de dólares
  5. Espera-se que as importações e as exportações aumentem em um 50%
  6. Cinco países da ASEAN situam-se entre os vinte maiores parceiros comerciais da China
  7. A China é a terceira fonte das importações da ASEAN
  8. As importações procedentes da China: 107 mil milhões de dólares

Exemplo da subunidade curricular - O Acordo de Comércio Livre China-Associação das Nações do Sudeste Asiático:
Acordo de Comércio Livre China-ASEAN

Acordo de Comércio Livre (ACL) ASEAN-China

国际贸易、全球营销及国际化硕士.



Universidade U-EENI