Escola Negócios EENI Business School Universidade
México-Uruguai Acordo de Livre-Comércio

Conteúdo programático da unidade curricular - O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Uruguai (Curso, Mestrado)

  1. Introdução ao Acordo de Livre-Comércio México-Uruguai (Acordo de Complementação Económica 60)
  2. Os benefícios do acordo comercial
  3. O comércio exterior México-Uruguai

Cursos Mestrados Doutoramentos Escola Negócios EENI

A unidade curricular «O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Uruguai» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Negócios Internacionais, Comércio Exterior
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Americanos, Comércio Mundial
  3. Curso: Negócios no México

Línguas de estudo: Ensino superior à distância online em Português + Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol México-Uruguay Estudar mestrado comércio exterior online em Inglês Mexico Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Mexique.

Estudante Doutoramento Mestrado Negócios à distância online

Descrição da unidade curricular - O Acordo de Livre-Comércio (ALC) México-Uruguai:

O Acordo de Livre-Comércio México-Uruguai entrou em vigor em Março de 2001.

Em 2002, o México e os Estados-membros do MERCOSUL (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai) assinaram um acordo-quadro, registado na Associação Latino-Americana de Integração (ALADI) como Acordo de Complementação Económica Nº 54, com o objetivo de criar uma área de livre-comércio.

O Acordo de Livre-Comércio México-Uruguai incluiu disposições sobre:

  1. Acesso aos mercados
  2. As medidas sanitárias e fitossanitárias (SPS)
  3. Técnicas ligadas ao comércio exterior
  4. Os investimentos
  5. As normas e disciplinas comerciais
  6. Os direitos de propriedade intelectual
  7. Os serviços
  8. A Solução de controvérsias
  9. A administração do acordo

O comércio exterior Uruguai-México.

  1. A partir da entrada em vigência do Acordo de Livre-Comércio (ALC) Uruguai-México, em julho de 2004, o comércio exterior entre ambos países registou um incremento de 23%, apesar da baixa das exportações uruguaias, devido aos efeitos da crise no México
  2. O México foi o décimo parceiro comercial do Uruguai a nível global, e o quarto entre os países da América Latina (após a Argentina, o Brasil e a Venezuela), com uma participação de 2%.
  3. O investimento acumulado do México no Uruguai é de 200 milhões de dólares
  4. O investimento uruguaio acumulado no México ascende a 100 milhões de dólares




Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Exemplo da unidade curricular - O Acordo de Livre-Comércio México-Uruguai:

Curso: Acordo de Livre-Comércio México-Uruguai

  1. Acordos de Livre-Comércio do México: União Europeia, MERCOSUL, TLCAN, Comunidade Andina, Triângulo do norte, Costa Rica, Nicarágua, Colômbia, Chile, Acordo Estratégico Transpacífico, SELA, APEC, ALADI, Associação dos Estados das Caraíbas, Israel, Japão, AELC...
  2. Acordos de Livre-Comércio (ALC) do Uruguai
    

    (c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
    Ensino superior para todos a preços acessíveis
    Não usamos cookies.
    Voltar ao topo da página