Escola de Negócios EENI Business School

Chile-Índia (Acordo de Comércio Preferencial)


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC): o Acordo de Comércio Preferencial Chile-Índia.

  1. Introdução ao Acordo de Comércio Preferencial Chile-Índia
  2. As principais vantagens para os exportadores

Exemplo - O Acordo de Comércio Preferencial Chile-Índia:
Chile-Índia Acordo de Livre-Comércio

A UC «O Acordo Preferencial Chile-Índia» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios na América, Ásia
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Asiáticos, Negócios Americanos, Comércio Mundial
  3. Cursos: Negócios na Índia, América do Sul, Religiões da Índia e Negócios

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramentos) em Português, comércio exterior + Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Chile Estudar em Inglês online, curso mestrado doutoramento, comércio exterior, negócios internacionais Índia Chile Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Inde.

Estudante Mestrado e Doutoramento Online em negócios internacionais

Descrição - O Acordo de Comércio Preferencial Chile-Índia.

O Acordo de âmbito parcial entre o Chile e a Índia foi assinado em 2006 em Nova Deli (Índia): entrou em vigor em Agosto de 2007.

98% das exportações chilenas e 91% das exportações índias têm uma redução alfandegária média de 20%.

O fluxo de comércio exterior entre o Chile e a Índia tem mostrado incrementos consideráveis desde a assinatura do acordo. As exportações chilenas incrementaram-se em um 48,5% e as importações em um 26,5%. O Chile é o fornecedor número 29º da Índia.

Principais produtos importados pelo Chile da Índia:

  1. O capítulo 27 «Combustíveis minerais, os azeites minerais e os produtos de destilação; matérias betuminosas; ceras minerais»
  2. O capítulo 71 «Pérolas finas ou cultivadas, as pedras preciosas ou semipreciosas, os metais preciosos, chapados de metal precioso e manufaturas destas matérias»
  3. O capítulo 85 «Máquinas e aparelhos e material elétrico, e as suas parte»

As regras e o certificado de origem do acordo de âmbito parcial entre o Chile e a Índia.

CRITÉRIOS DE MERCADORIAS ORIGINARIAS.

Para os efeitos da implementação do acordo de âmbito parcial entre o Chile e a Índia, o artigo 2 (Requisitos Gerais) indica as mercadorias que serão consideradas como originarias da uma Parte:

  1. As mercadorias totalmente obtidas ou produzidas no território da Parte definidas nos Artigos 4 do Anexo do acordo;
  2. As mercadorias que não sejam totalmente produzidas no território da Parte, sempre que ditos produtos sejam elegíveis em virtude do Artigo 5 em conformidade com o Artigo 6 e/ou com o Artigo 3 do Anexo

O Acordo de Comércio Preferencial Chile-Índia pertence à Civilização Hindu e a civilização ocidental (Latino-americana).

  1. Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Índia: União Europeia, MERCOSUL, África-Índia, Brasil-BRICS, Indonésia, Conselho de Cooperação do Golfo, SAARC, BIMSTEC, IORA, APTA, ACU, ASEAN, União Aduaneira da África Austral, Maurícia, Canadá, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Singapura, Tailândia, Comunidade Andina...
  2. Acordos de Livre-Comércio (ALC) do Chile: MERCOSUL, ALADI, UNASUL, SELA, Comunidade Andina, Peru, Equador, Colômbia, México, América Central, Estados Unidos, Panamá, Canadá, China, Coreia do Sul, Japão, Austrália, União Europeia, Associação Europeia de Livre-Comércio (AELC), Turquia, APEC, Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica...

Acordos de Livre-Comércio do Chile



(c) Escola de Negócios EENI Global Business School (1995-2021)
Não usamos cookies
Topo da página