Escola de Negócios EENI Business School

Negócios no Uruguai. Economia uruguaia



Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) da EENI

Negócios em Montevidéu (Uruguai). Comércio exterior uruguaio

  1. Introdução à República Oriental do Uruguai (América do Sul)
  2. Os negócios em Montevidéu
  3. A economia uruguaia
  4. Os principais setores da economia uruguaia:
    1. Indústria
    2. Produtos alimentícios
    3. Tecnologias de informação e comunicação
    4. Turismo
    5. Serviços financeiros...
  5. O comércio exterior uruguaio
    1. Tramites de exportação e de importação no Uruguai
    2. Os acordos comerciais do Uruguai
  6. O investimento estrangeiro direto no Uruguai
  7. Casos de estudo:
    1. Florestal Oriental
    2. Cristalpet
  8. Acesso ao mercado uruguaio
  9. Plano de negócios para o Uruguai

Uruguay Negócios Florestal


Os objetivos da UC «Comércio internacional e negócios na República Oriental do Uruguai» são:

  1. Analisar a economia, o comércio exterior e os investimentos uruguaio
  2. Avaliar as oportunidades de negócio no Uruguai
  3. Analisar as relações comerciais do Uruguai com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos comerciais do Uruguai
  5. Analisar o perfil de empresas uruguaias
  6. Desenvolver um plano de negócios para o mercado uruguaio

Negócios na América do Sul

Estudante doutoramento / mestrado, negócios internacionais, comércio exterior

A UC «Comércio Exterior e Negócios no Uruguai» é estudada nos seguintes programas ministrados pela EENI Global Business School:

Mestrado em Negócios Internacionais, Comércio Exterior.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais

Doutoramento em Negócios Americanos, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais

Brasil (estudar mestrado, doutorado, Negócios Internacionais, Comércio Exterior) Mestrados para os estudantes do Brasil.

Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Uruguay Estudar comércio exterior em Inglês online Uruguay Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Uruguay.

  1. Créditos da UC «Comércio internacional e negócios no Uruguai»: 1 ECTS
  2. Duração: 1 semana

Comércio exterior e negócios no Uruguai.

Acesso preferencial / Acordos comerciais

Acesso preferencial e acordos de livre-comércio do Uruguai.

  1. A República Oriental do Uruguai e o Espaço Económico Ibero-americano
  2. MERCOSUL
    1. Acordos (ALC) do MERCOSUL: Chile, Comunidade Andina, México, Peru, Índia, Egito, o Israel, UE
  3. ALADI
  4. União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  5. Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  6. Acordo México-Uruguai
  7. Protocolo Relativo às Negociações Comerciais
  8. Comunidade Andina - país associado
  9. SICA - país observador
  10. Sistema Global de Preferências Comerciais entre os Países em Desenvolvimento (GSTP) - solicitou o acesso

Facilitação do Comércio Exterior

  1. OMC
    1. AGCS
    2. Acordo Facilitação do Comércio
    3. Acordo Medidas Sanitárias
    4. Acordo Inspeção Pré-embarque
    5. Acordo Barreiras Técnicas ao Comércio
    6. Acordo Salvaguardas
  2. OMA
    1. Convenção de Quioto
  3. Oficina de Contentores e Transporte Intermodal
  4. Convenção de Chicago (OACI)
  5. Organização Marítima Internacional
    1. Convenção Seguridade Contentores
    2. Convenção de Istambul - Não membro
  6. Convenção TIR (Transporte Rodoviário, IRU)

Integração da Ibero-América

  1. Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  2. CEPAL
  3. OEA
  4. Cúpula América do Sul-África
  5. Cúpula América do Sul-Países Árabes
  6. Cooperação América Latina-Ásia do Leste
  7. CELAC
    1. Cimeira UE-CELAC

Globalização e organizações

  1. NU
    1. UNCTAD
    2. OMPI
    3. Centro de Comércio Internacional
  2. BM
  3. OMC
  4. FMI
  5. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) - país observador

O Uruguai é o centro político e financeiro da América do Sul (sede do MERCOSUL e da Associação Latino-Americana de Integração - ALADI).

  1. Segundo o relatório publicado por «O Economista», o Uruguai é considerado como o país mais plenamente democrático da América Latina, localizado no posto vinte e sete sobre um total de 167 no mundo
  2. O Uruguai conta com um sistema de partidos políticos consolidados, e é o primeiro da América Latina, junto com o Chile, na tabela dos países com menor Índice de percepção da corrupção (relatório elaborado pela organização «Transparência Internacional»)
  3. 98% da população uruguaia tem acesso à fontes de água potável e a energia elétrica
  4. Segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o Uruguai é o terceiro país da América Latina (depois da Argentina e do Chile), com o maior Índice de Desenvolvimento Humano
  5. As fronteiras do Uruguai: o Brasil e a Argentina
  6. O Uruguai divide-se administrativamente em dezanove departamentos
  7. A capital uruguaia é Montevidéu
  8. A população uruguaia é de 3,3 milhões de habitantes
  9. A área do Uruguai é de 176.215 km2
  10. A língua oficial é o espanhol
  11. A independência da Espanha: 1828
  12. A abolição da escravatura no Uruguai: 1842
  13. A população afro-americana no Uruguai: 100.000 pessoas (4 % da população uruguaia)

A principal religião no Uruguai é o Cristianismo (2,3 milhões de Católicos).

A República Oriental do Uruguai pertence ao Espaço Económico Ibero-americano da Civilização Ocidental.

Cristianismo e Negócios (catolicismo, protestantismo)

A economia uruguaia.

  1. Montevidéu, a capital do Uruguai, é geograficamente a rota principal de mobilização de cargas do MERCOSUL, sendo o eixo de integração com os restantes países-membros do bloco ao estar compreendido dentro da área de influência de quase 200 milhões de habitantes, com o produto interno bruto per capita mais alto da América Latina
  2. O Uruguai é um país eminentemente agroexportador mesmo que o setor serviços financeiros, a logística, o transporte, as comunicações cresceu substancialmente
  3. É de destacar o importante crescimento das tecnologias de informação, em particular o desenvolvimento de software e de serviços relacionados
  4. A economia uruguaia continuou o seu processo de recuperação. Com relação ao período imediato anterior, o produto interno bruto cresceu 2,1%. Na comparação anualizada, o crescimento do quarto trimestre foi de 4,5%

Florestal Oriental é uma empresa florestal que pertence ao Grupo UPM. Começou as suas operações em 1990 e desde então realiza as suas operações no Uruguai. Florestal Oriental centra as suas atividades na produção de Eucaliptos no Uruguai, com o objetivo de prover à planta de celulosa de UPM em Fray Bentos com 3,6 milhões de metros cúbicos de madeira anualmente.

Cristalpet é uma unidade do Grupo Cristalerías, é constituído 100% por capitais nacionais. Dedica-se basicamente a fabricação de pré-formas PET por injeção e de garrafas retornáveis e não retornáveis através do processo de sopro, sendo por isso uma indústria integrada na área de embalagens.

Comércio exterior / internacional

O comércio exterior do Uruguai.

  1. O Uruguai é também o maior exportador per capita de software da América Latina e o terceiro em termos absolutos
  2. As exportações do Uruguai cresceram 2,5% e as importações apresentaram uma diminuição de 8,6%
  3. O principal produto de exportação do Uruguai é a soja, representando 21% das exportações do Uruguai.
    1. 92% das exportações deste produto tiveram como destino a Zona Franca de Nova Palmira, a principal porta de saída dos grãos do Uruguai
  4. Quanto aos destinos das exportações do Uruguai, a Zona Franca de Nova Palmira foi o principal destino, seguido pelo Brasil (15%), pela Federação Russa (7%) e pela Argentina (7%)
  5. O Brasil posicionou-se como o segundo destino sendo os principais produtos colocados à malta de cevada (17,6%) e o leite integral em pó (11,5%)
  6. A moeda do Uruguai é o Peso (UYU)

O Uruguai é membro do MERCOSUL junto com a Argentina, o Brasil e o Paraguai.




(c) EENI Global Business School (1995-2024)
Não usamos cookies
Topo da página

EENI: O Conhecimento leva à unidade, assim como a ignorância à diversidade