Escola Negócios EENI Business School Universidade
Acordo Índia-Indonésia

Conteúdo programático da unidade curricular: o Acordo General de Cooperação económica Índia-Indonésia (Curso, Mestrado).

  1. Introdução ao Acordo General de Cooperação económica Índia-Indonésia
  2. As relações bilaterais entre a Índia e a Indonésia
  3. O comércio exterior entre a Índia e a Indonésia
  4. O investimento estrangeiro direto (IED)

Cursos Mestrados Doutoramentos Escola Negócios EENI

A unidade curricular «O Acordo de Cooperação económica entre a Índia e a Indonésia» estuda-se nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School (Escola de Negócios):
  1. Mestrados: Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Países Muçulmanos, Ásia
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Asiáticos, Negócios Islâmicos, Comércio Mundial
  3. Cursos: Negócios na Índia, Sudeste Asiático, Religiões da Índia e Negócios

Línguas de estudo: Ensino superior à distância online em Português + Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol India-Indonesia + Em India-Indonesia Estudar mestrado negócios internacionais em Francês Indonesie.

Estudante doutoramento / mestrado EAD comércio exterior

Descrição da unidade curricular - O Acordo General de Cooperação económica entre a Índia e a Indonésia.

Estado do acordo Integral de Cooperação económica Índia-Indonésia (Sudeste Asiático): em consulta e em estudo.

O inicio das negociações sobre o Acordo Integral de Cooperação Económica (CECA) Índia-Indonésia foi anunciado em Janeiro de 2011 durante a visita do presidente da Indonésia a Nova Delhi. A Índia e a Indonésia tiveram históricos vínculos culturais e económicos.

Em um marco de equilíbrio parcial, as estimativas de projeção das exportações da Índia para a Indonésia poderiam alcançar até um máximo de 7,8 mil milhões de dólares em 2020. As estimativas das exportações da Indonésia para a Índia poderiam aumentar a 9,7 mil milhões de dólares em 2020.

A fim de complementar estas ganâncias comerciais estimadas, as ganâncias da proposta do Acordo de Livre-Comércio (ALC) de produtos calcularam-se usando um modelo de equilíbrio multissetorial general computável. De acordo com este modelo as ganâncias resultantes para a Índia poderiam ser do 1 % do PIB.

As exportações da Índia aumentaram em mais de três vezes entre 1990 e 2000 e 3,7 vezes entre 2000 e 2007, alcançando 1.463 milhões de dólares.

A Índia e a Indonésia são importantes destinos para o investimento estrangeiro direto (IED). A Índia e a Indonésia adotaram umas políticas ativas de investimento estrangeiro direto e medidas para atrair os fluxos de investimentos.

O Acordo General de Cooperação económica entre a Índia e a Indonésia pertence à Civilização Islâmica e à Civilização Hindu.

Acordos de Livre-Comércio (ALC) da Índia: União Europeia, MERCOSUL, África-Índia, Brasil-BRICS, Conselho de Cooperação do Golfo, SAARC, BIMSTEC, IORA, APTA, ACU, ASEAN, União Aduaneira da África Austral, Maurícia, Canadá, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Singapura, Tailândia, Chile, Comunidade Andina





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Exemplo da unidade curricular: Índia-Indonésia (Acordo General de Cooperação económica):

Índia-Indonésia (Acordo General de Cooperação económica)



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios, 1995-2020)
Ensino superior para todos a preços acessíveis
Não usamos cookies.
Voltar ao topo da página