Línguas para os negócios

Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Conteúdo programático do curso EAD (unidade curricular) - Línguas para os negócios: inglês, francês, árabe, chinês, hindi.

  1. Introdução aos Línguas do mundo
  2. As «Línguas francas»
  3. As línguas emergentes (chinês, russo, hindi...)
  4. Inglês, francês e espanhol para os negócios internacionais (gramática, glossários, casos de conversas em áudio...)
  5. Cursos de introdução ao árabe, hindi, Indonésio (Bahasa), Coreano, Suaíli, Tailandês, Tagalo, Vietnamita
  6. Ferramentas de tradução digitais. Portais especializados

Mestrado em Negócios Internacionais.

Língua de estudo: Ensino superior à distância em Português ou Mestrado negócios comércio EAD em Espanhol Estudar mestrado comércio exterior em Inglês Estudar mestrado negócios internacionais em Francês (treinamento multilíngue gratuito)





Tweter.png Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Envie-nos um WhatsApp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /
Info EENI Voltar

Descrição do curso (unidade curricular, EAD):

94% da população não fala o inglês como primeira língua. Se bem o inglês pode ser a linguagem dos negócios internacionais, em muitos casos a comunicação ou inclusive a negociação final deveria realizar-se na língua local. A linguagem mais útil não tem por que ser o inglês ou o espanhol, e sim a língua de nosso cliente, e isso é especialmente importante na Internet.

  1. Por exemplo, na Índia, existem vinte e dois línguas reconhecidas na sua Constituição e quase 844 dialetos. Se bem o inglês é a «língua franca», o Hindi é a língua oficial. O Hindi é falado por 800 milhões de habitantes (como primeira e segunda língua)
  2. Os dados estatísticos oficiais do Censo dos Estados Unidos indicam que 17,9% de cidadãos norte-americanos não falam inglês no seu lar. 10,7% dos norte-americanos falam espanhol e outro 7,2% falam una língua diferente do inglês (http://www.usa.gov)

Observa-se uma tendência que quanta mais pressão exerce a globalização sobre a cultura, mais forte é a inércia para o local, e a língua vernácula costuma ser o veículo pelo qual se canaliza esta «localização». Esta tendência manifesta-se por exemplo, em que o usuário procura informação, e portanto compra, com uma maior intensidade na Internet na sua língua local. Grandes empresas que trabalham na Internet estão trabalhando com sites multilíngues (russo, hindu, chinês...) como parte da sua estratégia de internacionalização.

A nova sociedade da informação baseia-se na comunicação. Em um ambiente cada vez mais global-digital mas multilíngue, as empresas necessitam pessoas com conhecimentos de outras línguas para desenvolver políticas de comunicação tanto internas como externas para garantir a máxima difusão e alcançar o sucesso nos mercados internacionais.

Esta estratégia de localização é complexa e custosa, e também é certo que dispomos da uma série de ferramentas (tradutores online) e os serviços (portais especializados em traduções) que permitem às empresas abordar esta localização da uma forma relativamente acessível. Conhecer estas ferramentas e os serviços é fundamental.

Além disso, no campus o estudante tem uma utilidade que lhe permite aceder a mais de cem tradutores online para facilitar-lhe seu trabalho.

Exemplos da unidade:
Inglês Espanhol

Francês Português

Curso inglês

Português Espanhol
Conversação espanhol

Conversas árabe Português

(c) Escola de Negócios EENI & Universidade HA (1995-2019). Não usamos cookies.